Certificado digital para contabilidade: tudo o que você precisa saber

Atualizado há mais de 1 semana

Os processos tecnológicos dentro das empresas cresceram bastante nos últimos anos. Para garantir a legalidade de documentos no mundo virtual, os certificados digitais para contabilidade são os instrumentos para operações como a emissão de notas.

Trata-se de algo obrigatório para certos processos fiscais que desburocratiza as operações, dá segurança necessária nos procedimentos e, claro, dá legalidade.

Portanto, para o setor de contabilidade, o certificado digital é algo primordial. E é por isso que você encontrará nesse artigo informações importantes a respeito.

O que é e para que serve o certificado digital?

O certificado digital é uma garantia de manter legalizado certos processos fiscais. Por mais facilidades que a internet possa dar às operações, o mundo virtual é cercado de riscos.

Ele é uma espécie de assinatura digital. Como nos casos dos físicos, ele é colocado naqueles documentos a fim de dar legitimidade. 

Isso porque além das chances de golpes envolvendo esses documentos, o processo é repleto de informações sigilosas, por exemplo, e muitas vezes fundamentais para o crescimento de uma empresa.

A contabilidade é um setor que sabe isso bem.

Sem falar que o certificado digital para contabilidade pode fazer com que os processos sejam ainda mais rápidos. Todos os documentos contábeis que precisam ter legalidade podem ser usados com o mesmo certificado.

É como se você assinasse todos os documentos. Mas de uma única vez.

Os tipos de certificado digital

Os certificados digitais atendem a dois tipos de pessoas: a jurídica e a física. Para a primeira, o certificado é chamado de E-CNPJ e para a outra E-CPF.

Mas, a tipificação acontece de outro modo, no entanto. Conheça agora!

Certificado A1

São certificados que valem por um ano. Eles são instalados em vários computadores e usados simultaneamente.

O prazo para a validade é contado a partir da emissão.

Certificado A3

São os certificados com validade de 3 anos, que também começam a contar a partir de sua emissão.

Esse certificado digital pode ser físico, em duas formas diferentes:

  • SmartCard: é um cartão que possui um chip, como os de crédito e débito. Para usar esse tipo de certificado no computador, é necessário um adaptador, que serve como um leitor de cartão, com uma entrada USB;

  • Token: já esse parece um pendrive. Por isso, é usado com sua própria entrada USB.

Certificado digital em nuvem

Como o nome denuncia, é um certificado que pode ser acessado pela internet, com o devido login.

Pode ter validade de 1 a 5 anos.

Como emitir um certificado digital?

A emissão de um certificado digital começa com agendamento do atendimento pelo site da Receita Federal.

No atendimento, o representante da empresa ou a própria pessoa devem comparecer. Nesse processo, duas senhas são geradas: uma enviada por e-mail e a outra entregue pessoalmente.

Caso o certificado seja o A1, a pessoa fará o download e definirá uma senha, que será solicitada em cada computador que ele for instalado.

Já para os A3, o processo é o mesmo, diferenciando apenas quando são os modelos token ou Smartcard.

No caso do certificado em  nuvem, não é preciso baixar nada.

Qual a relação entre certificado digital e contabilidade?

Você já deve ter percebido que o certificado digital para contabilidade é algo bem importante.

Não para menos, já que ela valida muitos documentos legais, dando a qualificação de original para um.

Em algumas situações contábeis, o uso do certificado é determinante, como:

e-CAC

É o Centro virtual de Atendimento ao Contribuinte. Para utilizá-lo, a pessoa deve ter necessariamente seja um e-CNPJ ou um e-CPF.

Nele, a pessoa deverá entrar com login e a senha PIN criada na hora da emissão.

SPED

O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) é uma ferramenta que unifica as atividades de recebimento, validação e autenticação de documentos que fazem parte da escrituração contábil de uma empresa.

Então, pode-se perceber o quanto a contabilidade está envolvida aqui, não é?

Bem como os certificados!

E como você leu, a autenticação é parte do processo e isso envolve o uso do certificado digital para contabilidade.

Emissão de notas fiscais eletrônicas

As NFe é um projeto já bem solidificado que passa pela necessidade de uso do certificado digital.

Como é de se supor, a nota fiscal para ser autêntica precisa de um certificado já na sua emissão. E isso está tão certo que nenhum empreendedor consegue gerar nota sem um certificado digital.

Mas, não para aí.

Todo o processo de consulta e emissão das informações é feito com a chave de acesso, algo só possível com o certificado digital.

Siscomex

Trata-se do Sistema Integrado de Comércio Exterior. Ele registra tudo o que é feito para além do território nacional das empresas com sede aqui.

Logo, as autenticações pelo certificado digital são mais que necessárias.

Conclusão

Com esses quatro exemplos, deu para entender bem a importância do certificado digital para a contabilidade.

No entanto, o uso somente do certificado pode não ser o bastante. E por quê?

É fato que a contabilidade passa por um momento de modernização gigante e os processos tendem a ser cada vez mais tecnológicos.

A agilidade, que é uma consequência dessa modernidade, é vista, por exemplo, no envio das informações geradas pelas emissões de nota para o sistema da Secretaria da Fazenda.

Ainda há o fato de se ter tudo muito bem controlado e as emissões são feitas com preenchimentos cada vez mais instantâneos.

Por isso, a necessidade de ter um sistema de emissão é fundamental para que a sua contabilidade possa ser ágil como o mercado e o momento pedem.

Logo, você precisa de algo como o emissor da eNotas. Acesse agora e conheça essa tecnologia!

Jornalista e apaixonada por produzir conteúdo nos mais diferentes formatos. Nas horas vagas, é fotógrafa, viajante e mãe de suculentas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.