Leitura dinâmica: o que é e como praticar

Leitura! Esse hábito tão importante na vida e tão determinante se tornar uma pessoa e um profissional melhor. Você mesmo está praticando agora e, ao longo do dia lerá algo, mesmo que despretensiosamente. 

Ainda que seja assim fundamental na vida e, sobretudo, quando se trata do mundo dos negócios, a correria do dia a dia não dá muito tempo para, com calma, ler algo. 

Por mais que ler bastante seja um hábito de um empreendedor digital, muitos reclamam da falta de tempo. E, certamente, você conhece alguém que passa por isso.

Mas, o que se esconde por trás desse termo? Será que é possível ler algo objetivamente e ainda assim compreender o que um conteúdo quer passar? Descubra mais com este conteúdo!

O que é leitura dinâmica?

Como o próprio nome diz, é uma leitura rápida que não prejudica a compreensão de determinado conteúdo, seja ele um blogpost como este ou um livro. 

A técnica tem ganhado força e adeptos ao longo do mundo por causa da dinamicidade das informações e, claro, a rotina cada vez mais atribulada de um empreendedor que tenta automatizar o seu negócio.

Quando você lê “dinâmico” e “rápido”, não confunda com uma superficialidade. O que a leitura dinâmica se propõe é aplicar certas técnicas que te farão ler numa velocidade maior, mas que consiga entender completamente aquele texto.

Por que ler mais rápido?

A leitura dinâmica proporciona algumas vantagens, desde que seja feita com atenção. Veja os seus principais benefícios:

  • ler dinamicamente dá motivação, pois você aumenta o seu rendimento, ou seja, a quantidade de páginas lidas por hora;
  • é possível absorver mais conteúdo ao longo do dia, sem que, claro, perca a qualidade da leitura;
  • você não para de aprender e, ainda, treina o seu cérebro; 
  • poupa tempo. Com a correria dos dias atuais, muita gente tem essa desculpa para não ler. A leitura dinâmica acaba com isso.

Como praticar a leitura dinâmica?

Sim, desde que você siga algumas dicas que permitem realizar uma leitura que facilite a compreensão do que está lendo. 

São elas:

Tenha foco na leitura

Não vale apenas para a dinâmica, mas para qualquer tipo, certo? Mesmo aquelas em que você quer contemplar a obra com mais calma, sentado do lado de uma lareira com um bom vinho ao alcance das mãos, ou aquele texto online que você reservou um tempo para ele. 

Ter foco na leitura não só ajuda você a ler mais rápido como a ter uma melhor compreensão do que lê. É importante que você se abstenha de qualquer outra coisa que possa te atrapalhar, como barulhos e celular. Sem distrações, você lerá mais rápido e compreenderá melhor. 

Foco também em apenas um conteúdo

Se você está lendo um livro, leia apenas ele. Comece outro apenas quando terminar o primeiro. Com textos, idem. Nada de ficar flutuando de aba em aba. Isso evita que o seu cérebro se confunda no entendimento da leitura e fará que você tenha um poder de concentração maior. 

Evite pronunciar as palavras

Falar as palavras em voz alta é um ótimo recurso para quem está revisando um texto, memorizando falas ou ensaiando uma apresentação, mas para quem está tentando ler mais rápido, é um gargalo. 

Quando você pronuncia as palavras, o seu cérebro leva mais tempo para assimilá-las. E ele já faz isso quando apenas se lê em voz baixa ou sem voz alguma. 

Leia por grupos de palavras

Ao longo do tempo, quando você consegue se concentrar melhor e ler mais rápido, perceberá que não lê mais palavra por palavra, mas sim, por grupos. É natural, mas essa técnica pode ser exercitada ao longo de suas leituras, mesmo que ainda tenha dificuldade de engatar uma velocidade maior. 

Pare com as releituras

Quem nunca se esbarrou em uma frase e “espera, não entendi isso” e voltou para reler tudo novamente?

Pode parecer comum, mas isso atrapalha muito a sua dinamicidade. Você pode pensar que a compreensão pode ficar comprometida se não voltar um trecho, mas o cérebro consegue captar a mensagem com o decorrer da leitura. 

Se, ao final de um texto você não entendeu a mensagem como um tempo, tem-se um problema de fato. O mais natural é que existam partes que não foram bem entendidas, mas num todo, o contexto fica claro. 

Para essas partes que não forem compreendidas, volte apenas quando você terminar um texto. No meio da leitura, evite. Isso gasta tempo e demora ainda mais a assimilação de de toda a mensagem.

Esqueça os dicionários

Você leu uma palavra que não entendeu o seu significado? Anote ou marque ela em seu texto. 

Interromper a leitura apenas para pesquisar no Google ou para procurar o seu significado no dicionário demanda tempo e atrapalha na assimilação geral. Na verdade, o contexto deve ajudar a entender o conceito, mas caso contrário, faça isso depois que terminar de ler. 

Faça os seus olhos darem saltos na leitura um pouco maiores

Ao se tornar um leitor, ainda na infância, é muito comum que os olhos passem, palavra por palavra, para ler. 

O passar do tempo faz com que você adquire uma melhoria e a sua visão vai dando “saltos” entre cada palavra, conseguindo ler todo um texto em uma linha graças à visão periférica. 

Por isso, é importante treinar os seus olhos a saltarem cada vez mais distante, permitindo que se aumente a velocidade de leitura. 

Seus dedos são seus amigos

Perder-se de linha em uma leitura é natural. Para textos impressos, o melhor recurso é usar os dedos para acompanhar a visão do que se lê. Caso seja um conteúdo digital, use o cursor do mouse. Você não se perde e torna a leitura dinâmica!

Use o Scanning

Essa técnica é muito comum para aqueles profissionais, como os freelancers, que precisam absorver de um texto muito longo suas principais ideias. Trata-se de buscar ao longo do conteúdo por frases ou palavras específicas, pulando aquelas que são conhecimentos mais complementares do assunto em questão. 

O scanning é um ótimo recurso para você que gosta de criar mapas mentais e de processos para organizar certas informações. 

Marque o seu tempo

Ter uma meta sempre é importante. Por isso, se achar necessário, marque o tempo de sua leitura. Muitos estudos dizem que o normal é ler entre 150 a 200 palavras por minuto, mas é possível que, com o hábito, se chegue a 300. 

Portanto, cronometre quanto tempo você lê um texto de determinado tamanho e veja sua média. Faça isso com alguma frequência e vá acompanhando sua evolução. Claro, praticando as dicas que leu neste texto. 

Leia, leia, leia!

“A prática leva à perfeição”. Quem nunca ouviu essa frase famosa?

Bom, é claro que nem sempre é possível se chegar à perfeição de algo, mas a prática de determinada ação faz com que as coisas melhorem.

E não é diferente com a leitura dinâmica. Quanto mais você lê, aplicando algumas das técnicas descritas neste post, mais rápido você ficará. Por isso, pratique.

Mas vá com calma, comece com textos mais simples e com assuntos menos complexos. 

leitura-dinamica-ler

Neste conteúdo, você encontrou algumas das melhores dicas para você ter uma leitura dinâmica e sem perder a qualidade de aprendizado. 

E isso pode aumentar muito a sua produtividade, que ainda pode melhorar outras técnicas. Quer começar a praticar as dicas que você leu neste post e ainda aprender como a ser mais produtivo? Então, continue com a gente e descubra 8 formas de aumentar a sua produtividade.

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>
Gabs

Como conseguir 200 mil visitas mensais no seu site sem gastar com anúncios