PayPal: tudo o que você precisa saber

Operando internacionalmente e sendo uma das empresas mais consolidadas do setor de pagamentos online, o PayPal é conhecido como a “carteira digital”. Com ele, não há necessidade de ter em mãos cartões de crédito ou dinheiro em espécie.

Focado nas vendas online, esse meio de pagamento está presente em milhares de negócios do Brasil e do mundo.  Um dos grandes destaques é a garantia de segurança em suas transações. 

Mas será que o PayPal é ideal para o seu negócio? Quer saber, em detalhes, como ele funciona? Então, acompanhe nosso conteúdo de hoje e tire as suas dúvidas!

O que é o PayPal?

Com mais de 179 milhões de usuários, o PayPal é uma espécie de carteira digital que armazena com total segurança os dados do cartão de crédito dos clientes cadastrados.

Sendo assim, torna-se desnecessário compartilhar os dados diretamente nas lojas online. Resultado? Mais praticidade e segurança para quem compra e para quem vende.

Entenda melhor como o PayPal funciona nesse vídeo:

Além dos cartões de crédito, a plataforma também pode ser integrada às contas bancárias, permitindo que sejam realizados pagamentos em débito automático - desde que a instituição bancária seja conveniada ao sistema.

Atualmente, os bancos parceiros são: Citibank, HSBC, Itaú e Santander.

O PayPal é indicado para quem?

  • Lojas virtuais
  • Vendas por e-mail
  • Vendas por redes sociais
  • Marketplaces
  • Clubes de assinaturas
  • Vendas por blogs
  • E-commerces
  • Grandes redes varejistas que vendem online

Atenção: o PayPal não oferece alternativas, como maquininhas de cartão, para quem vende fisicamente. Logo, se você possui uma loja física, essa opção não é indicada, a menos que você utilize a opção de check-in, que explicamos melhor abaixo. 

Como vender pela internet com o PayPal?

O PayPal oferece 3 opções para quem vende pela internet. Veja qual delas mais se adequa ao seu negócio:

PayPal Standard

Imagine inserir um botão de pagamento em seu negócio online e, em poucos minutos, estar apto a vender? É o que oferece o PayPal Standard.

Trata-se de uma integração padrão, no qual você irá criar a sua conta, personalizar o botão, incluí-lo no seu site, determinar o tipo de parcelamento e começar a vender.

Cabe frisar que essa funcionalidade é excelente para vendedores que ainda não dominam as ferramentas de pagamento e buscam métodos práticos e de fácil configuração.

PayPal Plus

Oferecer um sistema de checkout transparente é prioridade para quem deseja atender bem seus clientes e mantê-los dentro do seu ambiente virtual.

Nesse sentido, o PayPal Plus é a ferramenta ideal. Ao realizar o pagamento com o cartão de crédito, por exemplo, o comprador não é redirecionado a outros sites. Tudo é finalizado dentro do site do vendedor.

Quando o cliente escolhe essa opção, ele informa os dados de cobrança como de costume. Mas aqui está o grande diferencial: ele poderá salvar todos os dados do cartão e, numa próxima compra, não precisará repetir essas informações. O pagamento pode ser realizado em apenas 1 clique!

Isso evita que o usuário deixe de fazer uma compra por ter que preencher informações que ele já havia fornecido anteriormente. Por isso, foque sempre no checkout minimalista e conquiste mais clientes.

Express Checkout

Excelente para todos os níveis de empresários, desde os pequenos produtores aos grandes redes varejistas, o Express Checkout é um gateway interessante.

O processo de pagamento é bem rápido e prático. Em apenas 3 passos, o seu cliente realiza a transação, contando com a segurança e a transparência oferecidas pelo PayPal. O processo pode ser finalizado com ou sem redirecionamento. A escolha é sua!

O Express Checkout pode ser utilizado em dispositivos móveis (smartphones e tablets). Além disso, é compatível com várias plataformas, como Wix, WordPress, Magento, Nuvemshop, Loja Integrada, Loja 2 e MarketUp.

Quais são os meios de pagamento oferecidos pelo PayPal?

O PayPal permite que os vendedores recebam pagamentos de produtos ou serviços via cartão de crédito, e-mail ou débito online através dos bancos conveniados.

Entenda melhor como funcionam as opções de pagamento:

Cartão de crédito

O PayPal possibilita o pagamento com 6 bandeiras nacionais e internacionais: Visa, Mastercard, American Express, Hipercard, Hiper e Elo.

Para compras em moedas diferentes do Real, são aceitos apenas cartões com a função “internacional” habilitada.

Débito online

Para clientes correntistas dos bancos Citibank, HSBC, Itaú e Santander, há a possibilidade de pagamento por débito online.

Nessa opção, o valor da compra é debitado automaticamente da conta bancária cadastrada no PayPal. Funciona de forma semelhante ao cartão de débito, com a facilidade de buscar o valor diretamente na conta do comprador.

E-mail

A cobrança por e-mail é uma funcionalidade indicada especialmente para vendedores que fecham seus negócios pelas redes sociais, blogs, e-mails e outros meios.

Não é necessária uma vasta experiência em aplicativos e sistemas de pagamentos. Basta logar na sua conta de vendedor, clicar em "Solicitar pagamentos", informar o e-mail do comprador e o valor da compra.

O sistema cria uma fatura - que pode ser personalizada - e a envia ao cliente.

Aplicativo para iOS e Android

Também é possível receber seus pagamentos através do aplicativo do PayPal. Com o e-mail do vendedor em mãos, o comprador pode efetuar o pagamento com apenas 1 clique.

Para realizar o processo, o cliente precisa fazer o download do aplicativo em seu smartphone. Há versões disponíveis para os sistemas Windows, Android e iOS.

O app também pode ser utilizado para recebimentos de clientes em lojas físicas. Alguns estabelecimentos na cidade de São Paulo, por exemplo, já utilizam essa modalidade.

Sem precisar enfrentar filas ou se deslocar ao caixa, o comprador faz o check-in no estabelecimento, pelo próprio app, e envia o pagamento ao vendedor.

No mesmo momento o montante é disponibilizado ao lojista, que pode transferir o valor para sua conta bancária ou mantê-lo como saldo em sua conta PayPal.

Veja no vídeo abaixo a experiência de quem vende com o PayPal:

PayPal OneTouch

O PayPal também possui o “OneTouch”. Ativando a ferramenta, o comprador conecta seus dispositivos móveis à sua conta, excluindo a necessidade de digitar seu usuário e senha por até seis meses. Logo, os pagamentos são realizados com muito mais agilidade.

A segurança é a mesma dos demais procedimentos PayPal. Além disso, o comprador pode desabilitar a função quando quiser.

A funcionalidade OneTouch é boa para o cliente e para você, enquanto vendedor. Com processos mais rápidos, as chances de realizar novas vendas são ainda maiores!

Como funciona o PayPal: criando um botão de pagamento

Para que você veja como é simples vender com PayPal, criamos um passo a passo de como criar um botão de pagamento:

  1. Acesse sua conta PayPal e clique em criar botão de pagamento.
  2. Copie o código HTML e cole em seu site ou loja virtual.
  3. Disponibilize a forma de pagamento aos compradores!

Não é necessário nem mesmo um site para utilizar o botão de pagamento. Se preferir, basta enviá-lo via e-mail para o seu cliente. Ele clica no botão e finaliza o pagamento.

Quais são as taxas para quem vende com o PayPal?

O PayPal é gratuito para quem compra, mas cobra algumas taxas administrativas para quem vende, tanto para vendas nacionais quanto internacionais. Essa dupla possibilidade é bem interessante para vendedores que desejam expandir seus negócios no exterior.

Os valores cobrados são diferenciados, pois dependem do prazo para recebimento - sendo de 24 horas ou 30 dias após a venda.

Confira as taxas do PayPal para vendas no Brasil e no exterior:

  • Vendas nacionais com recebimento em 24 horas: 4,99% do valor da venda + R$ 0,60 fixo por cada transação, além de um acréscimo de 2,39% em cada parcela caso a venda seja a prazo.
  • Vendas nacionais com recebimento em 30 dias: 3,60% do valor da venda + R$ 0,40 fixo por cada transação, além de um acréscimo de  2,39% em cada parcela caso a venda seja a prazo.
  • Vendas internacionais: 7,4% do valor da venda + tarifa fixa que varia de acordo com a moeda.

Para os compradores, não há taxa para pagamentos realizados, bem como para o cadastramento da conta. O PayPal é grátis para quem compra!

Como receber os valores do PayPal?

Os valores pagos por seus clientes podem ser utilizados de duas formas:

Saque para conta bancária

Uma das grandes facilidades do PayPal é a possibilidade de transferir todo o saldo recebido para a conta bancária. Você pode solicitar a transferência para contas-corrente ou poupança.

Diferente do que ocorre com o pagamento em débito online, as transferências podem ser realizadas para inúmeros bancos, mesmo que esses não sejam parceiros do PayPal.

Fique atento: antes de iniciar o recebimento das transferências em sua conta bancária, ela deve ser confirmada. Para isso, o PayPal realiza depósitos em valores simbólicos, apenas para checar se os dados da conta estão corretos.

As transferências são concluídas em até 5 dias úteis, dependendo da instituição bancária. Caso haja alguma inconsistência nos dados bancários ou qualquer outra intercorrência, os valores retornam ao saldo da sua conta PayPal. Se a retirada for para uma conta bancária no Brasil, ela será gratuita.

Saldo na sua conta Paypal

Nessa opção, os valores recebidos são mantidos em sua conta PayPal, podendo ser utilizados para outras compras e pagamentos. Você pode, por exemplo, pagar fornecedores, comprar mercadorias ou, se preferir, transferir o saldo para outra conta PayPal.

Como funciona a proteção ao vendedor PayPal?

Para manter a tranquilidade de quem vende, a plataforma conta com processos simplificados, porém eficazes na hora de resolver qualquer problema.

Sabemos que disputas, chargebacks e fraudes são acontecimentos que podem acontecer na vida de quem vende online. Entretanto, seguindo algumas regras de segurança, bem como os procedimentos adotados pelo PayPal, é possível minimizar prejuízos com as suas vendas.

1. Disputas e chargebacks

Caso ocorra algum erro com o pedido, o comprador pode abrir uma disputa pelo PayPal ou, ainda solicitar o chargeback (estorno do valor) diretamente à administradora do cartão de crédito.

Geralmente, as disputas e estornos acontecem quando as características descritas no anúncio de venda são diferentes do que foi comprado; o não envio do produto e transações não autorizadas pela operadora.

Você pode se prevenir dessas situações ao adotar atitudes simples:

  • Disponibilize o maior número possível de contatos, possibilitando que o cliente encontre a sua empresa com facilidade.
  • Solucione dúvidas com rapidez e agilidade.
  • Seja claro quanto às políticas de devolução seguidas pelo seu negócio.
  • Ofereça como solução a abertura de disputas no PayPal e não os chargebacks através da operadora do cartão. As chances de solucionar a questão com mais agilidade são maiores.

2. Fraudes em pedidos

Embora haja um complexo sistema de segurança capaz de prevenir qualquer atividade fraudulenta, as transações online apresentam riscos - mesmo que mínimos.

O ideal é que o vendedor esteja sempre atento às ações realizadas por seus clientes. O PayPal recomenda que você analise os seus pedidos, de forma minuciosa, em busca de características que não sejam tão comuns a fim de minimizar prejuízos.

Desconfie de:

  • Endereços de entrega em locais de risco.
  • Pedidos que ultrapassem consideravelmente seu ticket médio.
  • Mudanças no endereço de entrega.
  • Pedidos de clientes distintos para um mesmo endereço.
  • E-mails suspeitos.
  • Grandes quantidades de um mesmo produto.

Vendeu com PayPal? Saiba como emitir e gerenciar as notas fiscais

Assim como outros meios de pagamento, o PayPal tem a função de intermediar as transações, excluindo de si as obrigações fiscais e burocráticas das vendas. Quando o assunto é nota fiscal, por exemplo, você - enquanto vendedor - é o responsável pela gestão.

Para otimizar suas atividades do dia a dia e ter mais tempo para focar nas suas estratégias de venda, a grande sacada é contar com um sistema que automatize a emissão de notas fiscais.

O eNotas possui uma interface simples e a sua integração com o PayPal permite que suas notas fiscais sejam geradas, de forma automática, sempre que uma venda for efetivada. Simples demais, não é mesmo?

Além de facilitar a emissão, o software também melhora a sua comunicação com o contador. Os arquivos XML ou PDF de todos os documentos fiscais emitidos podem ser enviados para o profissional contábil em poucos segundos.

Quer saber mais sobre a nossa integração com o PagSeguro? Entre em contato com a nossa equipe agora mesmo!

O PayPal é um dos meios de pagamento mais utilizados por vendedores online de todo o mundo. Ela é uma das “queridinhas”, pois possui alta proteção contra fraudes e apresenta um sistema simples e fácil de utilizar.

E aí, você acha que o PayPal é meio de pagamento que você vai fornecer aos seus clientes? Ainda está em dúvida? Então, aproveite para entender Como funciona o PagSeguro. Talvez ele também pode ser uma alternativa para o seu negócio. Confira!

Quer saber como funcionam outros meios de pagamento? Confira!

  • Acineto disse:

    Tenho uma CONTA DE VENDA, isso quer dizer que não posso fazer compras, como na CONTA DE COMPRAS?
    QUAIS AS DIFERENÇAS E SEMELHANÇAS ENTRE ELAS?
    NÃO ENCONTRO RESPOSTA EM LUGAR ALGUM

  • >