O que faz um contador e qual é a importância dele para o seu negócio?

Seria maravilhoso se uma boa ideia garantisse o sucesso, não é mesmo? Mas infelizmente não é assim.

Quem quer empreender precisa aceitar que terá que lidar com questões burocráticas, como impostos, legislação e emissão de nota fiscal. Porém, se você compreender o que faz um contador vai ver que não precisa sofrer com isso.

É comum que pequenas e médias empresas não se preocupem tanto com esse profissional e tentem fazer a contabilidade por conta própria. Mas, se algum erro acontecer, os prejuízos podem ser irreversíveis.

Pensando nisso, criamos esse post para você entender qual é a importância do contador para o seu negócio. Vamos lá?

O que faz um contador?

Primeiramente, é preciso esquecer aquela ideia de que o contador é quem faz o seu imposto de renda. Essa é uma das funções dele, dentre diversas outras.

A profissão se modificou ao longo dos anos e hoje essa pessoa atua como consultor dentro da empresa, possibilitando uma visão detalhada das despesas e receitas. Portanto, é uma peça fundamental para manter o seu negócio saudável e legalizado.

É esse especialista que gerencia todas as atividades contábeis, trabalhistas, econômicas, patrimoniais e tributárias, além de desenvolver relatórios financeiros, de risco e ajudar no seu controle do seu fluxo de caixa.

E, se você tem pesadelos quando o assunto é imposto, saiba que esse profissional tem como função evitar passivos tributários e prejuízos para a sua empresa. Um dos principais objetivos dele é criar alternativas para reduzir os seus encargos.

Além disso, quando você vai tomar alguma decisão terá o contador como o seu braço direito, já que ele vai avaliar os riscos e desenvolver as melhores estratégias para atingir o objetivo desejado.

Outro aspecto importante é a prevenção de ações trabalhistas, já que alguns procedimentos internos precisam ter embasamento legal para serem determinados. Por isso, um bom profissional saberá sobre legislação e poderá auxiliá-lo em relação à CLT, contrato de trabalho e muito mais.

Diante de leis cada vez mais complexas e situações nada rotineiras, é fato que o contador é indispensável para qualquer negócio, não é mesmo?

Qual é a importância do contador para a sua empresa?

Mesmo que você não concorde com os percentuais de tributos ou ache que eles são abusivos, é importante lembrar que todos devem arcar com os seus impostos.

Essa é uma necessidade obrigatória e se a sua empresa não “andar na linha” poderá ter sérios problemas com o Fisco. Dessa forma, o contador cuida de todos os detalhes para evitar que você pague multas ou até mesmo tenha que fechar as portas.

O balanço patrimonial também é um aspecto complicado e obrigatório ao gerir um empreendimento. Você precisa apresentar dados sobre estoque, liquidez financeira e cálculo de dívidas. Essas informações contábeis são extremamente relevantes quando você for buscar investimentos ou financiamentos.

É preciso lembrar que o Brasil possui um dos sistemas tributários e fiscais mais complexos do mundo e que sofre alterações constantemente. Diante disso, você como empreendedor, dificilmente terá tempo para acompanhar essas mudanças. Já o contador saberá como lidar com cada questão, inclusive com a emissão de nota fiscal eletrônica.

Aproveite e confira 3 maneiras desse profissional acessar os seus documentos fiscais facilmente.

Lembre-se: não é o contador que faz você pagar os impostos, é a legislação. Ele apenas orienta sobre o funcionamento das leis e quais obrigações você tem em cada tipo de situação.

É melhor ter um contador na empresa ou terceirizado?

Para tratar das questões burocráticas da empresa, é fundamental contar com a ajuda de um especialista. Mas, aí bate aquela dúvida: é melhor terceirizar o trabalho ou ter um profissional interno?

Se você tem uma equipe enxuta e orçamento apertado, pode ser mais interessante terceirizar. Atualmente, existem empresas que fazem a contabilidade online e de acordo com a sua demanda. Nesse caso, você pode contratar serviços esporádicos.

Em contrapartida, se você está empregando mais funcionários, as despesas e receitas estão aumentando e o seu patrimônio também, o ideal é ter um departamento interno para cuidar de todos esses detalhes.

Dessa forma, você contará com profissionais que conhecem de perto a realidade da empresa e sabem como adotar as melhores estratégias para o bom funcionamento do negócio.

Como contratar um bom contador?

Existem milhares de escritórios e profissionais de contabilidade no mercado. Apesar disso, é preciso seguir alguns critérios na hora de contratar o seu. Acompanhe!

1.Consulte o registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC)

O primeiro ponto a ser verificado é se o contador possui registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC). Esse é o órgão responsável e regulador da profissão.

Portanto, é ele que determina se a pessoa está apta a prestar o serviço. Você pode consultar facilmente pela internet no CRC do seu estado.

2. Avalie se o profissional está atualizado

Como já dissemos, a legislação tributária muda constantemente. Por isso, você precisa encontrar um profissional que esteja atento a isso para não ter surpresas desagradáveis.

Uma boa dica é verificar se o contador possui um blog que trata de assuntos da profissão ou se produz algum tipo de conteúdo relacionado. A participação dele em congressos e eventos também são pontos positivos.

3. Busque referências

Você sabe que o boca a boca é um dos principais fatores na hora de identificar a qualidade de um produto ou serviço. Com certeza você terá mais confiança em contratar uma pessoa com referências. Por isso, converse com outros empreendedores para buscar boas indicações.

Não encontrou? Procure na internet relatos ou clientes do profissional.

5. Analise a comunicação com o contador

Aparecerão dúvidas em momentos importantes do negócio. Portanto, é fundamental poder contar com o auxílio do contador nessas horas. Então, se você encontra dificuldades para conversar com o profissional ou ele nunca está disponível, é melhor buscar outro.

Além disso, você e esse especialista serão responsáveis por todas as decisões tomadas na negócio. Dessa forma, estabelecer um relacionamento de confiança é essencial.

Outras funções do contador

Como relatamos nesse post, o contador participa ativamente da gestão da empresa. Porém, ele não atua somente nesse segmento.

Existem profissionais que trabalham no mercado de seguros, controladoria, perícia e auditoria. Eles podem prestar serviço de forma autônoma, em escritórios de contabilidade, instituições públicas e privadas, organizações não governamentais e até mesmo no setor militar.

O contador não se ocupa somente com burocracias ou declaração de impostos. O trabalho dele vai muito além dessas questões.

Você, como empreendedor, precisa considerá-lo como um profissional fundamental para o seu sucesso.

Afinal, se a sua empresa não estiver legalizada, ela certamente não terá sucesso. E se a carga tributária for muito alta, você pode estar deixando dinheiro na mesa, o que pode prejudicar seu fluxo de caixa, portanto, o futuro do seu empreendimento.

E aí, percebeu como esse especialista é imprescindível para o seu negócio? Agora que você já sabe o que faz um contador, que tal para descobrir qual é a diferença entre data de emissão e data de competência da sua nota fiscal eletrônica?

Deixe seu comentário 0 comments

Deixe seu comentário: