Brand marketing: o que é e como gerar mais receita com ele?

Atualizado há mais de 3 semanas

Você sabe que é preciso ter uma marca forte para ser reconhecido no mercado, certo? Aliás, ser reconhecido pode nem ser o principal. Ter uma marca que consegue atrair mais clientes, por causa dos próprios clientes, é o sonho de todo empreendedor. É o famoso Brand Marketing. 

Essa estratégia de marketing envolve uma série de fatores que vão de criação de marca à capacidade de comunicação de uma empresa. 

Por isso, é necessária uma explicação detalhada sobre esse termo para saber, porque seu negócio deve adotar esse conceito. E você terá isso agora! 

O que é Brand Marketing? 

Pode-se definir o Brand Marketing como uma estratégia de gestão de marca para fazê-la mais conhecida no mercado. 

Essa gestão precisa ser alinhada ao posicionamento, ao propósito e aos valores que a empresa possui. 

Tudo para que o público possa se relacionar de maneira ampla com o negócio, para além das compras, com um sentimento a mais que será primordial para a decisão de compra. 

Marca, como você deve saber, passa muito além de um logotipo. É uma série de fatores que seu produto causa no público, que conseguem te identificar e perceber qual a sua identidade para além de elementos visuais. 

E esses elementos não visuais são exatamente o posicionamento, o propósito e os valores, esses que você leu ainda há pouco.  Eles conseguem conectar seu público a sua empresa. 

E para ser mais preciso, esses elementos passam, claro, pelo logo, identidade visual, mas também o slogan, o tom de voz usado em propagandas, na linguagem das redes sociais, jingles e até mesmo as pessoas usadas em peças publicitárias.  

Quais as vantagens?

Ao ler esse início, você se deparou com um uma das principais vantagens de ter um brand marketing: as pessoas, ou seja, seu público ou o seu cliente, são os principais porta-vozes da sua empresa. 

Eles é que farão seus negócios progredir, ganhando mais e mais adeptos a consumirem com o seu negócio. 

É claro que essa vantagem é o grande motivo de se empregar um bom brand marketing, mas não é a única. 

Sua marca será reconhecida mais facilmente

Não basta ter uma boa marca, é preciso ser lembrado sem precisar se mostrar. E com o brand marketing você consegue exatamente isso. 

Em um mundo em que, cada vez mais, as empresas precisam se destacar em uma batalha de anúncios pela internet, ser identificado nesse emaranhado de publicidade é fundamental. 

As pessoas comprarão porque acreditam na sua marca

Ao transmitir seus valores e seu propósito em uma campanha, as pessoas passam a se identificar com seus ideais. 

Esse valor emocional é um forte agregador ao poder de decisão de compra de uma pessoa. O seu público contribuirá com o seu negócio porque ele acredita no seu propósito.

Você terá mais fidelização 

A fidelização de clientes é algo perseguido por muito empreendedor. Não é para menos, já que, tão importante quanto fazer um lead consumir, é ele continuar comprando com sua empresa. 

E o brand marketing permite isso, porque, como você leu, eles se sentirão engajados com o propósito de seu negócio. É claro, que descontos e uma boa campanha de fidelização ajudam.

Sua empresa terá diversos embaixadores

Não é raro encontrar “lover” de uma marca. São muitos exemplos e, daqui a pouco, você verá alguns. 

Aqui, as pessoas se engajarão tanto pela sua marca que elas começarão a recomendar seus produtos, postar as comprar e, muitas vezes, serem defensoras de sua empresa. Expandindo, ainda mais, o seu poder de reconhecimento. 

Sua marca terá mais valor

Empresas que possuem um alto reconhecimento com seu público tendem a ter suas marcas mais valiosas. 

Sem mencionar que, quanto mais reconhecida uma marca e maior a confiança que novos consumidores possuem com ela. 

Como criar um planejamento de Brand Marketing?

Ter um bom brand marketing precisa de muito planejamento. 

E para isso, é preciso passar por alguns pontos: 

Tenha um posicionamento

Não é a primeira vez que você lê sobre posicionamento neste texto. E é muito importante isso para todo brand marketing. 

O posicionamento, segundo um dos maiores nomes do marketing, Kotler, é o “ato de criar um entendimento de oferta e imagem que define o espaço do mercado que sua marca ocupará e como ela será percebida pelos consumidores”. 

É claro que esse posicionamento precisa estar alinhado com os objetivos do seu negócio, junto com o valor que o produto entrega ao consumidor. 

Esteja atento ao mercado

Ao falar sobre mercado, é preciso ser claro: saiba exatamente o que outras empresas estão fazendo. 

Saber como seus concorrentes atuam te ajuda a saber como se estabelecer no mercado. E quando você lê algo como “saber como seus concorrentes atuam” ou até mesmo quando é indicado monitorar, não entenda que é para copiá-los! 

Entender isso significa saber que você os conhecerá bem para saber quais são as suas deficiências para poder atuar exatamente aí e oferecer um produto melhor. 

Tenha uma identidade visual forte

Ainda que você tenha lido que o brand marketing não é só um logo e uma identidade visual, não se pode esquecer deles. 

Eles ajudam a fácil assimilação de sua empresa junto ao público. Cores, símbolos, tipografia e até mesmo um slogan. 

Quando seu brand marketing é forte, é possível trabalhar só com um desses itens que basta para ser lembrado. 

Entregue mais do que um produto, ofereça um valor

O valor, neste caso, é algo além do preço. 

Aqui, refere-se a um valor na vida da pessoa. É claro que uma pessoa, quando adquire um produto, quer que ela faça o essencial.

No mínimo. 

Mas, o mínimo não é suficiente para a sua empresa e não garantirá que ela se destacará no mercado. É preciso fazer o básico e algo a mais. 

Perceba, você mesmo, o brand marketing de sua empresa

Aqui, é o monitoramento que sua empresa fará de si mesma e de sua marca. Algumas ferramentas ajudam, como as redes sociais. Elas serão preciosas ao fazer buscas segmentadas e saber o que o público fala de seus produtos. 

Não importa que sejam clientes. Aqueles que ainda não adquiriram nada com sua marca, também dão uma boa percepção de como está o brand marketing de sua empresa. 

Quais os maiores exemplos de sucesso?

Não faltam exemplos de brand marketings clássicos no mercado. E um dos maiores casos é da Coca-Cola. A empresa estadunidense não precisa de muito esforço para ser reconhecida. Suas combinações de cores são famosas, até mesmo o formato de suas garrafas é único. 

 O “espírito” de suas ações também ajudam a sua identificação, sempre remetendo à juventude e ao bem-estar, por exemplo. 

A Nike é mais um bom exemplo. 

Além de sua marca inconfundível, é possível ver sempre um valor a mais em suas ações, que se transportam para seus produtos. 

A ideia de que o mundo será melhor e mais sustentável graças ao poder do esporte é uma mensagem muito clara em tudo o que a empresa faz.

Um outro caso muito comum de brand marketing bem consolidado, mesmo para uma empresa mais nova, é com o Nubank.

A cor roxa é um dos primeiros itens a associar a marca. Então, quase tudo é possível remeter à marca da fintech

O espírito jovem e empreendedor é muito comum em suas ações também. 

Você pôde ver que o brand marketing é uma excelente proposta para sua empresa se consolidar no mercado. 

E para isso, você precisa fazer esforços e muita, muita campanha de marketing. E sabe um jeito ótimo para fazer sua marca presente no imaginário do público? As redes sociais! 

Você leu que elas são ótimas ferramentas para brand marketing. E não por acaso. E uma das formas mais comuns para expandir seu negócio é fazer live. Quer conhecer mais sobre esse formato de sucesso? O texto do link te ajudará! Confira! 

Jornalista e apaixonada por produzir conteúdo nos mais diferentes formatos. Nas horas vagas, é fotógrafa, viajante e mãe de suculentas.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.