Hook Model, transformando seu produto em um hábito!

Num mundo onde os consumidores estão sendo bombardeados constantemente por inúmeros novos negócios, fazer com que o seu empreendimento se torne um must na vida de alguém é um trabalho árduo, mas existem alguns métodos que podem te ajudar.

Um deles consiste em tornar o seu produto em um hábito. Falando de uma forma curta e grossa, é tornar seu produto um vício.

É disso que se trata o Hook Model, um framework criado por Nir Eyal, empreendedor e economista comportamental. 

Vamos explicar como funciona o Hook Model e como você pode aplicá-lo na dinâmica do seu produto.

O que é o Hook Model?

O Hook Model é um conceito baseado na formação de um hábito para criar produtos que gerem um comportamento consistente. Existem algumas etapas dentro do HM, que são gatilho, ação, recompensa (variável) e um investimento.

A intenção desse conceito é criar um loop para o seu consumidor, fazendo do seu produto um hábito.

Um exemplo muito bom é o Instagram.

  • Gatilho: Os usuários são incentivados a criar e participar de uma rede social que grande parte das pessoas já faz parte. Ou seja, o gatilho interno seria a vontade de participar, de não ficar de fora de algo que muitos já fazem parte;
  • Ação: Já dentro da plataforma do Instagram, os usuários são encorajados a agir. O que significa postar algum tipo de conteúdo, como fotos e vídeos;
  • Recompensa: Após agir, os usuários são recompensados com curtidas, comentários e directs. Ou seja, a recompensa vem para suprir aquele gatilho inicial, o de não se sentir de fora de algo;
  • Investimento: Após a recompensa o usuário sente que deve investir no Instagram, mas como? Atualizando a biografia, tratando fotos, e por aí vai.

E assim é criado o ciclo do Instagram.

Como funciona o Hook Model?

Vamos destrinchar todos os passos do Hook model para te ajudar a entender melhor como o seu produto utilizar desse conceito.

Gatilho

Primeiramente, você deve encontrar a dor e o desconforto da sua persona, e pensar, como o meu produto pode ajudar?

Por exemplo, o Instagram soluciona o desconforto dos usuários de sentirem por fora de algo, as vezes, a baixa autoestima e o sentimento de solidão. Já o Google por exemplo, soluciona o sentimento de dúvida.

E o seu produto, qual gatilho interno (do usuário) ele solucionará?

Segundo, você deverá pensar em gatilhos externos que podem ser aplicados para despertar a ação do usuário.

Por exemplo, quando um aplicativo de finanças envia um alerta falando que você está devendo algo, logo você entra no seu aplicativo para verificar qual a sua dívida.

Ação

A ação é o mínimo de interação que o usuário deverá fazer para que chegue a parte da recompensa.

No caso do Google, basta fazer uma pesquisa, já no Facebook, você precisa logar na plataforma e navegar no feed de notícias. De forma semelhante, o Instagram permite que os usuários postem conteúdos com facilidade. 

O ponto chave aqui é que seu produto seja bem intuitivo e que leve o usuário à recompensa de forma rápida e com "poucos cliques". Dessa forma, a motivação para usar o seu produto não terá que ser tão grande, podendo focar na recompensa.

Recompensa

A recompensa é o motivo pelo o qual o usuário utiliza o seu produto.

Existem 3 tipos de recompensa dentro do Hook Model, são eles: tribo, busca e ego.

Tribo

A recompensa de tribo se baseia em recompensas sociais. Em reconhecimento e cooperação.

Por exemplo, quando alguém curte sua foto no Instagram ou compartilha sua postagem no Facebook.

Busca

A recompensa de busca (ou caçador) é quando a recompensa do usuário é encontrar algo que ele estava procurando.

O Google é um ótimo exemplo, assim como o Pinterest!

Ego

A recompensa do ego é baseada em competência, domínio, autoridade.

Por exemplo, quando se completa um nível em um videogame ou conseguimos limpar nossa caixa de email.

Investimento

Usuários investem para, de certa forma, terem benefícios futuros.

Alguns exemplos de investimento são ações dentro do seu produto que levam os usuários a retornarem.

Por exemplo, se seu produto é um calendário, um investimento que seu usuário faz é colocar um lembrete.

Outra forma de investimento é quando o usuário segue outros usuários, curte conteúdos, convida outra pessoa para fazer baixar seu produto, por exemplo.

A responsabilidade quanto a criação de hábitos

É muito importante lembrar que criar hábitos para as pessoas demanda muita responsabilidade.

Afinal, as pessoas estão sempre conectadas às nossas tecnologias, elas as usam para registrar os momentos mais importantes da sua vida, se conectar com aqueles que amam, facilitar o seu trabalho…

Ou seja, nossos produtos estão conectados as partes mais importantes da vida dos nossos usuários, o que nos leva a ter uma responsabilidade enorme quanto ao tipo de produto, e "vício" que vamos inserir no dia a dia de alguém.

E então, o que você achou deste conteúdo sobre o Hook Model? Quer aprender ainda mais sobre os melhores assuntos do mundo digital? Continue conosco e descubra 8 dicas infalíveis para bombar o Instagram do seu negócio!


>