PayLivre-Logo

O sucesso da Paylivre: de 3 mil notas por mês, para 30 mil! 

Paylivre

pagamento-online

A Paylivre é uma empresa, focada em realizar transações financeiras para sites internacionais de forma fácil, rápida e segura.


Com mais de 350 mil transações financeiras realizadas no total e um faturamento de 3 milhões de reais, a empresa mostra que automatizar e facilitar processos é fundamental. 


Com agilidade e qualidade, a Paylivre multiplicou o número de clientes e saltou de 3 mil notas fiscais em março de 2020, para mais de trinta mil em março de 2021!


Uma empresa que preza pela automação só poderia ter escolhido a eNotas para cuidar das suas notas fiscais.  


Saiba mais sobre a história de sucesso da Paylivre!

PayLivre-eNotas-Historia-de-Sucesso

Faturamento de 

3 milhões

PayLivre-eNotas-Historia-de-Sucesso

De 3 mil para 30 mil notas fiscais

A sabedoria para automatizar os processos necessários foi fundamental, e a eNotas esteve presente para colaborar com a emissão das notas fiscais. 


Vivencie a melhor experiência em automação fiscal da galáxia!

O ideia do pagamento livre

Insert Image
busca

Busca por um novo negócio

para enfrentar a crise

mercado-financeiro

Estudo e dedicação

no mercado financeiro

Encontram uma

oportunidade de negócio

"Para conseguir operar é preciso estudar bastante. Então, até ter o feeling de mercado, isso tomou um tempo."

Marcos Oliveira, 

CEO da Paylivre

CEO-Paylivre

Marcos Oliveira é CEO e Cofundador da Paylivre. Formado em Engenharia de Produção, atuou na construção civil até 2015, quando, por causa de uma crise no setor, foi demitido. 


Ele, como um bom empreendedor, decidiu investir em outras áreas e buscar um negócio que desse certo, mas nada havia dado muito resultado - pelo menos não ainda.


Pesquisando outras formas de renda, Marcos conheceu o mercado financeiro. Quem sabe um pouco do assunto, reconhece que investir nesse segmento não é fácil. É preciso muito estudo e dedicação.


Ele passou algum tempo investindo nesse segmento. Estudou e se dedicou bastante na área, até começar a ter algum lucro.

“Para conseguir operar é preciso estudar bastante. Então, até ter o feeling de mercado, isso tomou um tempo. Levei horas, dias, estudando, lendo, buscando notícias sobre macroeconomia dos países, notícias de empresas, até eu conseguir rentabilizar o meu próprio dinheiro.” 

Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

Foi dentro da rotina do mundo financeiro que viu uma grande oportunidade de negócio e assim surgiu a Paylivre! 

Insert Video

As apostas na Paylivre

dinheiro

Dificuldade em sacar dinheiro de rendimentos internacionais

pagamento

Desenvolvem seu próprio 

método de pagamento

Transformam a ideia em negócio

moderno

Atuando no mercado internacional percebeu que, quando lucrava, era muito difícil fazer o saque dos valores. Havia um entrave no método de pagamento que o tornava difícil, demorado e caro. 

“Se eu não me engano, nessa época o dólar estava em quase R$ 2,00 e eu recebia R$ 1,30. Eles ficavam com uma parte grande do dinheiro que eu

conseguia rentabilizar por dólares.”  Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

Era um custo bem alto. Então, Marcos se dedicou a estudar esses métodos de pagamento e buscar uma solução melhor.


Nessa época, um amigo que também investia no mercado financeiro, o Wanderson Rodrigues, que virou sócio da Paylivre, sofria da mesma dificuldade.


“Então a gente decidiu montar uma empresa para processar pagamento pra gente. Foi através da nossa dor que surgiu a Paylivre.” - Marcos Oliveira, CEO da Paylivre. 


Juntos, eles pensaram um MVP, o Minimum Viable Product ou Mínimo Produto Viável, que seria uma versão inicial e simples desse produto que estavam desenvolvendo.


“Fechamos parceria com a corretora que a gente operava, e conseguimos fazer depósitos e saques pela corretora por meio dessa parceria fazendo o P2P, trocando saldo entre nós dois.” Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.


Outras pessoas que atuavam no mercado ficaram sabendo e demonstraram interesse. A notícia estava se espalhando e a ideia foi crescendo.


Com o crescimento dos interessados, aumentou também o fluxo de pagamento que estava sendo feito. Continuar operando manualmente ficou inviável. Foi preciso expandir e automatizar. 

“Convidamos alguns amigos - também do mercado financeiro, que trabalhavam na área de TI para fazer parte com a gente. Eles entraram na Paylivre como sócios e nos ajudaram a desenvolver a API.”

Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

A empresa foi criada em 2019, e o primeiro dia de operação foi 29 de novembro, quando o sistema ficou pronto e a primeira integração com uma corretora foi feita.   

A API Paylivre! 

crescimento

Desenvolvimento da ideia 

e um salto de crescimento!

"Em número de usuários, que são as pessoas que usam a API, tanto para pagar ou receber aqui no Brasil, ultrapassamos os 20 mil - em março de 2020, a gente estava com cerca de 3 a 4 mil.”

Marcos Oliveira, 

CEO da Paylivre

tecnologia

Aqui, a Paylivre se estruturou de vez como uma API que facilita transferências para sites internacionais.


A ideia foi logo abraçada por corretoras do mercado financeiro que viram ali a possibilidade de melhorar o serviço que estavam oferecendo. 

“Nesse momento, a corretora que a gente trabalhava colocou a nossa logo no site dela para que as pessoas pudessem conhecer a nossa empresa como método de pagamento, e daí a gente só foi crescendo.”

Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

Empresas do exterior em geral podem vender serviços ou produtos para brasileiros e contar com a Paylivre para facilitar a transação financeira para as duas partes.


Em março do ano passado, Marcos contou que sentiu um frio na barriga com o início da pandemia. Achava que seu negócio seria duramente afetado, precisaram migrar toda a equipe para home office e readaptar processos. 

Contudo, o que aconteceu foi justamente o contrário. A demanda cresceu, o número de funcionários aumentou e o faturamento está nas alturas.

"Em número de usuários, que são as pessoas que usam a API, tanto para pagar ou receber aqui no Brasil, ultrapassamos os 20 mil - em março de 2020, a gente estava com cerca de 3 a 4 mil.”  - Marcos Oliveira, CEO da Paylivre. 

Com mais usuários e parceiros, seria preciso emitir muito mais notas fiscais: e foi aqui que a eNotas entrou no jogo! 

eNotas para automatizar 

integração

Integração rápida

com a API eNotas Gateway

Notas fiscais mais

rápidas e sem erros.

"Depois que integramos à eNotas, isso ajudou muito! Porque o nosso processo de emissão de notas era manual, a gente ficava sexta, sábado e domingo sem emitir nota. Na segunda-feira, eram quase mil notas só em um dia. E, quando a gente fechou o contrato, a gente tava emitindo menos de 3 mil notas mês. Agora, já emitimos cerca de 30 mil."

Fábio Verschor,

Cofundador da leadlovers

A API da Paylivre torna o processo de transferência internacional mais prático e rápido. Isso graças a um sistema automatizado que funciona sem interferências e entraves. 


E para continuar fazendo tudo de forma veloz, era preciso apertar o passo nas notas fiscais. 

“Estávamos com clientes até o ano passado e ainda era possível fazer a emissão manualmente. A gente separava um horário da equipe e distribuía a emissão das notas fiscais. Cada um emitia um pouco.”

Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

Contudo, a empresa estava crescendo em um ritmo acelerado, e as notas estavam em uma marcha mais lenta.


Marcos conta que um cliente novo, no primeiro mês, demandou da empresa uma emissão de notas muito maior que a dos clientes antigos. 


A demanda estava em claro crescimento e o horizonte mostrava que mais e mais emissões seriam necessárias. 

O processo de emissão manual estava sendo bem lento e, por vezes, ocorriam erros em que era necessário reemitir a notas e ter um retrabalho desnecessário. 


Ficou claro para a equipe que naquele momento seria fundamental automatizar esse processo. 

 “Depois que integramos à eNotas, isso ajudou muito! Porque o nosso processo de emissão de notas era manual, a gente ficava sexta, sábado e domingo sem emitir nota. Na segunda-feira, eram quase mil notas só em um dia. E, quando a gente fechou o contrato, a gente tava emitindo menos de 3 mil notas mês. Agora, já emitimos cerca de 30 mil.”  

Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

A escolha da Paylivre foi feita com bastante estudo de mercado, pedidos de orçamento e avaliação das APIs disponíveis. Nesse processo, decidiram que a melhor opção era a oferecida pela eNotas!

 “Nós estávamos negociando com várias empresas, recebi várias APIs, e quando a gente identificou que vocês eram os vencedores eu passei a API para o nosso time de suporte e a integração foi muito rápida, eu fiquei surpreso! Gostei bastante.” - Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

A eNotas entregou a agilidade e rapidez no serviço que a Paylivre tanto preza. “Foram cerca de 2h ou 3h, teve o processo de homologação, fizemos alguns testes e ficou tudo ok. Foi bem rápido!”, conta Marcos.


A integração foi excelente. O processo, chamado de onboardig, foi feito em poucas horas e com toda a assistência dos profissionais da eNotas.


E a excelência não está apenas no onboarding, mas no serviço completo. O crescimento da empresa estava aquecido e eles ultrapassaram o limite de notas fiscais contratadas logo no primeiro mês!


“No segundo, a gente bateu mais de nove mil notas excedentes. Agora, fizemos um aditivo no contrato para poder emitir mais de trinta mil notas/mês.”


A eNotas busca entregar o serviço que o cliente precisa, na demanda e no momento que ele quiser.


Com a eNotas nas emissões das notas fiscais, a Paylivre emite todas elas automaticamente para os clientes. “Ele entra no site, faz o pagamento e duas horas depois são disparadas as notas fiscais”, explica Marcos Oliveira, cofundador da Paylivre. 

Para o alto e avante! 

Automação para crescer

é com a eNotas

eNotas ao lado da empresa

em qualquer projeto

A Paylivre, que tem a maior parte da equipe no Rio de Janeiro mas conta com colaboradores em outros estados, consolidou um crescimento estrondoso de 2020 para 2021.

No ano passado, a gente faturou quase 3 milhões de reais. A projeção é de 9 milhões de faturamento.” - Marcos Oliveira, CEO da Paylivre.

O número de funcionários foi de 15 para quase 30! E deve aumentar até o final de 2021. O número de usuários também cresceu bastante: de 3 mil em Março de 2020, para cerca de 37 mil em 2021.

crescimento-paylivre

A meta da Paylivre é crescer e atuar em cada vez mais mercados. Os próximos alvos são o mercado de apostas, games e também o setor de e-commerce.


“Agora a gente teve a ideia de entrar em e-commerce, estamos nos movimentando para isso. Pagamento de serviços, estamos entrando nesse universo e continuar crescendo.”  


Em todos esses projetos, a Paylivre sabe que pode contar com a agilidade e a qualidade do serviço da eNotas cuidando da emissão de cada nota fiscal.


Tenha você também a API eNotas Gateway integrada ao seu sistema de gestão! 

Select Columns Layout
Insert Content Template or Symbol

AUTOMATIZE JÁ

Cuidamos das notas fiscais para você cuidar do seu negócio.

Select Columns Layout
Select Columns Layout
Insert Image
Insert Image
Insert Content Template or Symbol

Compartilhar:

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.