Product Market Fit: por que conhecer para vender mais?

O universo das tecnologias e das empresas Softwares as Serviço (SaaS) é repleto de termos que algumas pessoas desconhecem. Contudo, muitos deles são essenciais para a obtenção de resultados positivos, como o Product Market Fit.

Se você é um empreendedor antenado com as novidades do mercado, provavelmente, já deve ter ouvido esse termo em uma conversa com outros profissionais ou leu artigos sobre o assunto.

Nessas horas, é preciso ir além do básico e não apenas conhecer o significado de Product Market Fit. Na verdade, é necessário saber reconhecê-lo e compreender a sua importância.

Este post vai te ajudar a entender mais sobre esse tópico. Veja a seguir.

O que é Product Market Fit?

Existem inúmeras formas de definir esse termo. Porém, Marc Andressen afirma que “Product Market Fit significa estar em um bom mercado com um produto que satisfaça as suas exigências”.

Além disso, é possível explicar o seu significado quando as pessoas estão dispostas a pagar pelos seus serviços, pois as suas rotinas são otimizadas.

Ainda existe uma regra que diz que o Product Market Fit pode ser entendido como a realização de 10 vendas para clientes desconhecidos, que não têm vínculo com o seu negócio. Como existem inúmeras variáveis, não há como definir um padrão.

Porém, o Product Market Fit mostra que você atrai clientes com naturalidade, sem precisar realizar grandes investimentos em marketing. 

Como saber se ele foi alcançado?

Identificar o Product Market Fit na gestão SaaS é um ponto fundamental em sua jornada. Abaixo, listamos alguns indícios que você não deve deixar de lado:

Receber feedbacks positivos

Quem não gosta de ser elogiado espontaneamente, certo? Sinais positivos mostram que as funcionalidades de sua ferramenta agregam valor às operações dos consumidores. Por isso, fique atento aos seus canais de comunicação e escute o que todos dizem sobre a sua marca.

Analise os feedbacks recebidos e veja o quão positivos eles são. Além disso, veja se as suas publicações têm comentários com marcações de clientes para amigos e colegas de trabalho. Todas essas situações são favoráveis ao seu negócio.

Ter facilidade para vender

Atrair leads e convertê-los em clientes nem sempre é uma tarefa fácil. Contudo, uma gestão que alcançou o Product Market Fit não precisa realizar grandes esforços nessas horas. Ao apresentar um produto eficiente e de qualidade ao mercado, como a emissão automática de notas fiscais eletrônicas de serviço, é possível solucionar uma dor e melhorar a performance dos consumidores.

Portanto, se você não encontra barreiras para fechar negócios, saiba que a análise do Product Market Fit pode ser uma necessidade.

Quais são as melhores dicas para alcançá-lo?

Até o momento, você descobriu o que é o Product Market Fit e já sabe identificá-lo. Agora, você vai ficar por dentro de algumas dicas que não podem faltar em sua rotina de trabalho:

Entender as demandas do presente e do futuro

Essa dica parece simples, mas é um diferencial para se destacar e obter o Product Market Fit. A maioria dos empreendedores se preocupa com as dores atuais dos clientes, mas nem todas as empresas dão atenção para o que está por vir.

Desse modo, entenda muito bem o que os seus consumidores querem e veja com a sua ferramenta soluciona essas questões. Não deixe de acompanhar o que está acontecendo e desenvolva uma relação de confiança com o mercado, pensando sempre no futuro.

E não se esqueça das renovações de assinaturas. Se você enfrenta dificuldades para manter o número de clientes, comece a se preocupar e encontre os principais gargalos de suas soluções.  

Uma solução inteligente que automatiza emissão de notas fiscais, por exemplo, antecipa as alterações fiscais que vão acontecer e não deixa que os seus usuários se preocupem com burocracias.

Ter foco

Ao ter a postura indicada no tópico anterior, você obtê informações para tomar decisões mais precisas. Antes de se planejar, é necessário encontrar a principal dor do mercado. De nada adianta, ter um software com uma interface interativa se ela não é objetiva ou não resolve aquilo o que realmente importa.

É possível começar a sua análise a partir do ponto em que os seus concorrentes falham. Assim sendo, você encurta o caminho até o Product Market Fit. E não se preocupe em oferecer o melhor produto ao mercado inicialmente. O seu software pode não ser a mais completa nessas horas, desde que ela seja eficiente nas questões mais importantes.

Escutar os clientes

A famosa frase “o cliente sempre tem razão” é bem conhecida no mercado, não é mesmo? A partir dela, é possível descobrir se você está próximo ou não do Product Market Fit. E uma empresa que tem clientes recomendando e elogiando a sua solução, provavelmente, está no caminho certo.

Portanto, não hesite em escutar o que os seus consumidores têm a dizer. Faça ligações e envie emails para descobrir a opinião de cada um deles — apenas tome cuidado com os spams.

Não se esqueça de realizar conversas presenciais também. Elas o ajudam a entender melhor o que eles pensam. Nessas horas, as feiras, os congressos, as palestras e os workshops ampliam o seu campo de atuação. Portanto, não deixe de participar desses eventos.

Monitorar a taxa de churn

A taxa de churn é uma métrica SaaS que indica o total de clientes que cancelaram as assinaturas dos serviços da sua gestão em um determinado período. Ela pode ser calculada a partir da divisão entre o total de clientes e a quantidade de cancelamentos no tempo em análise.

Se a taxa de churn está em alta, há algo de errado, pois os consumidores não estão satisfeitos com aquilo que você oferece. Em contrapartida, a redução da taxa de churn mostra que você disponibiliza uma solução adequada às demandas do mercado.

Em um primeiro momento, pode ser complicado manter a taxa de churn baixa, porém, com o passar do tempo, você se encontra e ela tende a diminuir espontaneamente

Não cair em armadilhas

Quando uma solução começa a obter bons resultados, é muito comum surgir um obstáculo em seu caminho: um grande parceiro que exige inúmeras mudanças no produto.

Empreendedores despreparados acreditam que estão diante de uma oportunidade única, que pode mudar o rumo do negócio. Contudo, é essencial ter muita atenção. Em muitos casos, você direciona todos os seus recursos e esforços para solucionar esse problema, mas acaba construindo uma solução que só atende a um determinado cliente.

Em outras palavras, você não consegue atender às demandas do mercado, pois desenvolveu algo específico demais.

Portanto, não caia nessa armadilha. Analise muito bem os seus objetivos e todas as condições antes de fechar qualquer contrato.

O mercado das tecnologias, como as startups e os Softwares como Solução (Saas), é dinâmico e volátil. Uma empresa bem sucedida no momento pode perder espaço para um concorrente em um curto período. Por isso, é fundamental se preparar, a fim de evitar essas situações. 

Conclusão

O conceito de Product Market Fit é algo que nunca pode sair do seu foco. Ele indica quando a sua ferramenta agrada ao mercado e consegue atrair clientes por conta própria. Em outras palavras, uma empresa que alcançou o Product Market Fit não precisa se esforçar na hora de realizar vendas, já que elas acontecem naturalmente. Tenha em mente de que é fundamental se preocupar com a emissão de NFS-e para SaaS também. 

E então, o que você achou do nosso post? Gostaria de aprender ainda mais sobre sobre as novidades do mercado e as suas tendências de consumo? Basta assinar a nossa newsletter e receber conteúdos valiosos em primeira mão.

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>