6 formas de regularizar a parte fiscal do seu negócio

Atualizado há mais de 1 semana

Um dos maiores desafios para quem criou uma empresa recentemente é regularizar a parte fiscal do negócio.

Não é um desafio banal. Afinal, a carga tributária brasileira é uma das mais complexas do mundo e manter as contas em dias exige uma série de estratégias que pode complicar quem está começando a empreender agora.

Mas, não adianta: para manter uma empresa saudável e poder crescer com o passar do tempo, é necessário não só conhecer de regimes tributários como desenhar estratégias para regularizar a parte fiscal do seu negócio.

Por isso, preparamos essa lista de 6 formas para regularizar a parte fiscal de seu negócio e ter uma gestão fiscal eficiente. Confira!

Por que é importante regularizar a parte fiscal de seu negócio?

O principal motivo para manter a sua empresa regularizada é evitar as consequências. E elas podem ser bem graves para o seu negócio e o seu crescimento.

Uma dessas consequências e também das mais graves é a impossibilidade de gerar notas fiscais. Isso afeta toda a saúde financeira de seu empreendimento e pode comprometer seu relacionamento com seu cliente — que tem o direito de exigir NFe no ato da compra.

Isso afeta, por exemplo, conseguir fornecedores para a sua empresa. É totalmente inviável que uma empresa negocie com outra irregular.

Outra consequência, também grave, é a possibilidade de ser enquadrado no crime de sonegação fiscal. Esse tipo de contravenção penaliza aqueles que não pagam seus impostos.

Seu poder de negociação junto a créditos bancários será menor — ou até mesmo inexistente — quando sua empresa não estiver regularizada.

Além de evitar esse tipo de dor de cabeça, o empresário sairá ganhando com a sua empresa regularizada.

A primeira das vantagens é exatamente a possibilidade de crédito em bancos. Esse é um fator determinante para empresas que estão começando a atuar e precisam fazer investimentos para crescer.

Outra vantagem é a segurança que seu patrimônio tem quando a empresa está legal. Isso porque os sócios não precisam envolver seus próprios bens para suprir as dívidas do negócio.

Mais uma é a possibilidade de participar de licitações junto ao poder público. Esse tipo de negociação costuma ser bem vantajoso para uma empresa, que está impossibilitada de participar caso não esteja regular.

Por fim, a economia com impostos. Se o seu negócio está regular, significa que todas as taxações estão em dia e as multas e punições não comprometerão sua saúde fiscal.

Como regularizar a parte fiscal do negócio?

Saber como regularizar a parte fiscal do negócio exige, como você já viu, conhecer bem a legislação que rege o seu regime tributário bem como o mínimo sobre compliance fiscal.

Veja, em 6 passos, como você pode garantir que a parte fiscal de sua empresa esteja em dia.

Confira a situação fiscal de sua empresa

A primeira dica na maior parte das listas sobre como regularizar a parte fiscal de sua empresa é exatamente saber da situação dela.

Para saber, é necessário consultar o site da Receita Federal. Você precisará do código de acesso ou do certificado digital para prosseguir.

No site, a situação fiscal é consultada em “Consultar Pendências” > “Realizar Pesquisa de Situação Fiscal”, “Relatório Complementar” e então haverá as pendências que sua empresa possui junto ao Fisco.

Tenha um contador

Uma dica clássica, básica e até um pouco óbvia. Mas que não pode deixar de ser mencionada. O contador é o profissional apropriado para mostrar os caminhos de como regularizar a parte fiscal do seu negócio.

O contador orientará quanto às obrigações fiscais de cada regime, mas também aos detalhes que cada empresa pode ter de acordo com a sua realidade.

Faça auditorias fiscais

Algo que todo contador recomendará é fazer auditorias fiscais com regularidade. Essa ação mapeará tudo o que há de errado em sua rotina tributária, como duplicidades e exigências que não condizem com o seu regime fiscal.

Além de mapear os gargalos, a auditoria aplica métodos contábeis para a rotina fiscal, visando a sua melhoria e o devido cumprimento das exigências da legislação.

Parcele débitos

Essa é uma estratégia que inevitavelmente pode ser o caminho para que a sua empresa fique em dia com as dívidas.

Com as compras de insumos ou de equipamentos para a sua empresa, as dívidas podem se acumular e a solução para que esse montante não atrapalhe o seu caixa é exatamente o parcelamento.

No entanto, é sempre recomendado pagar por compras e investimentos à vista, quando as condições de desconto são mais vantajosas. Contudo, a falta de montante pode ser um indicativo de que o parcelamento é o mais adequado.

É ainda necessário cuidado para não haver atrasos no pagamento, para que multas ou até mesmo o pagamento integral da dívida seja aplicado.

Confira o extrato de situação fiscal

O extrato de situação fiscal é um recurso criado pela Receita Federal que visa a regularização por parte das empresas.

É nele que é possível conferir todas as pendências que seu negócio possa ter, fazendo com que a sua regularização seja mais rápida, prática e eficiente.

Seu uso é bem simples, exigindo apenas o preenchimento dos campos de CNPJ e do extrato correspondente.

Tenha softwares fiscais

Com a tecnologia como parte da realidade da vida das pessoas e de empresas, não poderia ser diferente que uma das formas de regularizar a parte fiscal do seu negócio é se valer de softwares que automatizam e potencializam a rotina de seu negócio.

Esses softwares são completamente eficientes e automatizam o pagamento de impostos, geração de documentos e emissão de notas fiscais.

Sem falar da geração de relatórios detalhados que podem indicar melhorias e potencialidades que toda empresa pode ter com rotinas otimizadas e que entendam a sua realidade.

Isso é algo que pode ser fundamental não só para o crescimento de sua empresa e para regularizar a parte fiscal de seu negócio.

Por isso, tenha sempre à disposição softwares fiscais, como emissores de notas e APIs que possam modernizar a gestão de notas e demais documentos fiscais!

Head de Marketing na eNotas

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.