DEVDAY2020
TECH

DEVDAY 2020: Resumão do terceiro dia

Atualizado há mais de 3 semanas

Acompanhe o nosso post e fique por dentro de tudo que rolou no terceiro dia do DEVDAY 2020, que foi produzido 100% online.

Se você perdeu o terceiro dia, não se preocupe, neste post, você irá ficar por dentro de tudo que rolou com o nosso Resumão! Confira!

Curiosidade

Para mais informações você pode acessar o site oficial do evento.

Simplificando a montagem de ambientes de Dev+Testes com Docker

Palestrante: Renato Groffe

Renato é consultor em atividades voltadas ao desenvolvimento de sistemas há mais de 15 anos. Microsoft MVP (Most Valuable Professional) e participante do programa MTAC (Multi-Plataform Technical Audience Contributor). 

Já precisou instalar diferentes versões numa mesma máquina de um mesmo software? Perdeu bastante tempo atualizando e/ou removendo as instalações mais antigas? Que tal agilizar a montagem de ambientes para Desenvolvimento e Testes através do uso de Docker? 

Nesta apresentação você descobre também como containers podem simplificar, e muito, sua vida!

Dockers: visão geral e utilização na criação de ambientes

Quais os conceitos fundamentais:

  • Imagem: é a base para criação de containers. São geradas a partir do arquivo Dockerfile; Contêm todos os arquivos e dependências de uma aplicação, incluindo o sistema operacional.
  • Containers: São criados a partir de imagens para a execução de uma aplicação (serviço, site, API)

Onde encontrar imagens?

O principal repositório para isso é o Docker HUB. Nesse cenário o ideal é procurar por imagens que venham com  o selo de verificação de imagem oficial, isso evita aplicações com scripts maliciosos, por exemplo.

Outros meios seriam: Containers Registries, Azure Container Registry

Como instalar o Docker?

Para isso, temos 4 opções:

  • Community Edition;
  • Docker Desktop (Mac e Windows 10, é exigido o Hyper-V);
  • WSL 2 (Windows Subsystem para linux);
  • Em Linux instalar Docker e depois o Docker Compose.

Por que utilizar containers Docker?

O principal fator é o Isolamento. Mas podemos destacar também:

  • Utilização mais racional de recursos;
  • Rapidez no deployment;
  • Menor dependência do ambiente.

Montando ambientes de testes com containers

Neste tópico foi abordado as principais vantagens desse fato e quais tecnologias apresentam suporte Docker, veja: 

  • Rapidez na instalação;
  • Desinstalação sem grandes dificuldades;
  • Diferentes versões de um software numa mesma máquina.
suporte-docker


Como criar simultaneamente múltiplos containers que possuem algum tipo de relação entre si?

Docker compose1


Por meio do Docker Compose é possível:

  • Fazer a criação e execução conjunta dos múltiplos containers de uma aplicação;
  • Facilitar o deployment em ambientes de desenvolvimento e testes;
  • Ter suporte à integração contínua e do Visual Studio Code;
  • Criar networks.

Dicas práticas

Neste último tópico, Renato trouxe exemplos práticos e deu diversas dicas a respeito de como são criados os containers e mostrou um exemplo, utilizando o Docker Compose para subir um ambiente (múltiplos containers) do MongoDB.

Assista ao conteúdo completo no link: Simplificando a montagem de ambientes de Dev+Testes com Docker - Renato Groffe - DEVDAY 2020

Não é só sobre dinheiro 

Palestrante: Vini Lucas

Vini é Head Global da área de Talent Acquisition na CI&T. Está há mais de 20 anos no mercado de tecnologia, sendo responsável pelas estratégias de atração e seleção de talentos.

Em uma talk bastante provocativa, Vini irá explorar o que há por trás das decisões de movimentação e transição de carreira. 

Em um momento de alta demanda por profissionais, a tendência é de que empresas usem o dinheiro para atrair pessoas, elevando de maneira “precipitada” sua senioridade, criando um gap de amadurecimento de profissionais da área de tecnologia.

corrida pelos devs

Até onde você iria por dinheiro? Essa talvez seja a grande questão aqui.

O mercado faz hoje uma busca feroz por desenvolvedores e vem utilizando muito o “rouba monte”, que é o fato de contratar uma pessoa que já atua em uma outra empresa. 

A escassez força essa situação, é inevitável. Mas a questão é, essa empresa que te contrata com senioridade acima, elas reconhecem como pleno, por exemplo, ou te pagam como pleno?

Quais os problemas de se pular etapas (senioridade)?

  • Eliminação do aprendizado;
  • Pressão por performance;
  • Sobrecarga para concluir entregas;
  • Estagnação.

E o que isso gera?

  • Colaboradores desmotivados e mismatch de expectativas;ver
  • Menor qualidade de entregas;
  • Experiência do produto prejudicada;
  • Impacto no custo dos produtos.

E como resolver esse impasse?

Não existe uma resposta-chave. Nesse sentido, Vini pondera alguns quesitos que podem ajudar a refletir sobre o caso:

  • Auto-conhecimento: é entender a si mesmo, suas qualidades, capacidades e pontos de melhoria.
  • Vulnerabilidade: é aceitar a realidade, no que você está disposto a abrir mão para trabalhar dentro dos critérios que serão apresentados
  • Protagonismo de carreira: elabore seu próprio plano de desenvolvimento

“Too many people overvalue what they are not, and undervalue what they are”. - Malcolm Forbes

A conclusão é: Valorize quem você é. Trabalhe o seu desenvolvimento contínuo e respeite o seu tempo de aprendizado.

 

Assista ao conteúdo completo no link: Não é só sobre dinheiro - Vini Lucas - DEVDAY 2020

Lei Geral de proteção de dados

Palestrante: Samantha Nunes

Samantha Nunes é formada em Ciência da Computação e possui pós-graduação em Segurança da Informação e em Direito Digital, Gestão da Inovação e Propriedade Intelectual. 

É membro da Comissão de Startups da OAB e analista de segurança da informação na Take Blip, além de atuar como consultora de proteção de dados na Compass Data Protection e como professora de Governança e Segurança de dados, pesquisa sobre Privacy by Design e organiza o InfoSec BH. 

Pontos destacados na apresentação:

  • Diariamente produzimos uma quantidade absurda de dados na internet e existem muitas pesquisas analisando esse grande volume de informações e qual a opinião das pessoas sobre a coleta de dados. Uma dessas pesquisas afirma que a transparência é uma questão central para o consumidor
  • Além disso, vivemos a era dos vazamentos de dados e é nesse contexto que a Lei Geral de Proteção de Dados surge. Baseada em princípios que regulam a proteção de dados pessoais, busca garantir os direitos dos cidadãos com relação às suas informações - tanto para órgãos públicos, quanto para instituições privadas; 
  • Mas o que são dados pessoais? São definidos legalmente como informações que permitem identificar uma pessoa - como nome ou CPF. 

Agora, existem também os dados pessoais sensíveis que são dados que, se vazados, podem trazer um prejuízo para o titular. São coisas como opiniões políticas, de religião ou dados genéticos. 

Existem ainda os dados de crianças e adolescentes que precisam da autorização dos pais e responsáveis para serem coletados. Nesses casos, o nível de segurança da informação precisa ser muito maior; 

  • Samantha explicou os 10 princípios previstos na LGPD na proteção dos dados. São eles: finalidade, necessidade, adequação, transparência, livre acesso, prestação de contas, segurança, qualidade dos dados, prevenção, não discriminação.

Nesse momento, trouxe o exemplo da Cyrela, a primeira empresa penalizada pela nova legislação; 

  • Outros dois pontos importantes com relação aos dados são: as bases legais que autorizam o tratamento dos dados e os direitos dos titulares desses dados. 

Na área de direitos, existem: o direito a revisão de decisões automatizadas, o direito de acesso, retificação, portabilidade, explicação, cancelamento e oposição. 

A garantia desses direitos pode ser garantida de duas formas: manual ou automatizada; 

  • A empresa precisa ter um processo e um time que cuida da solicitação de garantia de direitos. E é muito importante que os recursos para isso e as definições sejam feitas antes que as demandas comecem a chegar. 

A solução, então, deve ser feita de modo multidisciplinar, unindo pessoas de várias áreas; 

  • Ainda não existe uma lista de empresas que já se adequaram à LGPD, mas Samantha alerta que o reclame aqui tem sido uma grande fonte de informação nesse sentido. 

Os consumidores estão reclamando por lá quando percebem que a empresa não está agindo com a devida transparência. 

Assista ao conteúdo completo no link: Lei Geral de proteção de dados - Samantha Morais Nunes - DEVDAY 2020 

Como a Framework aumentou em 300%  as vendas do app da Drogaria Araujo

Palestrante: Geraldo Neto

Geraldo Neto é pós-graduado em engenharia de software, especialista responsável pela arquitetura de soluções, computação em nuvem, tecnologias web, aplicações móveis e IoT do grupo Framework. 

Em sua apresentação, Geraldo destaca: 

  • O desenvolvimento contou com a participação de muitas pessoas de diferentes especialidades. Foram 5 meses de projeto, 3 entregas de software com o back-end 100% desenvolvido em nuvem. 

Para entregar esse aplicativo funcionando, era preciso ainda integrá-lo com o ecossistema já existente na empresa. Tudo precisava ser integrado;  

  • A metodologia de desenvolvimento da Framework aplica o “Design sessions - inovação colaborativa”, desenvolvida pela própria empresa a partir de uma adaptação da metodologia Google. 

Essa ideia propõe que todo projeto de construção de um produto digital se inicia pela descoberta do que precisa ser resolvido, a criação e geração de ideias para ter soluções e depois a validação;  

  • Portanto, antes de desenvolver a ideia, é preciso validar se a solução que está sendo gerada vai alcançar os objetivos. No final do Design Session, são entregues telas de capa etapa, inclusive navegáveis, para entender como será o funcionamento;  
  • O aplicativo foi desenvolvido em Fluter, uma tecnologia Google que tem crescido e que apresenta uma abordagem diferente do iOs. Geraldo destaca uma alta produtividade com uma baixa curva de aprendizado. 

Então foi possível fazer muito, em menos tempo. Além disso, essa ferramenta possui uma alta manutenibilidade, tornando fácil e rápida a realização de alterações que se fizerem necessárias; 

  • O produto final apresenta funcionalidades que vão muito além de telas e botões. O time inseriu, inclusive, pesquisa de produto por foto, além do desenvolvimento de uma parte de acompanhamento da entrega para os motoboys;  
  • A estrutura de back-end precisaria ser bem feita. Um dos objetivos é que esse aplicativo deveria ser capaz de se tornar o maior aplicativo de varejo do Brasil. 

Um ponto recorrente é que o aplicativos deveria ter respostas em tempo real para alcançar esse objetivo. Isso criou uma maior complexidade, exigindo mais automação e organização. 

O DevOps tem um papel central nessa etapa, e toda essa estrutura foi inserida no Azure DevOps;   

  • Além disso, a estrutura do aplicativo foi planejada para ter uma boa gestão de custo. Em momentos de pico de acesso, ele suporta a demanda e, em momentos de baixo acesso consumindo menos.  

Assista ao conteúdo completo no link: Como a Framework aumentou em 300%  as vendas do app da Drogaria Araujo - Geraldo Neto - DEVDAY 2020 

Log, I am your father: a importância que você deveria dar aos seus logs 

Palestrante: Dani Marinho e Magna Fernandes

Só pelo título dessa palestra nós já sabíamos que ela seria ótima, e foi exatamente assim o conteúdo que as meninas entregaram no terceiro dia de Devday. 

As duas têm seus próprios hobbies, por exemplo, a Dani tem um carinho especial pelo Chile  e ama fazer trilhas ecológicas, já a Magna, ama música e conhecer novas culturas. Foi na programação que elas encontraram algo em comum, os LOGs

As duas começaram contextualizando os LOGs no cenário atual do segmento B2C (que durante a pandemia cresceu até 60%, em comparação com 2019) e destacaram as quatro tendências de 2020 e 2021 para o mercado. Elas são: 

  • Evolução do modelo de negócio > o e-commerce passou a ser indispensável; 
  • Propósito > os clientes querem comprar o seu diferencial, o seu propósito; 
  • Redução de custos > como “fazer mais com menos”;

O cliente como o centro da decisão > qual é a necessidade de cada cliente dentro da plataforma. 

Dani e Magna afirmam que só será possível trabalhar com essas tendências nos próximos anos utilizando na prática o conceito de adaptabilidade

Analisar os dados dos usuários e antecipar a necessidade do cliente é uma das melhores formas de criar uma solução eficiente.   

Por isso, elas apontaram algumas boas práticas na hora de definir as estratégias: 

  • Tente criar histórias com os dados, desenhe uma jornada do cliente dentro da sua plataforma e tente visualizar isso; 
  • Evite gerar alerta/spam, faça isso apenas quando for necessário uma atividade humana;
  • Tenha critérios fortes de organização dos dados. 

Elas passaram também pelos princípios de CONFIABILIDADE, e reforçaram: o usuário é o centro da confiabilidade.

O que faz ele feliz? Quais são as métricas mais importantes para você analisar em determinados cenários? Essas são questões que você deve levar em consideração sempre! 

Por fim, elas falaram sobre Data Visualization e a importância de organizar os dados de forma que eles contem uma história “bonita”.  

Também deixaram conselhos super válidos para quem está começando a trabalhar com LOG’s: 

  • Não tem receita de bolo pronta. 
  • Adapte os LOGs ao seu conceito. 
  • Tenha referências e tente aplicá-las na sua realidade.   

“O LOG está na sua mão, basta você incluir ele na sua vida.”  

Como pensar fora da caixa para solucionar problemas complexos

Palestrante: Jonathan Souza  

“As pessoas não acreditavam que seria possível.” Quantas histórias de sucesso você conhece que começaram assim? Muitas, não é mesmo? 

Foi assim que o Jonathan Souza, CTO da eNotas, começou a sua segunda palestra no Devday. Ele contou que no início da sua carreira as pessoas não acreditavam que os projetos dele seriam colocados em prática por serem muito complexos.   

Essas reações só serviram como impulso para ele, que sempre acreditou na liberdade de criação. Segundo Jonathan, basta você ter uma ideia, começar um projeto e tornar isso útil.  

Se parece ser impossível, quer dizer que isso é um problema, e se é um problema, pode ser solucionado!

Para os colegas de profissão, ele deixou uma dica: PENSE FORA DA CAIXA! As pessoas sempre tentam melhorar coisas que já existem, faça o contrário. Crie algo a partir de uma necessidade que ninguém identificou ainda

Isso traz uma vantagem competitiva para a sua empresa e define o diferencial do seu produto. 

Após essas constatações super importantes ele exemplificou, utilizando uma linguagem de alto nível técnico, algumas situações que já vivenciou em empresas e projetos que trabalhou no passado. 

Tem interesse em saber mais? Confira a palestra completa aqui! 

Assista ao conteúdo completo no link: Como pensar fora da caixa para solucionar problemas complexos - Jonathan Souza - DEVDAY 2020

Insert Content Template or Symbol
Avatar
Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.