9 maiores erros de afiliados que atrapalham a sua estratégia

Não é de hoje que o marketing de afiliados atrai muitos adeptos. Isso porque, certamente, essa é uma das maneiras mais rápidas e baratas para se ganhar dinheiro na internet.

E por ser assim tão atrativa, muitos erros de afiliados são cometidos, sobretudo por aqueles menos experientes. Ainda que seja até mesmo uma forma de aprendizado, essas falhas podem atrapalhar muito o empreendedor, principalmente em termos de motivação para continuar investindo nesse mercado.

Por isso, dicas são sempre valiosas! Seja de quem já cometeu muitos erros ou de quem estuda a fundo as mais diversas estratégias de marketing.

Mas, espera... o que é marketing de afiliados?

Bom, o primeiro erro que se pode cometer é não saber do que se trata o termo “marketing de afiliados”, certo?

Claro que, se você está nesse post, deve saber do que se trata, mas nunca é demais uma explicação para que todas as dúvidas sejam sanadas.

O termo define uma parceria em que uma pessoa, no caso o afiliado, divulga determinado produto ou serviço de uma empresa.

Os afiliados ganham comissões por vendas, cadastros ou cliques gerados para a empresa parceira. Normalmente a divulgação ocorre por meio de links exclusivos que são fornecidos a cada um dos afiliados.

Essas pessoas, geralmente, possuem sites próprios e certa experiência na internet. Mas, achar que só isso basta e deixar o aprendizado constante de lado torna mais fácil o surgimento de erros de afiliados.

Ainda que existam sites que ofereçam suporte para afiliados, como a Hotmart e a Monetizze, muita gente peca na hora de fazer essas ações de marketing e jogam por água abaixo uma baita oportunidade de ganhar dinheiro.

Então, encontre agora neste post algumas dicas que farão você se livrar de muitas falhas e ter mais assertividades em sua jornada.

1. Falta de foco em um produto

O famoso “vai com calma”. No marketing de afiliados, mais produtos não necessariamente significa mais vendas.

Para que você consiga vender algo na internet, é fundamental que se conheça o que está vendendo. E nesse caso, quanto mais você divide sua atenção entre vários produtos, menos você sabe de cada um.

Você precisa de autoridade sobre o que fala. Por isso, comece com poucos produtos (se possível apenas um), vá ganhando conhecimento e experiência e aí sim experimente mais. Mas só agregue quando tiver certeza de que conhece mesmo aquilo que vai divulgar!

2. Falta de foco... no trabalho!

Sim, foco sempre é importante, independentemente do que você faz. E claro que esquecer dele sempre será um pecado grave e um dos principais erros de afiliados que se pode cometer.

E esse caso está diretamente relacionado a coisas como a procrastinação e outros problemas de produtividade.

Aqui, a distração não pode ter vez! Se você tem uma ideia para vender mais, aja para aplicá-la logo! Estude, motive-se e vá em frente. Caso apareça algo diferente em suas redes sociais que você ache interessante, só dê atenção se for algo que agregue ou então ignore!

3. Escolha errada de produto

Se o foco é trabalhar inicialmente em apenas um produto, escolha direito!

Aqui, a dica é não ir por produtos que sejam tendências, mas sim, com aqueles que tenham mais a cara do seu público.

Também, outro erro de afiliados é escolher algo que você desconhece por completo! Por mais que estude – aliás, faça isso sempre – dificilmente você terá uma autonomia boa para agregar valor aquilo que você não conhecia.

Por isso, escolha sempre algo que você tenha aptidão e conhecimento!

4. Conteúdo sem qualidade!

Regra obrigatória do Marketing Digital: produza com qualidade! Sem isso, você dificilmente conseguirá ter sucesso. Em qualquer coisa que faça.

Por isso, esteja sempre atento às novidades que a web oferece, faça cursos, tome cuidado com os erros de gramática e tente melhorar sempre no que faz.

É importante que você crie materiais extremamente ricos para demonstrar mais autoridade ao divulgar algum produto.

Assim, além de conseguir engajar mais pessoas ao seu conteúdo, poderá chamar atenção de mais empreendedores. Por isso: primor sempre!

5. Ignorar as métricas

Mais um daqueles conselhos que não precisaria ser dado, mas ainda é cometido por muita gente nova na internet!

Elas podem ser aquelas famosas siglas como CTR, ROI, KPI, CPC e LTV ou termos como Ticket-Médio, Taxa de Conversão, Visitas Únicas, Tempo Gasto no Site... enfim!

Por mais complexas que elas possam ser, não conhecê-las já é um dos erros de afiliados mais graves que se pode cometer. E ignorá-las é fatal a qualquer estratégia!

Ter um acompanhamento de todos esses mecanismos te ajuda a saber se o que você está fazendo tem dado resultado. Aliás, se inicialmente você não alcançar retornos positivos (algo bem comum), serão essas métricas que irão lhe dar pistas sobre o que você pode estar errando!

Se você acredita que não possui uma boa expertise nessas métricas, não perca tempo e vá logo se aprimorar. O que não faltam são cursos on-line que te permitem conhecer cada uma dessas medidas. Não existe estratégia de marketing que não precise delas!

6. Não realizar testes A/B

“Teste A/B” poderia ser apenas mais um termo como aqueles que você leu acima. Porém, essa é uma estratégia tão importante que merece um tópico dedicado a ela.

Uma explicação rápida do conceito: um teste A/B é realizado com o objetivo de comparar as mais diversas variáveis envolvidas em uma estratégia de marketing. Ele te ajuda a definir qual variável gera melhor retorno para a sua estratégia.

Você pode usar em CTA’s, formatos de páginas, títulos de e-mail... E, com eles, saber quais são as formas mais assertivas de otimizar a sua taxa de conversão.

Realizar esses testes, por tanto, é fundamental para escolher “um melhor caminho” na hora de divulgar um produto!

7. Não emitir nota fiscal

Um outro erro de afiliado comum. E bem grave. Sabemos o quão complexo é o sistema tributário no Brasil. Além disso, a receita federal tem apertado para aqueles que insistem em não gerar notas fiscais sobre o serviço que prestam.

Por isso, emita sempre. Porém, essa nota deve ser emitida em nome do produtor digital para o qual você prestou serviço. “Ah, claro! Isso é óbvio! Qual a novidade disso?”.

Bom, não é bem uma novidade, mas aqui mora um perigo muito comum para quem é afiliado por meio de plataformas como a Hotmart: emitir nota para a plataforma e não para o produtor.

É um erro comum porque o pagamento é realizado pela plataforma. Pode parecer, em um primeiro momento, que é o mais certo, mas não é!

Quem comprou seu serviço, de fato, é o produtor digital e não a plataforma. E sim, se você fez 20 vendas em um mês, para 20 produtores diferentes, você precisa emitir 20 notas fiscais diferentes.

É realmente um assunto complexo, mas em alguns posts mais detalhados – como este –, você pode sanar qualquer dúvida.

8. Falsas promessas

Certamente você já se irritou com um conteúdo que surge em algum site, em forma de anúncio, que promete uma fórmula mágica para, por exemplo, ganhar dinheiro. E se você se irrita, qualquer pessoa também pode, não é mesmo?

“Veja como Atriz X perdeu 40kg em um mês”, “Aprenda agora como ganhar dobrar as suas vendas em apenas um uma semana”. Esses dois exemplo são, geralmente, enganosos e que tenta ludibriar um leitor menos atento. É uma prática errada e de certa forma... imoral! Não acha?

Você pode explanar que o produto é incrível, que ele realmente pode significar algo de positivo na vida de uma pessoa. Mas, não prometa céus e terras.

9. Evite erros de afiliados conhecendo todos os termos do marketing!

Como você já leu neste texto, o marketing digital é repleto de conceitos que não podem ser ignorados.

E para evitar erros de afiliados básicos que se relacionam a algum termo, por que não um glossário?

Nesse post, você encontrará os principais termos que toda pessoa que lida com estratégias de marketing deve conhecer. Não erre nisso!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>