Tutorial: como produzir conteúdo para sua marca todos os dias?

Atualizado há mais de 3 semanas

Dizem por aí que quem produz conteúdo e posta material todos os dias, consegue mais seguidores e consegue crescer no seu perfil.

Se isso é verdade, não posso afirmar, mas reconheço que estar sempre publicando novos artigos no site ou conteúdo de qualidade em redes sociais, te ajudará com certeza a crescer o tráfego para seu site.

Por isso hoje, vamos mostrar em um artigo simples e didático, de como você pode começar a publicar todos os dias, e como pode fazer isso sem triplicar seus esforços. 

Na realidade, vamos até explicar como diminuir seu trabalho em alguns casos, de maneira inteligente.

Como produzir conteúdo todos os dias, em diversos canais?

Se este artigo pudesse ser reduzido a uma frase, ela seria “trabalho em equipe e ferramentas inteligentes”. 

Mas o artigo ficaria vago e você não entenderia toda a estratégia e organização por trás do time de produção de conteúdo.

Então para começar, você vai primeiro definir em sua empresa as pessoas que se responsabilizaram pela produção de conteúdo. Obviamente que se você for publicar de segunda a sexta, uma pessoa sozinha dificilmente vai conseguir fazer isso, a não ser que tenha total dedicação às publicações de posts, vídeos e redes sociais.

Defina então quais serão as pessoas e qual a frequência das publicações. O ideal é que no começo você faça algumas experiências e testes para entender em que tipo de site ou rede social seu conteúdo faz mais sucesso.

Por isso, as dicas de hoje vão levar em consideração todos os formatos de conteúdo possíveis.

Qual a importância de sempre criar conteúdo?

Se você se contentar com conteúdos que vão ao ar 3 vezes por mês, a sua subida no SEO (rank no Google) e no número de seguidores será, infelizmente, vergonhosa. A glória no mundo da criação de conteúdo é a recompensa daqueles que se dedicam, e que possuem consistência. 

Entretanto, se você já sabia de tudo isso, e promove conteúdo mais de uma vez por semana, já tem pleno conhecimento que os números e estatísticas sempre são positivos, e crescentes para sua empresa, ou até mesmo marca pessoal.

Sua empresa cresce no Google e cresce a base de engajamento e seguidores nas redes sociais, de acordo com o volume de posts e da recorrência. Mas para que sua produção de conteúdo seja um sucesso, não podemos esquecer da qualidade desse material, e claro, de sua divulgação na rede.

Dica importante: divulgação e compartilhamento

Antes do tutorial começar de fato, devemos falar da divulgação. Fazer repostagens sobre aquilo que já foi feito é uma prática válida. Se você divulgou no ano passado um texto original sobre o dia das mães, nada impede de você compartilhar o material novamente em suas redes sociais.

É extremamente comum você compartilhar o mesmo conteúdo que você criou no seu site ou canal de vídeos, em outras redes sociais, para outros públicos.

Ferramentas de planejamento, de anotações e de automação de envio (ou disparo, como é chamado no mundo dos e-mails) possuem o poder de duplicar o volume de publicações de sua marca. Veja o vídeo abaixo que fala exatamente sobre isso:

Nessas horas, quando formos criar uma estratégia agressiva de publicações diárias, lembre-se de usar programas e ferramentas que permitem o agendamento de posts – o que torna as publicações do Instagram muito mais fáceis, pois originalmente você poderia fazer apenas pelo celular seus posts.

Outra questão é o reaproveitamento de conteúdo, como tornar textos em vídeos e vice-versa. Ao longo do texto daremos dicas relacionadas a esse tópico.

Criando conteúdo escrito: a parte “mais fácil”

Para muitos blogueiros e donos de sites, essa é a parte mais fácil. Eu poderia listar alguns motivos, mas com certeza a sua facilidade está no fato de que é possível terceirizar e conseguir freelas de textos. 

Outro motivo é que as publicações escritas não exigem um time de produção por trás, como é o caso de webinars e cursos.

Essa estratégia se revela um pouco mais barata em comparação a estratégias de Youtube e de relações públicas (uma estratégia de imprensa online, por exemplo), o que torna ela a queridinha daqueles que estão começando a engatinhar no mundo da produção de conteúdo.

Vamos agora dar algumas opções e dicas para você começar, ou melhorar, sua produção de conteúdo escrito.

Calendário editorial X Seu nicho

Uma dica muito importante para você criar seu banco de dados de conteúdo, é a questão do nicho que você atua.

Toda a pesquisa de palavras-chave e todo o trabalho de planejamento editorial (o que é postado e quando), deve levar em consideração o seu público ou persona.

De nada vai adiantar gerar conteúdo todo dia, se não houver um mínimo de planejamento e de brainstom para agendar ou idealizar as publicações (como falado no vídeo lá em cima).

Depois de identificar os assuntos e quais temas abordar, você deverá estabelecer mão de obra voltada para escrever artigos e posts nas redes sociais. Você pode usar colaboradores da empresa ou terceirizar para agências esse trabalho. 

Usando o conteúdo dos usuários (UGC) ao seu favor

Para quem nunca ouviu falar, o User Generated Content (UGC) é uma estratégia que pode estar ao seu favor, sem você precisar fazer nenhum esforço.

Os comentários e interações do público se tornam conteúdo e começam a trazer credibilidade para a marca. Ou também as iniciativas de sua empresa em trazer pessoas de fora, os clientes, para falar do produto ou trazer informações sobre o segmento.

Algumas ideias de UGC que podem fazer total sentido para seu negócio:

  1. Ter um canal/espaço onde eles trazem reviews e comentários sobre o produto;
  2. Permitir posts e até mesmo artigos de clientes;
  3. Entrevistas para vídeos ou webinars;
  4. Debates gerados nas redes sociais, que devem ser estrategicamente feitos por sua empresa.

O maior benefício de abrir um canal de conexão com os clientes, é que você começará a perceber as dores e necessidades que possuem de forma natural. Consequentemente você terá melhores ideias para o conteúdo e para o time comercial da empresa.

Caso sua empresa seja grande e tenha um volume grande de clientes, um FAQ ou fórum terá também o efeito de gerar conteúdo relevante, tirar dúvidas e trazer insights para sua equipe. 

Reaproveitamento de conteúdo não escrito

Vamos supor que sua empresa crie aulas no Youtube e tenha bastante material visual. Ou que sua empresa possua alguns cases de campo, com resultados que merecem atenção.

Esse tipo de conteúdo pode se tornar seu próximo artigo!

Muitos cases reais e interessantes ao público, por exemplo, se tornam artigos no Linkedin que recebem vários comentários e curtidas. Vídeos e debates criados em seu canal de publicações podem (e devem) ter em paralelo um texto em seu site ou blog.

E sempre que possível, faça um material apontar um para o outro: Se o artigo surgiu de um vídeo, faça o embed dele no meio do texto ou deixe um link, e se o vídeo teve como inspiração um artigo seu, deixe ele na descrição do vídeo (link também).

E já que falamos tanto em vídeos, o próximo assunto não poderia ser outro.

Produção de vídeos: como ter sua marca no YouTube e nas redes sociais 

Você não pode mais negar, os vídeos hoje são número 1 na audiência das redes e plataformas sociais. As pessoas interagem e consomem mais vídeos do que textos e blogs.

Um outro motivo para pensar em ter uma estratégia audiovisual, é porque os motores de busca favorecem vídeos no Youtube. Quantas vezes você não pesquisou algo que queria entender melhor, ou temas “how to”, e o Google te disponibilizou um vídeo do Youtube?

Por isso ter sua marca registrada no canal/plataforma mais assistida do planeta vai ser benéfico para a promoção de sua empresa. O tráfego em seu site cresce, assim como a autoridade dos sites vinculados à sua página (seu site ou e-commerce, por exemplo).

Como ter um canal que gera valor para o público?

A regra no mundo dos vídeos, é a mesma que no conteúdo escrito. Você vai focar em temas que:

  • Tirem dúvidas do público;
  • Adicionem valor ao seu produto ou marca;
  • Reviews e análises;
  • Tutoriais – que dependendo da empresa é o tipo de vídeo de maior sucesso.

Quanto mais complexo for seu produto ou serviço, maior é sua necessidade de vídeos que expliquem as funcionalidade, e que ensinam alguns truques e benefícios referentes a o que você faz. 

Observe como empresas de software e soluções SaaS criam tutoriais e cursos mão na massa, e copie essa ideia. Essa estratégia é ideal para que o público aprenda da melhor maneira possível a usar o serviço que você vende.

No caso do seu produto não ter muita complexidade, ainda assim ensine e eduque seus clientes (ou leads) para tirarem o maior proveito do que você faz. Deixe eles descobrirem, com seus vídeos, como você poderia estar ajudando eles e deixando a vida das pessoas (um negócio B2C) ou das empresas (B2B) mais fáceis. 

Para que suas publicações sejam recorrentes, você precisar de um editor ou programa que acelere seu trabalho, e é disso que vamos falar agora.

Automação de vídeos (sim é possível) 

Produzir vídeos muitas vezes é desanimador, e após duas ou três gravações o projeto é simplesmente abandonado. 

Alguns dos principais motivos é o pouco engajamento e de visualizações no canal – que é normal no começo –, e o outro problema é a edição de vídeos, que muitas vezes é trabalhosa.

Para evitar esse tipo de problema em sua produção de conteúdo, podemos contar com um time engajado, com uma pessoa que goste de filmar e de falar em público (você definiu o time lá no primeiro passo, lembra?) e que conte com a ajuda de ferramentas inteligentes. 

A ferramenta que eu indico que vai acelerar sua produção audiovisual é o editor de vídeo da InVideo. 

Tudo que você faz e gerencia na plataforma é online, e a edição é feita em um dashboard fácil de usar. Basta alguns cliques e arrastar os conteúdos na tela de acordo com sua preferência.

A edição e corte de vídeos se torna fácil e ágil, e além disso você pode replicar seus vídeos para outros formatos. Um mesmo trabalho, dessa forma, se torna uma publicação de Youtube e de Instagram, por exemplo. 

Se o time for pequeno, ou se você estiver atuando com filmagens e vídeos sem a ajuda de ninguém, essa é uma opção que vai poupar seu tempo e aumentar sua velocidade e número de postagens nas redes sociais.

Você pode até não publicar um vídeo por dia, mas terá mais de doiis vídeos semanais com certeza!

Como melhorar sua produção de conteúdo?

Uma das melhores formas de otimizar seu conteúdo é por meio de testes constantes. Se você tiver um calendário editorial, será possível documentar o engajamento, como curtidas ou acessos à página, de cada post que você tiver.

No caso de tráfego orgânico e acessos ao site, você precisará aplicar boas práticas de SEO para ampliar seu número de visitantes.

Sem a otimização de conteúdo e dos seus vídeos, você ficará refém da mídia paga, o que no médio e longo prazo não é motivador para nenhuma empresa.

Então como falado antes, uma boa estratégia de produção de conteúdo acaba sendo uma estratégia multicanal. Somente com o compartilhamento de links e com o efeito viral das redes sociais, que suas publicações chegarão a mais leads e a possíveis compradores.

Criação de conteúdo rumo ao título de “autoridade do mercado”

Uma das vantagens de estar sempre publicando e sempre falando de um assunto, é que com o tempo, você se torna uma autoridade em sua área.

Se tornar uma autoridade é uma consequência natural daqueles que se preocupam em criar bom conteúdo e que sempre estão melhorando o material que publicam. O canal no Youtube fica mais forte, assim como o blog e as redes sociais.

Graças a essa credibilidade, você logo conquista:

  • Seguidores que acreditam no que você fala;
  • Pessoas começam a tirar dúvidas com você e sua equipe;
  • As pessoas se sentem mais confiantes em comprar de você;
  • Você começa a ganhar mais parcerias com outras empresas.

Esse tipo de profissional deve se preocupar muito com a qualidade de seu material, e com a coordenação de seus pontos de contato com seus clientes. Isso porque você estará encontrando seu público em diversas frentes possíveis.

Neste estágio, você já terá uma equipe de produção de conteúdo forte, que estará trazendo resultados tangíveis para a empresa ou para a marca que você cuida.

Portanto, lembre-se que isso será somente possível com as ferramentas certas e com pessoas que gostem de trabalhar com produção de conteúdo, seja ela escrita ou em vídeos.

Esse post foi produzido pela InVideo

Conteúdo produzido por um dos parceiros da eNotas. Quer participar do nosso programa de parcerias? Então, envie a sua proposta para [email protected] :)
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.