O que são Pixels de rastreamento e como escalar o seu negócio com eles

Atualizado há mais de 1 semana

No marketing, existem muitos termos e não é raro alguns causarem confusão. Seja por falta de conhecimento mesmo ou por serem similares a outros. Por exemplo, o pixel de rastreamento.

Popularmente, o pixel é aquele ponto luminoso responsável por formar uma imagem na tela do celular, tablet, TV, computador… enfim.

Mas será que se aplica também ao marketing? De onde vem esse tal de rastreamento?

Dúvidas justas que serão sanadas agora!

O que é um pixel de rastreamento?

O pixel de rastreamento é um gerenciador de campanhas que analisa o desempenho de um conteúdo impulsionado.

Tecnicamente falando, é um código JavaScript implementado na página da publicação que acompanha todas as ações de um lead e que envolvem a empresa envolvida na campanha.

Graças a esse rastreamento, é possível fazer o retargeting no lead pela plataforma que ela usa, sejam as redes sociais ou o próprio Google.

Então, sim: em cada plataforma em que se é possível anunciar, existe um pixel de rastreamento próprio, como o Facebook e o Google, como já dito.

Na prática, quando uma pessoa acessa uma ecommerce, por exemplo, esse código é ativado e começa a “orientar” os anúncios certos para a pessoa, de acordo com a jornada que teve no site.

Por exemplo, quando a pessoa acessa um site de camisas, independente de sua compra, o pixel de rastreamento analisa o comportamento dela e vai orientando os anúncios no Facebook ou Google conforme isso.

Quando a pessoa utilizar uma dessas plataformas, serão mostrados mais anúncios. Isso acontece com todos com certa frequência.

Mais que isso, o pixel de rastreamento não só faz esse trabalho de retargeting, como dá as devidas orientações ao anunciante. É possível mapear toda a jornada que o consumidor fez desde o seu primeiro contato com a empresa.

Por que usar pixels de rastreamento no marketing digital?

Existem alguns motivos e o principal deles é: saber quem é o seu público-alvo.

Porque o pixel não apenas rastreia o lead. Ele o conhece de ponta a ponta, desde a sua idade, gênero, gosto e demais informações que a pessoa permite compartilhar.

E, claro, o próprio comportamento que um usuário tem diante um anúncio, podendo analisar se o ads é bem direcionado e se performa bem.

Portanto, não é difícil imaginar que o uso do pixel de rastreamento é fundamental para a empresa só por isso.

Mas tem mais: a conversão do lead para consumidor, de fato, tem participação direta do pixel de rastreamento.

Como configurar um pixel de rastreamento?

Esse é um passo que depende muito da plataforma na qual você performará.

Essas plataformas, como você já viu, é onde você faz uma publicação que será impulsionada.

Ainda que você tenha lido “um código de JavaScript” ainda há pouco, não é nada “sobrenatural” lidar com isso.

Claro que a ajuda de um especialista sempre será bem-vinda.

3 exemplos de pixel de rastreamento

Como viu, existe pixel de rastreamento para toda plataforma de anúncio. Conheça algumas.

Facebook

Pode-se entender, depois dessa leitura, que o pixel de rastreamento do Facebook permite entender como uma determinada campanha performa na rede social, não é?

Todo o processo de instalação do pixel de rastreamento é feito no Gerenciador de Anúncios do Facebook.

Se quiser fazer o processo manualmente, clique em Criar Anúncio, Ferramentas e Criar Pixel.

Depois de ter o código, você poderá instalá-lo em seu site.

Para isso, você precisará acessar o editor do site — como o WordPress — e acima de <head>, cole o código.

Então, clique em continuar. Você terá as opções de ativar a correspondência avançada automática e adicionar eventos logo depois.

Você pode ainda fazer integração de parceiros, acessando o Gerenciador de Eventos. Lá você selecionará o pixel de rastreamento, configurar o pixel e, então, usar parceiro. Você terá uma lista de opções e seguirá as instruções da tela.

A terceira forma de instalar o pixel do Facebook, é por instrução por email, para os casos quando uma outra pessoa atualiza o pixel de rastreamento do seu site.

No mesmo Gerenciador de Eventos, selecione o pixel, configurar o pixel e clique em enviar as configurações por email.

Indique o endereço da pessoa que realiza a sua atualização e envie.

Google

A ferramenta de gerenciamento de anúncio do Google é o Ads. Por lá, você pode instalar o pixel de rastreamento da seguinte forma;

·         Clique no ícone de ferramenta;

·         Vá em Biblioteca Compartilhada e depois Gerenciador de públicos-alvos;

·         Na barra esquerda, você encontrará Origens de Público-Alvo. Nesse momento, você encontrará uma série de origens, em que é possível criar o retargeting;

·         Configure Tag em tag do Google Ads;

·         Nesse momento, você terá a opção de editar a origem, caso já tenha configurado a Tag. É só clicar nos três pontos no canto direito superior.

·         Se não, você poderá fazer escolhas padrão ou realizar parâmetros específicos com base na experiência do usuário;

·         Feito esse passo, salve e continue.

A partir daí, você terá o código e poderá usá-lo ou mandá-lo para a pessoa que configura seu site.

Hotmart

A maior plataforma de afiliados do Brasil tem também o seu próprio pixel de rastreamento. A Hotmart tem essa funcionalidade voltada para produtores e afiliados.

Na plataforma, além de conseguir usar pixel de rastreamentos de outras plataformas, como o Facebook e o Google, você ainda pode:

1.   Desabilitar o pixel da thank you page;

2.   Personalizar o valor de comissão a cada pagamento;

3.   Desabilitar conversões por boletos;

4.   Tirar o registro de valor da comissão pelo próprio Pixel.

Ter um pixel de rastreamento em uma campanha de marketing é mais do que indicado: é fundamental.

Sem ela, você simplesmente perde informações que ajudam a entender o comportamento de seu público-alvo.

Pior: sem o código de pixel você pode simplesmente não saber quem é o seu público. Sem ele, definitivamente você não tem uma campanha de marketing.

Por isso, é primordial que você tenha sistemas que ajudem a automatizar processos, como um emissor de notas.

Quem está na área de conversão de vendas, sabe que essa parte é importante para a empresa como um todo.

Sem uma emissão eficiente, você pode comprometer as finanças da companhia e afetar sua saúde financeira.

Por isso, conheça o Emissor da eNotas. Confira como ele pode ser um impulsionador do seu negócio. 

Head de Marketing na eNotas

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.