retomar seu negócio
NEGÓCIOS

Como retomar o seu negócio em segurança pós-pandemia?

Atualizado há mais de 3 semanas

A retomada presencial do seu negócio, na pós-pandemia, vai exigir uma atenção redobrada e cuidados específicos, já que não é possível determinar um plano único de reabertura que serve para todos os empreendimentos.

Isso, porque será necessário avaliar as particularidades de cada negócio, além de buscar entender o que poderá ser modificado dentro da sua empresa para melhorar o contato com o cliente e as relações entre os colaboradores, dentre outros aspectos importantes.

Sendo assim, apesar de ainda não existir um modelo pronto que irá te dizer como reabrir o seu negócio, é fundamental, desde agora, pensar em alguns fatores que podem contribuir para uma retomada consciente e mais segura

Por isso, neste post, você vai conferir dicas e orientações essenciais que vão te preparar para a reabertura do seu empreendimento.

Siga as recomendações sanitárias

Pode parecer uma dica óbvia, mas será fundamental na pós-pandemia ter uma atenção especial para as orientações das autoridades sanitárias.

Isso significa que você precisa levar em consideração as informações disponibilizadas pelos órgãos oficiais e que vão contribuir para o bem-estar tanto dos funcionários da empresa, como também dos clientes.

Além disso, evite tomar ações precipitadas que possam comprometer seriamente a imagem do negócio ou até mesmo a estrutura operacional da empresa, justamente por motivos de negligência em relação aos cuidados com as recomendações sanitárias vigentes. O importante, neste momento, é:

  • Preservar os grupos de risco;
  • Evitar aglomerações desnecessárias;
  • Estabelecer ações de higiene;
  • Orientar os colabores para que os mesmos utilizem máscaras.

Estas são algumas das medidas que podem ser aplicadas no seu empreendimento e que, consequentemente, vão contribuir para uma adaptação mais eficaz e segura.

Contudo, elas não são as únicas, pois também é viável reorganizar os horários de reuniões, almoço, entrada e saída.

Garanta ainda, para todos aqueles que trabalham na sua empresa, máscaras faciais, lenços no ambiente de trabalho e lixeiras fechadas para o descarte desses itens.

Dessa forma, as orientações das autoridades sanitárias são seguidas à risca e evitam, assim, a contaminação pelo novo coronavírus. 

Mantenha a higiene nos ambientes do trabalho

Ainda sobre a higiene no local de trabalho, vale lembrar que o se espalha com mais facilidade de pessoa para pessoa. No entanto, isso não anula a possibilidade da COVID-19 sobreviver em alguns tipos de superfícies.

Deste modo, as medidas de higienização e desinfecção são essenciais a partir de agora em qualquer tipo de estabelecimento e na sua empresa também.

Portanto, a recomendação é estabelecer uma rotina de limpeza dos objetos que as pessoas usam ou tocam com frequência no ambiente do trabalho. Alguns exemplos claros disso são:

  • Mesas;
  • Maçanetas;
  • Telefones;
  • Interruptores de luz;
  • Teclados;
  • Banheiros;
  • Torneiras;
  • Bancadas;
  • Telas sensíveis ao toque;
  • Caixas eletrônicos.

No dia a dia, também é interessante o uso de luvas plásticas ou papel descartável para as pessoas que trabalham nas áreas de cafeterias e refeitórios. 

Vale também pensar na demarcação de cadeiras e avaliar constantemente se os locais com maior fluxo de pessoas está higienizado.

Na pós-pandemia, a empresa também vai ter uma parte importante na conscientização de seus funcionários. Ou seja, vai ser o momento de incentivá-los a lavarem as mãos regularmente e seguirem todas as recomendações sanitárias.

Durante essa etapa de conscientização, também pode ser possível a instalação de estações de lavagem das mãos fora do edifício, orientando que todos utilizem antes de entrar na empresa.

Evite as aglomerações no local de trabalho

Por mais que na pós-pandemia tenha essa chance maior de retomar o trabalho presencialmente, ainda assim você deve levar em conta como serão feitas as atividades internas nos espaços fechados do seu negócio.

Dessa forma, reunir grandes grupos no mesmo espaço ainda será muito arriscado. Mesmo no ar livre, as chances de contaminação ainda são altas. Por isso, o ideal é proibir esse tipo de aglomeração em áreas fechadas sem ventilação.

Caso as reuniões acontecem em ambientes bem arejados, não se esqueça de disponibilizar materiais de higiene como, por exemplo, álcool gel e máscaras.

Opte pelo distanciamento social na pós-pandemia

O distanciamento social, mesmo com os avanços que a pós-pandemia pode trazer, será ainda a palavra-chave para manter a segurança e driblar o avanço da doença no ambiente da empresa. Basicamente, a redução de contato físico terá que estar presente a todo momento no seu negócio.

Para que isso aconteça de uma maneira satisfatória, é preciso manter uma distância mínima segura entre as pessoas. Nos locais em que essa alternativa não for possível, o recomendado é utilizar uma barreira física.

Outras medidas que também podem ser pensadas por você é em relação ao layout da empresa. Então, considere:

  • Alternar os assentos para os clientes que vão até a empresa;
  • Demarque lugares que precisam ficar vazios;
  • Analise o espaço entre as fileiras;
  • Coloque, nos pisos, fitas de sinalização para informar a distância de segurança que deve ser adotada por todos.

Melhore a comunicação interna e externa

Igualmente importante será ter uma comunicação tanto interna, como externa cada vez mais assertiva. Isso porque é indispensável melhorar esse item em tempos de crise e compreender as necessidades específicas dos colaboradores

Com isso, o impacto positivo vai ser cada vez maior e fundamental para o sucesso das medidas de prevenção recomendadas pelas autoridades de saúde durante a pandemia da Covid-19.

Neste sentido, invista em um plano de comunicação que contribua para conscientizar os colaboradores em relação aos cuidados e aos protocolos que devem ser seguidos.

Aliás, você também pode divulgar comunicados e avisos incentivando a higiene pessoal e as normas de proteção que estão em vigência dentro da sua empresa. 

Reveja a estrutura do seu negócio

Independentemente de como funcionava o seu empreendimento antes da pandemia causada pelo novo coronavírus, você deve revisitar a estratégia da empresa e sua estrutura de negócios.

Nesse sentido, você pode avaliar a manutenção ou não desses dois fatores e buscar adaptá-los de acordo com o momento atual.

Trace um planejamento das ações a serem implementadas com antecedência e veja se a empresa pode gerar ganhos ou perdas no sistema de trabalho home office, por exemplo.

Em alguns casos, é possível encontrar resultados positivos na redução de energia elétrica, nos custos de aluguel do prédio da sua empresa, entre outros.

Sendo assim, olhe com cuidado para as rotinas anteriores ao isolamento social e identifique quais lições você pode obter neste atual período e que, de algum modo, possam ser essenciais para a tomada de decisões ligada à retomada dos negócios.

Acompanhe o comportamento do seu público

A pandemia da Covi-19 trouxe mudanças significativas não apenas em todos os setores de negócios, mas também, ela vem transformando o comportamento de consumo das pessoas.

Isso significa que você deve, sim, acompanhar essa mudança no seu público e ter em mente que ela envolve questões sociais, econômicas e tecnológicas.

Fique atento nisso para que, a curto e longo prazo, você consiga reinventar os processos do seu negócio e inovar na entrega do seu produto ou serviço.

Lembre-se que mesmo com as limitações físicas, você precisa transmitir a melhor experiência para o seu cliente de forma online. 

Pense e crie estratégias voltadas para esse momento e não se esqueça de oferecer um atendimento personalizado e, ainda assim, humanizado.

O novo consumidor quer ter a experiência de estar em seu estabelecimento. Por isso, ele vai buscar empresas autênticas e que disponibilizem serviços que se encaixam com as suas necessidades e desejos.

Por fim, para ajudar você nessa jornada, leia nosso post sobre gestão financeira empresarial e descubra 10 dicas práticas de como otimizar a sua.

Guest Post produzido pela Foregon.

Conteúdo produzido por um dos parceiros da eNotas. Quer participar do nosso programa de parcerias? Então, envie a sua proposta para [email protected] :)
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email.
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.