quanto é possível faturar como mei
NEGÓCIOS

Quanto é possível faturar como MEI?

Atualizado há mais de 1 semana
Insert Content Template or Symbol

Sabemos que no Brasil existe um forte desejo de se empreender em grande parte da população.  Para dar início a este sonho, muitos veem o MEI como uma excelente porta de entrada.

É por isso que vamos abordar todos os detalhes sobre este tema aqui e tentar abrir a sua cabeça de uma vez sobre essa história de faturamento. Prepare-se para imergir nos seguintes tópicos:

  • O que é MEI?;
  • Benefícios de ser MEI;
  • Desvantagens do MEI;
  • Quanto é possível faturar sendo MEI?;
  • Estratégias para crescer como MEI;


O que é MEI?

MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica para profissionais autônomos, com diversos benefícios.

Ele se direciona principalmente a facilitar iniciativas empreendedoras e maturar negócios antes de tornar-se uma microempresa de fato.

Os benefícios do MEI atingem, além da empresa, a pessoa que se declara como tal, que passa a possuir maior facilidade no pedido de empréstimos, na abertura de conta bancária, na emissão de notas fiscais, entre outros benefícios e também deveres que passa a ter.

Assim, este modelo de negócio atua fortemente na inclusão social, promovendo que muitos trabalhadores autônomos, antes sem nenhuma regularização, se regularizassem e passassem a possuir todos os direitos citados e mais alguns que vamos elencar a seguir.

Benefícios de ser MEI

Os benefícios que se adquire ao se tornar MEI são:

  • Facilidade de abertura de conta;
  • Empréstimos exclusivos;
  • Emissão de nota fiscal;
  • Contribuição para a previdência social;
  • Isenção de alguns impostos pagos por outras categorias de empresas;
  • Direito à licença maternidade e afastamento por doença;
  • Economia de gastos com contabilidade.

Desvantagens do MEI

Mas como nem tudo são flores, ser MEI também possui desvantagens.

Aqui abordaremos a principal delas: limitar o crescimento do seu negócio.

Isso ocorre pois, devido às diversas vantagens do programa, já citadas até aqui, pode-se acabar, propositalmente ou não, impedindo o negócio de crescer para não deixar de se enquadrar nos requisitos do MEI.

Entre eles está por exemplo a regra de que o MEI pode ter apenas um empregado, dessa maneira, você precisa abrir mão de mais mão de obra, o que poderia gerar um maior faturamento, simplesmente para continuar sendo MEI.

A outra desvantagem está justamente neste ponto: o faturamento. Mas este quesito, que inclusive intitula nosso artigo, merece um tópico só pra ele. Veja a seguir!

Quanto é possível faturar sendo MEI?

Obviamente, toda pessoa que dá início a um empreendimento sonha em ver a sua empresa crescer e, nesse processo, o MEI aparece como um grande aliado, dando um pontapé inicial.

Porém, à medida que o negócio cresce, o cadastro como MEI que o ajudou pode acabar atrapalhando. Isto porque, para se enquadrar como MEI, o negócio precisa ter um faturamento anual inferior a R$81.000,00, o que resulta em cerca de R$6.750,00 mensais.

E quando a empresa está no limiar entre receber isso ou não, é preciso fazer a escolha de se continuar produzindo, faturando e lucrando em uma proporção que irá superar este valor, ou diminuir os investimentos para conter estes investimentos.

Você pode pensar que não haveria motivos para escolher a segunda opção, porém, lembra de todos os benefícios que eu citei anteriormente? Caso o faturamento supere os 81 mil reais, todos serão perdidos. Por isso muitos Microempreendedores Individuais acabam desacelerando o seu crescimento de propósito.

Sendo assim, queremos que você tenha em mente que cada caso é um caso, vale analisar bem a situação em questão, porém, no geral, chega a ser injusto com o seu sonho e com seu esforço para fazer seu negócio chegar até aqui, que você o freie neste momento por questões burocráticas.

Esta é uma mentalidade que você deve ter se deseja o crescimento: pagar impostos não é uma coisa ruim, é uma consequência de uma coisa boa (dinheiro entrando).

E outra é que, a fase seguinte sempre será mais desafiadora do que a anterior, porém você estará mais preparado para lidar com situações diferentes e processos complexos.

Por isso, o nosso conselho para você é: não tenha medo de crescer!

18 principais perguntas sobre nota fiscal eletronica
Ebook: As 18 principais perguntas sobre nota fiscal eletrônica



Estratégias para crescer como MEI

Você é um dos 56% dos brasileiros que foram citados no início do artigo e, assim como eles, possui o desejo de empreender?

Muitos são os motivos que levam as pessoas a terem este sonho. Independência financeira, ganhos altos, ser seu próprio chefe e flexibilidade de horários, são alguns dos motivos mais recorrentes.

Mas, independente de qual for a sua motivação, quando se decide empreender, deve-se mergulhar de cabeça nisso. Espero que tenha ficado claro no tópico anterior que você deve almejar sempre o seu crescimento e nunca impor limites a ele.

Aqui acrescento: não existe uma empresa “ficar estagnada” no mercado de trabalho. Isto porque o mercado de trabalho é um mecanismo dinâmico em constante movimento. Então, se uma empresa, ou um MEI, está parado, na verdade ele está retrocedendo e perdendo lugar.

Sendo assim, vamos entender quais devem ser suas estratégias para crescer enquanto MEI, até tornar-se uma Microempresa.

Use este momento para aprender

Sabemos que, quando se está começando um novo negócio, existe uma pressão social muito grande na questão de “dar certo”.

Porém, antes disso, você deve ter a mentalidade de que, este é o momento mais propício para se errar rápido e errar pequeno.

Como MEI, você tem a chance de testar vários modelos de negócios e nichos de mercado de maneira rápida e econômica, tirando aprendizado dessas experiências e encontrando o melhor modelo para a sua empresa.

Foque nas finanças

Do empreendedor de sucesso ao MEI que dá certo, uma coisa é lei: eles dominam completamente tudo o que gira em torno de suas finanças.

Antes mesmo de dar início a sua empresa, é preciso estudar para entender os custos pertinentes ao negócio, aprender a realizar a precificação de produtos e serviços e utilizar de métricas e conceitos financeiros que tendem a agregar muito na sua estratégia e posicionamento de mercado.

Por isso, aprenda gestão financeira e análise de investimentos o quanto antes!

Comece logo!

Apesar de o estudo e o preparo serem extremamente importantes, existem coisas que só podem ser compreendidas e aprofundadas na prática.

Por isso, se você já estudou e sente que possui o conhecimento necessário para começar o seu negócio, por que ainda não começou?

O medo de dar errado e do julgamento das pessoas são super naturais e mexem com o nosso orgulho, porém, não podemos permitir que o nosso ego nos paralise diante das situações.

Somente superando o ego e o comodismo é que se torna possível construir uma vida memorável.


*Publicação produzida em parceria com a Voitto.

Parceiro eNotas
Conteúdo produzido por um dos parceiros da eNotas. Quer participar do nosso programa de parcerias? Então, envie a sua proposta para [email protected] :)
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email.
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.