Como emitir notas fiscais no eNotas Emissor por importação de planilha CSV?

Atualizado há mais de 1 semana

Uma das funcionalidades mais importantes da solução da eNotas é a possibilidade de emitir notas fiscais automaticamente, apenas importando uma planilha CSV. Esse processo ajuda muito os infoprodutores que não utilizam uma das plataformas com as quais a eNotas é integrada, permitindo que a emissão aconteça de forma simples e rápida. 

Porém, é muito comum que algumas dúvidas apareçam na hora de importar a planilha e iniciar a emissão. Por isso, preparamos este post para você que quer usar a planilha CSV para emitir notas sem complicação!

Então, vem com a gente e tire todas as suas dúvidas!

O que é a emissão por planilha CSV?

Como você já deve saber, a eNotas possui integração com diversas plataformas, como a Hotmart e a Iugu, para emissão de notas fiscais. Porém, além disso, temos uma funcionalidade voltada para quem não utiliza uma das ferramentas com as quais temos integração. 

A emissão por planilha CSV permite que você importe vendas ou notas fiscais a partir de um arquivo CSV (Planilha Excel). Com isso, você pode emitir facilmente centenas ou milhares de notas fiscais cujos dados estão contidos em um arquivo.

Quem deve usar? 

A funcionalidade pode ser usada por qualquer assinante da eNotas. Porém, é mais indicado para os clientes que não utilizam uma plataforma integrada com o nosso sistema. Algumas pessoas optam por importar tudo diretamente da planilha, onde mantém um controle mais exato sobre as vendas!

Como emitir nota fiscal por planilha CSV? 

Para emitir nota fiscal automaticamente na eNotas por planilha CSV, é necessário seguir alguns passos simples. Por isso, elaboramos aqui um passo a passo para você aprender de uma vez por todas como emitir suas notas com tranquilidade. Confira: 

Passo 1: Baixando modelo

O primeiro passo é baixar o arquivo modelo a partir do próprio importador dentro do eNotas. 

Para isso, acesse o menu Gerenciar -> Apps -> Importador de arquivos e clique em "Clique aqui para baixar o modelo do arquivo CSV".

É importante notar que uma nota fiscal é sempre atrelada a uma venda, portanto, o eNotas gerará as notas fiscais a partir dos dados das vendas contidas no arquivo.

Você pode, também, especificar os dados das notas fiscais atreladas às vendas, como impostos, discriminação de serviço, serviço municipal, etc.

É fundamental manter as colunas do arquivo exatamente como estão no modelo.

Passo 2: Atenção às colunas do modelo de planilha CSV

As colunas das planilhas têm prefixos ligados às informações que vão constar nos campos. Confira quais são: 

Cliente_ 

Dados do cliente (tomador da nota fiscal), como Nome/Razão social, CPF/CNPJ e Endereço.

Venda_

Dados da venda a partir da qual a nota fiscal será emitida.

Produto_

Dados do produto/serviço vendido na venda que está sendo registrada.

Essa informação vai alimentar o seu cadastro de produto. Por isso, você poderá utilizar o produto para preencher futuras notas fiscais similares (mesmo valor, serviço, descrição, etc), simplificando ainda mais o processo nas importações futuras.

NFe_

Dados da nota fiscal a ser emitida a partir da venda. A nota fiscal é emitida a partir dos dados informados nas colunas Venda_ e Produto_ mas você também pode sobrescrever determinadas informações.

Colunas recomendáveis

Além das colunas básicas acima, o modelo de planilha contém alguns campos que recomendamos preencher, para que as suas notas fiscais sejam emitidas com a maior precisão possível.

Grande parte dessas colunas é opcional, porém, as informações são valiosas para se manter sempre em conformidade com o fisco e garantir a autorização das notas sem complicações.

Recomendamos que preencha o documento com formatação para evitar que a coluna fique formatada como número e o seu editor de planilha remova os zeros à esquerda. Veja:

Cliente_NomeRazaoSocial

Nome do cliente ou sua razão social.

Cliente_Documento

CPF ou CNPJ do cliente, contendo apenas os números ou separadores (ponto, vírgula, traço). Também pode conter o documento de identificação do cliente estrangeiro caso ele não seja do Brasil.

Cliente_Email

E-mail do cliente.

Caso a coluna "NFe_EnviarNFeCliente" estiver preenchida com "Sim" a nota fiscal será enviada para este e-mail automaticamente. Por isso, caso não queira que a nota fiscal seja enviada de forma automática para o cliente, se atente para este campo!

Cliente_EnderecoCidade

Nome ou código IBGE da cidade do cliente.

Ex: Belo Horizonte ou 3106200

Cliente_EnderecoUF

Sigla do estado do cliente.

Ex: RJ ou MG

Cliente_EnderecoCEP

CEP do cliente. Somente número ou com formatação, não tem diferença.

Cliente_Endereco

Logradouro do cliente. 

Cliente_EnderecoNumero

Número do endereço.

Cliente_EnderecoBairro

Nome do bairro.

Cliente_EnderecoPais

País do cliente. Caso não seja informado será usado o Brasil por um padrão já definido.

Cliente_TipoPessoa

Tipo de pessoa do cliente. Se ele for pessoa física, informe F; se for pessoa jurídica, informe J. Caso não seja informado será usado F por padrão.

Produto_Nome

Nome do produto ou serviço vendido. Por padrão, o nome do produto é utilizado como discriminação de serviço da nota fiscal. Você pode especificar uma discriminação personalizada no campo "NFe_Discriminacao".

Uma boa sugestão é especificar o nome do serviço/produto corretamente para o seu cadastro de produto ficar organizado e poder ser reutilizado nas eventuais emissões manuais. Você poderá definir modelos de nota diferentes por produto.

Ex: Serviço de contabilidade.

Venda_ValorTotal

Valor da venda. Também será usado como valor da nota fiscal caso a coluna "NFe_ValorTotal" não seja preenchida.

Venda_Data

A data em que a venda ocorreu. Também será usada como data de competência da nota fiscal caso a coluna "NFe_DataCompetencia" não seja preenchida.

O ideal é que a coluna esteja com o formato texto no editor de planilha e a data seja informada no formato DD/MM/AAAA (ex: 17/02/2018). Se a coluna estiver com formato de data, atente-se para usar um formato brasileiro, como o citado anteriormente.

NFe_Discriminacao

Discriminação de serviço da nota fiscal. Será utilizado o valor da coluna "Produto_Nome" caso não seja informado nenhum valor nesta coluna. Em alguns casosa, adiscriminação precisa ser mais completa do que apenas o nome do produto. Nessa situação, é ideal  especificar aqui os detalhes.

Além disso, não é preciso incluir o valor aproximado dos impostos! O eNotas já vai incluir essa informação automaticamente por meio do cadastro da empresa na nossa plataforma. 

Ex: Serviço de contabilidade - Fatura 9314 - Competências 01 a 03/2018

Passo 3: Importando o arquivo 

Agora que você já conheceu, entendeu e configurou cada campo da planilha CSV, é hora de fazer a importação do arquivo no nosso sistema!

Recomendamos verificar novamente cada coluna, para que garantir que todas as informações estão corretas e preenchidas de acordo com as configurações necessárias. 

Agora, confira como importar a planilha CSV no eNotas: 

1 - Vá na aba Gerenciar -> Apps  

Insert Image

2 - Execute o Importador de vendas  

3 - Arraste o arquivo com as vendas pra dentro da área pontilhada ou informe o caminho onde ele se encontra.

  • Caso ainda não tenha o modelo do arquivo CSV aceito pelo eNotas, nessa tela é possível baixá-lo clicando em “Clique aqui para baixar o modelo do arquivo CSV.”

 

O eNotas vai realizar várias validações e mostrará mensagens de erro, caso haja algum problema no arquivo.

Após as validações, o eNotas exibirá uma prévia para que você possa validar, antes de dar sequência à importação definitiva.

4 - Após visualizar e filtrar os dados que serão importados, prossiga clicando em Continuar 

5 - Escolha como suas notas fiscais devem ser emitidas 

6 - Será exibido um resumo do comportamento da importação

 

Essa etapa requer atenção! Depois de clicar em Importar, o processo será consolidado e não há mais volta. Por isso, fique de olho nos dados da planilha! 

7 - Acompanhe o processo de importação através de sua área de notificação

Ressaltamos ainda que algumas situações podem acontecer durante a importação! Se você tiver alguma dúvida, confira as observações abaixo:

  • Se você não quis emitir as notas no momento da importação ou na garantia no passo 5, é preciso selecionar quais vendas deseja emitir manualmente. Veja como fazer isso nesse artigo.
  • Algumas opções no passo 5 da importação, como Data da venda, Data da garantia, Data competência, podem não estar disponíveis caso falte alguma dessas informações na planilha.
  • Caso retorne algum erro durante a validação no passo 3, corrija no arquivo o que foi informado e tente novamente.

Hora de importar sua planilha! 

A emissão de notas fiscais de forma automática é um processo que poupa tempo e esforço. Com a opção de importar suas vendas no eNotas por meio de uma planilha, você não precisa se preocupar se não usa uma plataforma integrada com o nosso sistema, ou se prefere utilizar a planilha! 

Esperamos que com este post, você tenha tirado todas as suas dúvidas sobre o processo de importação de planilhas CSV no eNotas! Emitir notas fiscais automaticamente com este recurso é muito fácil. não é? 

Se você gostou deste post, continue com a gente por aqui e descubra mais sobre a facilidade de emitir notas fiscais automaticamente. 

 

 

Jornalista, escritora e pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.