roe
NEGÓCIOS

ROE: aprenda a medir e descubra a importância para a sua empresa

Atualizado há mais de 1 semana

Acompanhe o nosso guia e aprenda a medir o ROE e descubra a importância dessa métrica para a sua empresa. Confira!

Quem está no mercado de investimentos tem que estar familiarizado com diversos termos que, muitas vezes, são mais simpáticos se compactados em siglas. 

Um exemplo disso é o “Return on Equity”, mais conhecido como ROE

Mas, mais importante do que saber o que se trata a sigla ou como chamá-la no dia a dia, é saber do que se trata. E por que, afinal, ela é fundamental para um negócio? 

Bom, neste post você irá descobrir exatamente essa questão. Confira! 

O que é ROE?

Você acabou de ver do que se trata a sigla, que, no português, pode ser traduzido como Retorno sobre Patrimônio Líquido

O ROE  é uma métrica que analisa e mede a capacidade que um negócio tem para gerar valor para si e seus investidores, partindo dos seus próprios recursos. 

Para ter uma clareza melhor, é preciso se falar de patrimônio líquido. 

Esse termo nada mais é do que a soma de todos os recursos produtivos liquidados da empresa: o dinheiro em caixa usado para giro, o valor investido pelos sócios ou acionistas e toda fonte que a empresa tiver de retorno num futuro. 

Por isso, o ROE é o retorno que esse patrimônio traz à empresa, medido sempre em porcentagem. 

Como calcular o ROE?

E por falar em porcentagem, você deve se perguntar como que se calcula o ROE. 

Um cálculo bem simples, aliás. 

Você precisa levar em conta o lucro líquido no último ano da empresa e dividi-lo pelo patrimônio líquido do mesmo período. O resultado é revertido em porcentagem.

Resumindo: 

ROE = Lucro Líquido ÷ Patrimônio Líquido

O período de base leva em conta o ano fiscal completo, ou seja, considerando o valor antes de se pagar os dividendos aos investidores que possuem ações na empresa e depois dos dividendos pagos às ações preferenciais. 

Qual a importância do ROE para as empresas

Bom, como você já sabe, o ROE é uma métrica que indica qual o retorno sobre seu patrimônio líquido. 

E esse indicador é fundamental para escolher os melhores investimentos para a empresa, analisando, ainda, a possibilidade de valorização com bons resultados sobre eles.

Mas a principal importância do ROE está em entender o rendimento do negócio partindo sobre o lucro líquido que ele teve no ano. 

Do ponto de vista dos investidores, a importância do ROE é maior. Essa métrica é o reflexo da rentabilidade da empresa. 

Por isso, muitos deles, quando querem investir, conseguem vislumbrar no ROE da empresa o retorno médio que ela oferece aos seus investidores. 

Vale também para títulos públicos e bancários, outros tipos de aplicações que muitos investidores buscam ter. 

Em termos práticos, um investidor sempre analisará o ROE das empresas que queira investir. Ele verá uma melhor oportunidade de investimento naquela que tiver o ROE maior. 

Isso porque essa empresa tem mais chances de valorizar os seus ativos. 

ROE X ROIC - Qual a diferença?

Lá no início desse texto, você viu que o mercado está repleto de termos e siglas que precisam ser bem entendidas para se valer tanto um investimento, quanto a saúde da empresa. 

E um que causa uma certa confusão com o ROA é o ROIC. 

Essa segunda é a sigla para Return On Invested Capital. Traduzindo: Retorno sobre o Capital investido.

Tanto a sigla quanto seu significado são bem parecidos, mas na prática, não.

Como você viu, o ROE mede o retorno sobre o patrimônio líquido de uma empresa, enquanto o ROIC diz respeito ao capital total investido. 

Ou seja: indica qual a capacidade da empresa em gerar lucro a partir do capital que se investiu nela. 

O ROIC, por sua vez, é calculado levando em conta o lucro operacional da empresa, menos os impostos, sobre o capital investido pelos acionistas. 

Tanto o ROIC quanto o ROE são dois exemplos de como essas simpáticas siglas podem fazer diferença para uma empresa e um investidor. 

Entendê-las e saber como podem ser importantes ao negócio é fundamental. 

Mas não só de ROIC ou ROE sobrevive uma empresa. Na verdade, há todo um glossário de termos que devem ser entendidos por completo, seja por diretoria, equipe financeira ou mesmo investidor. 

E um desses termos é o DRE. Um Raio X na situação financeira de uma empresa que pode revelar caminhos para reduzir custos e aumentar os lucros do negócio. 

Se quer conhecer mais sobre esse importante termo, fique com este texto que dirá o que é o DRE e como ele é fundamental ao seus negócios!

Avatar
Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email.
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.