CPF na nota
LEGALIZAÇÃO

CPF na nota: será que vale a pena?

Atualizado há mais de 1 semana

Provavelmente, você  já ouviu essa pergunta em diversos estabelecimentos: CPF na nota?

Muita gente responde automaticamente com um “não, obrigado” ou então fala o seu Código de Pessoa Física sem saber o que essa pergunta significa de fato. Na verdade, são poucas lojas que explicam o porquê de se colocar, ou não, o número do documento na nota fiscal eletrônica

Pois bem, você encontrará aqui algumas respostas e a primeira é:

cpf na nota-1

SIM!

CPF na nota sempre! É bom para você. É bom para o país. Então, quando surgir essa pergunta, pode falar sem medo de ser feliz. 

O CPF na nota fiscal é uma iniciativa dos governos estaduais de controlar a tributação fiscal do comércio, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e a combater a sonegação de impostos.

Por que colocar CPF na nota?

O CPF na nota é uma medida dos governos para combater a sonegação fiscal e garantir o recolhimento do ICMS (o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Clientes não sabem desse porquê e nem mesmo os lojistas conseguem justificar o motivo de colocar o número na NF-e.

E o principal motivo está relacionado à sonegação fiscal. Esse crime consiste na ocultação ou omissão de valores financeiros quando você declara os seus ganhos para pagar menos impostos à Receita Federal. 

Quando o consumidor exige o CPF na nota, a emissão do documento torna-se obrigatória (como se já não fosse, né?). Em outras palavras, se você não reivindicar, pode ser que a nota não seja gerada, o empreendimento pague menos impostos e infrinja as leis.

A prática de colocar o CPF na nota também combate à pirataria e ajuda na tributação fiscal do comércio — é por isso que tem muito vendedor insistente quanto a ocultar essa informação. 

Mas, tem uma vantagem que poucas pessoas sabem: os programas de benefícios dos Estados. 

Programa de benefício, como assim?

Para incentivar a prática de CPF na nota, alguns estados brasileiros oferecem um programa que dá vantagens aos consumidores. Mas poucos sabem da efetividade desse incentivo. Além de permitir o ganho de renda extra, o estado arrecada mais e combate a sonegação fiscal. 

Funciona assim:  você faz um cadastro no site das Secretarias de Fazenda (Sefaz).Feito, é só colocar os seus dados na NF-e, NFS-e ou NFC-e, independentemente se você realiza compras no cartão, cheque ou dinheiro.

O estabelecimento em que você realiza a compra é obrigado a registrar a venda, informando os dados para a Sefaz. 

E fique tranquilo porque sim: a loja é obrigada a cadastrar essa nota para não ser acusada de sonegação do ICMS. Assim, você começa a ter chances de ganhar alguns benefícios. Dependendo das localidades em que você estiver, eles podem variar. Mas, basicamente são:

Descontos

Quem não ama um desconto? Em alguns estados, colocar o CPF na nota abate no valor de alguns impostos, como o IPTU e o IPVA do ano seguinte. Ainda é possível ganhar descontos na compra de livros. 

Sorteio

Outro benefício é a chance de ganhar prêmios por meio de sorteios. Dependendo do estado, esses “brindes” podem chegar até a 1 milhão de reais e ocorrem mensalmente pela Loteria Federal. 

As chances de ganhar são proporcionais a quantidade de vezes que você colocar o CPF na nota. Óbvio que você precisa conhecer as regras de seu estado e, muitas vezes, é necessário se cadastrar, mas nada complexo.

Resgate

Sim, você pode ter uma parte do dinheiro de volta!

cpf na nota-3

Curtiu, não é? Eles acontecem a cada seis meses de acúmulo de crédito, ganhos ao se colocar os dados na Nota Fiscal. 

Mais uma vez, é preciso fazer cadastro na Sefaz de seu estado e, dessa vez, informar os seus dados bancários. 

Importante: não ache que você terá todo o dinheiro de volta! É claro que é apenas uma parte, que varia entre 20% e 30%. Nem fale que é pouco, porque até ainda pouco você nem sabia que podia ter esse dinheiro de volta! 

Doações

Essa é uma vantagem pouco conhecida, mas possível em alguns estados. As doações acontecem para algumas ONGs e entidades sociais. Por isso, se você tiver uma, outra vantagem ao se colocar o CPF na nota. É claro que você precisa realizar um cadastro próprio para a sua instituição.  

Quais são os estados que oferecem vantagens para colocar CPF na nota?

Bom, infelizmente ainda não é em todo o Brasil que esses programas acontecem, e esse assunto compete apenas ao estado federativo tratar, por isso, cada um possui suas regras e seus benefícios próprios. 

Você já deve ter ouvido falar da “nota fiscal paulista”, uma modalidade que ficou muito conhecida justamente por incentivar o preenchimento do CPF na nota. Isso se popularizou, até porque São Paulo foi um dos primeiros estados a oferecer o programa.

Mesmo que você conheça esse incentivo como “paulista”, saiba que não é só por lá que isso acontece. Vários estados já adotam essa prática. Acompanhe!

Amazonas

CPF na nota - nota fiscal amazonense

Na Nota Fiscal do Amazonas, é possível concorrer prêmios em sorteios mensais. Contudo, você pode participar só com NFes acima de R$ 50 acumulados de compra. 

No cadastro do site da Sefaz amazonense, você ainda pode escolher uma entidade social para ganhar doações. Ou seja, você concorre a prêmios e ainda pode ajudar uma instituição. 

Bahia

CPF na nota - nota premiada bahia

A terra de todos os santos possui vantagens para quem coloca CPF na nota também, chamada de Nota Premiada. Na Bahia, ocorrem sorteios mensais, podendo o prêmio chegar a R$ 1.000.000! Sim, um milhão!

Cada nota, é um bilhete. Por isso, quanto mais vezes você colocar o seu CPF em notas fiscais, mais chances de ganhar você tem.

Distrito Federal

CPF na nota - nota legal - DF

Na capital federal e cidades satélites, também existem motivos para se colocar o CPF na nota. A Nota Legal realiza sorteios periódicos, bem similar aos cariocas. Em maio de 2019, foram sorteados 12.600 bilhetes, com que variaram de R$ 100 a R$ 500.000!

Maranhão

CPF na nota - nota legal maranhão

Também chamada de Nota Legal, os maranhenses podem ter parte dos valores de suas notas resgatados. Essa quantia é “devolvida” por conta-corrente devidamente cadastrada no site da Secretaria de Fazenda do Maranhão.

Mato Grosso

CPF na nota - Nota MT - Mato Grosso

O Programa Nota MT foi criado com o intuito de estimular o hábito de emitir nota fiscal. A cada nota com o seu CPF, você ganha 1 bilhete para o sorteio mensal e outro para o sorteio especial. Saiba que os prêmios podem chegar até R$ 50 mil reais. 

Paraná

CPF na nota - nota paraná

Os paraenses têm também um programa estadual de benefícios para notas com CPFs. Por lá, você consegue acumular pontos e a concorrer prêmios periodicamente, também por sorteios. 

Há também doações para entidades da área de assistência social, saúde, defesa e proteção animal, esportes e cultural.

Rio de janeiro

CPF na nota - nota carioca

Os cariocas também têm uma nota para chamar de sua. No Rio, as vantagens vêm de sorteio. Cada NFS-e vale um número, sorteado periodicamente e divulgado no site próprio da Nota Carioca.

Mas há também descontos, que podem chegar a 100% do valor do IPTU.

Rio Grande do Norte

CPF na nota - nota potiguar

Com a Nota Potiguar, você ganha 0,1% de desconto a cada ponto acumulado por CPF na nota no IPVA, por exemplo, podendo chegar a 10% no ano.

E ainda há a facilidade de poder acompanhar tudo em app próprio para isso. Nele, você consulta quantos pontos você já ganhou, acessa relatórios de despesas e faz reclamações.

São Paulo

CPF na nota - nota fiscal paulista

Em SP, a principal vantagem é o resgate de parte dos valores em notas acumulados ao longo do tempo. O percentual também varia, dependendo do tipo de estabelecimento em que você compra e do ICMS em que cada um paga. 

No site da Sefaz Paulista, é possível ter todo o detalhe do programa e quais são as porcentagens de cada estabelecimento. Lá também você descobre que o limite de resgate é de 7,5% da nota fiscal ou 10 UFESPS (R$ 265,30). Valerá o que for menor. 

PS: a cidade de São Paulo também oferece um programa de vantagens, a Nota do Milhão. Como o seu próprio nome diz, você pode ganhar até 1 milhão de reais! 

Sergipe

CPF na nota - nota da gente

Em Sergipe, as regras do programa de benefícios são bem parecidas com os dos demais estados, sobretudo o do Amazonas, com a diferença que você ganha bilhetes para o sorteio a cada NF-e, independentemente do valor. 

Existem muitos lugares que o CPF na nota ajudar a ter uma renda extra. Por isso, não hesite: se perguntarem, você já sabe!  Além de poder sair ganhando, você ajuda a combater a sonegação fiscal — um grave problema para a economia do nosso país. Então, contamos com você nessa, ok?

Bom, este texto trouxe alguns termos sobre Nota Fiscal que você pode ficar realmente na dúvida sobre a sua definição. Então, que tal um glossário de NFC-e com alguns deles? Sim, no link você encontrará um que te explica os mais comuns. Acesse e confira agora mesmo!

Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários
    1. Ei Iasmin, tudo bem?

      Minas Gerais ainda não tem um programa de CPF na Nota.

      Provavelmente, porque a NFC-e está sendo implementada no Estado ainda.

      De qualquer forma, assim que surgir alguma novidade, atualizaremos o conteúdo 🙂

      Abraços!

  1. Boa noite!! Estou com dificuldades em me inscrever no nota carioca muito burocrático e não é totalmente online tenho que a algum posto de atendimento lamentável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já conhece nosso canal de notícias fiscais no Telegram?
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.