Mentalidade empreendedora: estratégias de crescimento e como criar seu mapa mental

Atualizado há mais de 1 semana

Para criar seu próprio negócio, muitas pessoas têm se capacitado e tomado iniciativas para se aperfeiçoarem como empreendedoras. Pode-se dizer que esses são os primeiros passos de uma mentalidade empreendedora.

A mentalidade empreendedora é o grande diferencial de pessoas que conseguem levantar um negócio para aquelas que trabalham para ela, por exemplo.

Por mais que se tornar um profissional reconhecido sem necessariamente empreender seja uma carreira válida, aqueles que querem construir um negócio e se especializar nisso precisam ter outro tipo de mindset.

E é justamente sobre essa mentalidade empreendedora e como traçar estratégias para consegui-la que você lerá agora.

Estratégias para desenvolver uma mentalidade empreendedora

Antes de saber como desenvolver uma mentalidade empreendedora, é preciso saber o que ela é.

Trata-se de uma série de habilidades e iniciativas que visam melhorar as tomadas de decisões, gestão de estratégias e de riscos.

Esse mindset também possibilita que uma pessoa possa enxergar cenários diante diferentes contextos. E ser capaz de escolher os melhores caminhos pensando nessas alternativas.

Para alcançar isso são necessárias muita capacitação e uma série de recursos que permitam fazer a gestão de um empreendimento de maneira sadia.

O que não, necessariamente, evitam erros e ajustes no rumo, mas sim a capacidade de saber lidar com isso.

Diante o desafio de se capacitar dessa maneira, uma das melhores estratégias para conseguir a mentalidade empreendedora é o mapa mental.

O mapa mental é uma técnica que ajuda o processo de estudo, principalmente, organizando ideias e memorizando conceitos.

De forma visual, ele potencializa a capacidade de uma pessoa em armazenar informações. A maneira fluida e criativa de se criar um mapa mental o tornou um recurso utilizado há bastante tempo e altamente recomendado para quem quer conquistar algo, como a mentalidade empreendedora.

Leia também: O que é Kanban e como usar essa metodologia 

Como criar um mapa mental

Com o mapa mental sendo uma das melhores ferramentas para ajudar em sua jornada para alcançar a mentalidade empreendedora, vale seguir algumas dicas de como criar um.

Confira.

Escolha onde criar o mapa mental

O primeiro passo para criar um mapa mental é ter uma ferramenta para criá-lo. Uma das vantagens desse recurso é que você pode montá-lo de maneira muito livre e onde melhor convir.

Os bons e velhos papel e caneta, seja em um grande cartaz ou mesmo uma folha de caderno não são descartados, por mais que fisicamente possa te limitar a explorar seu mapa mental.

Existem recursos virtuais, em que o limite é muito maior e com mais recursos de cores e até mesmo formas, além da possibilidade de criar um fluxo entre as ideias de forma mais livre.

Defina o tema central para seu mapa mental

É a ideia principal que você deseja explorar no seu mapa mental, que, no caso, é a mentalidade empreendedora.

Escreva-o bem, com destaque, no seu mapa mental, que pode ser feito em murais ou mesmo por plataformas na internet.

O tema central precisa estar diretamente relacionado com o seu objetivo, que, por sua vez, precisa ser alcançável.

A mentalidade empreendedora como tema central pode ser relacionada com a abertura de uma empresa, por exemplo.

Trace os subtópicos principais

São as ideias ou conceitos diretamente relacionados à mentalidade empreendedora. Pode-se entender o primeiro nível de detalhamento do seu tema central.

Para ficarem bem visíveis, os subtópicos devem ser escritos em torno do tema central, usando linhas ou setas para conectá-los.

Dessa forma, você começará a ter um fluxo de ideias que podem também começar conectar os subtópicos entre si.

Não há um limite de tópicos que possam ser incluídos aqui.

Escreva outros tópicos relacionados a cada subtópico

Aqui, você fará o que fez com o tema central e os subtópicos. Cada um desses últimos ramifica em outros temas e conceitos, mais diretamente relacionados a eles, mas sem esquecer do tema central.

Isso fará com que seu mapa mental tome corpo, com uma série de ideias que se relacionam, fazendo com que você tenha “caminhos” a seguir a partir da escolha de um tema. 

Use cores e imagens

As cores e imagens tornam o seu mapa mental mais visual e memorável.

Use cores diferentes para destacar os diferentes tópicos e imagens para ilustrar as ideias. Se você usar ferramentas online, pode criar formas para ajudar a relacionar ideias para além das cores somente.

São ótimas maneiras de fazer seu mapa mais didático e capaz de contribuir para sua memorização.

Seja criativo

Por fim, não tenha medo de ser criativo ao criar o seu mapa mental.

Use elementos visuais, como desenhos, símbolos e gráficos, para tornar o seu mapa mental mais interessante e fácil de entender.

Faça isso em todos os elementos que foram o mapa mental, desde os quadros com as ideias até mesmo às setas que as conectam.

Seja direto

Evite ser muito evasivo ao escrever seu mapa mental. Alguns subtópicos podem se relacionar ao tópico, mas fugir do tema central, o que fará seu estudo ser muito amplo e fugir do propósito.

Crie uma divisão intuitiva

O fluxo de ideias deve ser facilmente entendido, mesmo para você que o criou. É comum começar a relacionar os tópicos entre si e ter, por fim, um desenho emaranhado de setas se conectando.

Por mais que isso seja, de certa forma, positivo, os fluxos podem se confundir e não ser tão lógico. 

Setorize cores e formas

Ao escolher as formas e as cores para seu mapa mental, tente fazer com que as escolhas tenham uma lógica setorial.

Dessa forma, você visualizará as divisões entre elas e identificará melhor a lógica delas.

Faça conexões para além da plataforma de seu mapa mental

Se preferir usar alguma das plataformas digitais para criar seu mapa mental, experimente colocar referências externas por link em cada um dos conceitos.

Dessa forma, você criará uma base de estudo para cada um dos tópicos que poderá ser facilmente acessada pelo seu mapa mental.

O que facilitará muito o seu estudo.

Dicas para adotar no dia a dia para ter uma mentalidade empreendedora

O mapa mental ajuda muito a se desenvolver em algo, mas certamente não é a única forma para isso.

E como a mentalidade empreendedora requer uma certa dedicação, você precisa adorar certas dicas, em seu dia a dia, para alcançá-la.

Tenha autoconfiança

Saber o que está fazendo é certamente uma das características mais trabalhadas por quem quer ter uma mentalidade empreendedora.

Acreditar em si é outra boa forma de se tornar autoconfiante. Contudo, sua confiança precisa sempre se basear em estudo e dados.

Deixar de levar por uma confiança demasiada apenas por entender que aquela é a melhor decisão a se ter pode levar a uma série de erros.

Confira: Treinamento corporativo: um guia completo e definitivo 

Saiba se relacionar

Essa é uma das formas que ajudam a autoconfiança ser sadia. Além da interação humana, as relações podem servir como conselheiras nas suas tomadas de decisões.

Crie networking e tenha laços que podem fazer com que você seja uma autoridade em um médio ou longo prazos. 

Entenda que erros e fracassos acontecerão

Por mais que erros e fracassos devam ser evitados, eles são inevitáveis. É preciso saber lidar com isso e, mais ainda, o que fazer quando eles acontecerem.

Seja consciente de que é preciso fazer uma gestão de riscos e crie planos para quando eles acontecerem.

Desenvolva sua liderança

A liderança é uma das principais soft skills quando o assunto é mente empreendedora. Além de saber lidar com uma gestão de pessoas, o líder precisa desenvolver a iniciativa, se comunicar e ouvir.

O bom líder também desenvolve capacidades mais generalistas, conseguindo se relacionar com diferentes frentes e pressões.

Por fim, desenvolver a liderança é uma das características de uma mente empreendedora.

Se você gostou desse conteúdo, confira também como entender as rotinas e os processos de uma empresa!

Jornalista, escritora e pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.