Brainstorming: o que é e como fazer (+ dicas para te ajudar)

Atualizado há mais de 1 semana

O brainstorming se tornou uma prática muito usada em diversos cenários, principalmente nas empresas. A chamada “tempestade de ideias”, em tradução literal, é um método que ajuda a propor soluções para problemas ou criar e desenvolver projetos, contando com a participação de um grupo. 

O sucesso da metodologia não é à toa: pode ser o incentivo que falta para que projetos e iniciativas saiam do papel e se tornem realidade, contribuindo diretamente para o sucesso de uma empresa. 

Por isso, é importante entender o que é o brainstorming, como funciona, e como fazê-lo. Assim, te explicamos tudo nesse post, com dicas para te ajudar a desenvolver a técnica na sua empresa ou time!

Vem com a gente. 

O que é brainstorming? 

O brainstorming é uma técnica que consiste no compartilhamento livre e espontâneo de ideias, para encontrar a solução para um problema, gerar insights sobre melhorias que podem ser feitas em determinadas áreas, ou até mesmo ajudar um projeto a ser concretizado.

O foco é o pensamento em grupo, incentivando que todos compartilhem seus pensamentos, sem julgamentos. Assim, o brainstorming promove um espaço propício para a diversidade de ideias e experiências.

As ideias podem ser combinadas e inspirar o surgimento de outras. Assim, os melhores insights são separados e definidos, para que estratégias sejam desenvolvidas e colocadas em prática. 

Quais são as vantagens? 

Você já entendeu o que é o brainstorming, mas, afinal, quais são as vantagens de aplicar essa técnica? Além de incentivar o trabalho em grupo, o brainstorming é uma excelente ferramenta para promover a interação e ajudar a solucionar problemas com base no trabalho em grupo. Entenda:

  1. Aumento da produtividade

Você já deve ter se deparado com a seguinte situação: ao elaborar um projeto ou se deparar com um problema, você e seu time se encontram diante de um beco sem saída, ou de uma situação complicada. Todos tentam encontrar soluções, mas nada dá certo. Nesse momento, o brainstorming pode entrar em ação e ajudar a encontrar saídas para os problemas. 

Ao compartilhar ideias, até aquelas que parecem estranhas, uma série de insights podem aparecer e contribuir para solucionar a questão, aumentando a produtividade do time e ajudando a completar tarefas. 

  1. Promoção do trabalho em equipe

Uma grande vantagem do brainstorming é a promoção do trabalho em equipe, incentivando colaboradores a trocarem experiências e escutarem pontos de vista de seus colegas. Isso contribui não somente para a interação entre o time, mas também para solidificar a importância da ação em conjunto dentro da empresa. 

  1. Valorização dos colaboradores

Muitas vezes, os colaboradores podem se sentir inseguros ao compartilhar ideias, e acabam optando por não se manifestarem. Incentivando a troca de ideias, eles podem se sentir mais confortáveis e preparados para exporem seus ideais, além de se sentirem mais incluídos nos processos da empresa. 

Tipos de brainstorming

O brainstorming tem dois tipos diferentes: o estruturado e o não estruturado.

O brainstorming estruturado é organizado em rodadas. É estipulado um determinado tempo, no qual os participantes podem expor seus pensamentos e defendê-los. Assim, a técnica estimula a participação de todos e incentiva que as ideias sejam não somente compartilhadas, mas que sejam explicadas, justificando sua relevância.

No brainstorming não estruturado, não há uma ordem para a exposição de ideias ou um limite de tempo para a defesa. O compartilhamento de pensamentos é feito de forma mais livre e espontânea, sendo expostos conforme vão surgindo. Assim, a discussão vai sendo desenvolvida com mais tranquilidade. 

Como fazer um brainstorming? 

Apesar de ser uma técnica que promove a exposição de ideias de maneira livre e espontânea, é importante entender as etapas que envolvem esse processo, para garantir que o brainstorming seja feito de maneira eficaz. 

Pré-brainstorming

Antes de começar, é preciso se certificar de que todos cheguem preparados à reunião. Por isso, os participantes devem ser avisados com antecedência e serem informados sobre o que o brainstorming deverá focar, permitindo que eles pesquisem sobre o tema e já tenham uma noção sobre o assunto. 

Apresente o problema

Com todos os participantes já contextualizados sobre o assunto, é hora de começar o brainstorming. Para isso, o primeiro passo é apresentar de forma detalhada o problema, explicando os itens essenciais e pontos chaves que devem ser solucionados. 

Modere a discussão

É importante que todos participem e consigam compartilhar suas ideias, contribuindo para a discussão central. Em um grupo, é normal que algumas pessoas falem mais ou sejam mais extrovertidas. No entanto, tome cuidado para que a discussão não fique centrada somente em algumas pessoas. 

Também se atente para que uma pessoa não compartilhe todas as ideias de uma vez, pois tópicos podem acabar se perdendo no raciocínio individual e serem esquecidos posteriormente. 

Registrando as ideias

Como o brainstorming envolve o compartilhamento espontâneo de pensamentos, muitas ideias podem acabar passando despercebidas conforme a discussão avança. Por isso, não se esqueça de anotar tudo, registrando e destacando os pontos relevantes para que possam ser adotados. 

Selecionando as ideias

A seleção de pontos importantes pode ser feita na mesma hora, ou depois da reunião. Se você optar por selecionar as melhores ideias no mesmo momento, é importante lembrar de justificar com gentileza e paciência porque algumas ideias foram rejeitadas, para que as pessoas que as compartilharam não se sintam mal. 

Assim, você já consegue filtrar os pontos apresentados e chega a um número ideal de ideias que apresentem um bom potencial para a resolução do problema.

Definição de estratégias

Agora que as melhores ideias já foram selecionadas, o brainstorming está concluído. Chegou o momento de utilizar os pontos compartilhados na reunião para traçar estratégias e formas de solucionar os problemas. 

Dicas do brainstorming

O brainstorming em grupo requer algumas regras para que a discussão não se perca, acontecendo de forma leve, tranquila e simples. Isso exige a cooperação dos participantes envolvidos, que devem seguir esses preceitos e garantir a inclusão de todos que estão envolvidos. Por isso, separamos algumas dicas para fazer um brainstorming perfeito.

Primeiro, é importante ter a mentalidade de que nenhuma ideia pode ser descartada. Por mais que pareça estranha ou boba, esse insight pode contribuir para que outros pensamentos surjam. Uma ideia vai puxando a outra, até que soluções comecem a ser encontradas. 

Além disso, comentários negativos devem ser evitados. Toda ideia deve ser considerada, e mesmo que não seja relevante para a discussão em questão, a pessoa que a sugeriu não deve ser ridicularizada. A ideia é promover um espaço confortável para compartilhamento de ideias. 

É importante manter o fluxo de ideias. Por isso, interromper a sessão não é recomendado. Distrações devem ser evitadas, como ligações no meio da conversa, envio de mensagens, responder e-mails ou discutir outros temas durante a reunião de brainstorming.

Outro ponto importante é não monopolizar a discussão. Busque expor suas ideias com clareza e objetividade, sem se prolongar demais. Assim, você otimiza o tempo da reunião e impede que o brainstorming se torne uma palestra. 

De uma forma geral, é importante manter um espaço de troca de experiências, aberto para discussões e confortável para todos. Assim, as ideias fluem muito mais fácil, contribuindo para encontrar soluções. 

Hora de fazer um brainstorming!

Agora que você já entendeu como o brainstorming funciona, é hora de colocar essa ferramenta em prática. Não se esqueça de seguir as boas práticas para guiar sua reunião, e mantenha sua equipe engajada e participativa, incentivando a presença e criatividade de todos os envolvidos. 

O fluxo de ideias pode ser uma virada de chave para solucionar problemas e tirar projetos do papel. Se você quer investir no crescimento da sua empresa e desenvolvimento do time, o brainstorming é a técnica ideal! 

Se você quiser conferir mais sobre técnicas como essa, continue com a gente por aqui e saiba o que é o mapa mental e como aplicar.

Jornalista, escritora e pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.