co-marketing
Sem categoria

O que é co-marketing e como colocar em prática?

Atualizado há mais de 3 semanas

Co-marketing é uma estratégia usada para criação de uma campanha em conjunto com outra empresa que tenha o público-alvo parecido com o seu.

A ideia central do marketing compartilhado é a união de forças para criar um conteúdo que atinja uma mesma audiência. Essa tática é usada para economizar no desenvolvimento de materiais, produzir conteúdos ricos, aumentar o brand awareness e gerar mais leads para ambas os lados.

Uma parceria bem traçada e executada traz vários benefícios para um empreendimento. Contudo, é necessário tomar certos cuidados antes de tomar qualquer decisão. Neste post, você aprenderá os benefícios e também entenderá como fazer um co-marketing de sucesso.

A definição de co-marketing

Co-marketing é o marketing compartilhado com outra empresa, ou seja, a junção de táticas e de esforços para criação de um ebook ou de um vídeo, por exemplo, em parceria com outro empreendimento para que ambos sejam beneficiados.

Para que isso dê certo, é preciso que o público-alvo seja o mesmo nos dois negócios. Ou que haja, pelo menos, alguma semelhança de interesse.

O objetivo principal é a exposição das duas marcas para a audiência em comum, de modo que todos ganhem e compartilhem dos resultados que as ações trouxerem.

As vantagens de uma parceria de co-marketing  

Ter boas parcerias de co-marketing ajudam a empresa a produzir conteúdos melhores, além disso, a educar a base de leads com eficiência.

A realização de webinários e a criação conjunta de materiais ricos, como ebooks e guests posts, potencializam o alcance da marca e nutrem o público-alvo dos empreendimentos envolvidos.

Um ponto fundamental desse tipo de coparticipação é a redução de custos e de tempo com a criação e a divulgação dos conteúdos. Uma vez que serão duas empresas envolvidas nos processos.

Outra vantagem é o aumento da base de clientes. Quando dois empreendimentos se unem em uma parceria de marketing, o público de ambas é compartilhado.

Quem faz gestão de academia, por exemplo, pode combinar a criação de posts para o blog ou a realização de um curso online com um influencer do mundo fitness. Desse modo, os seguidores do influenciador conhecerão a marca e aceitarão com maior facilidade os seus serviços e produtos.

Da mesma forma, o influenciador digital ganhará maior alcance e ficará mais conhecido no mercado.

 Todos os empreendimentos podem investir nessa estratégia. Não importa se você é um grande produtor de conteúdo ou se ainda tem apenas 10 clientes: um co-marketing feito entre parceiros que se encontram no mesmo nível de maturidade comercial é muito bem-vido.

 É importante lembrar que essa estratégia deve ser feita com parceiros que tenham produtos complementares, que não sejam concorrentes diretos.

As melhores dicas para fazer um bom co-marketing

Agora que você conhece o co-marketing e os benefícios que essa estratégia pode levar ao seu negócio, é comum que esteja se perguntando como colocar em prática e por onde começar. E é exatamente isso que você aprenderá a seguir.

Selecione cuidadosamente o parceiro

Ao buscar por uma parceria para o seu projeto ou avaliar um convite, é necessário verificar diversos aspectos para garantir que a divulgação favorecerá as duas empresas.

Os primeiros pontos de análise devem ser a audiência e o reconhecimento no mercado. Procure sempre por empreendimentos que tenham influência ou tráfego parecidos ou superior ao seu. Com isso, todos saem ganhando.

Para realizar essa análise, você pode utilizar ferramentas como o Semrush, que permitem investigar o tráfego de sites e de blogs, por exemplo.

Analise o público-alvo

Verifique se os leads e os clientes do parceiro possam se interessar pelo seu produto ou seu serviço. Converse com a equipe da outra empresa e entenda melhor os comportamentos de suas personas.

Caso os públicos sejam diferentes, a parceria será em vão, já que as pessoas alcançadas terão menor interesse na sua marca.

Faça um planejamento

Com as campanhas feitas só por uma empresa já é necessário organizar a rotina e cumprir prazos. Agora imagine quando isso é feito com negócios que possuem prioridades e rotinas diferentes. Nesse caso, o planejamento é essencial para que tudo funcione corretamente.

Alinhe as informações e os objetivos com todos os setores do seu negócio e da empresa parceira. Defina prazos de execução das tarefas de acordo com a necessidade de ambos e os siga fielmente.

Atente-se à todas as etapas de uma campanha de marketing, como:

  • planejamento;
  • objetivo;
  • definição do conteúdo;
  • produção do conteúdo;
  • criação de landing page;
  • disparo de emails;
  • divulgação em redes sociais.

Crie a campanha pensando no cliente

Lembrar-se de que o foco da sua campanha está no cliente é essencial para que a estratégia usada seja objetiva.

Ao planejar o seu conteúdo, pense na sensação que será transmitida ao leitor, e como a sua solução o satisfará. Outro ponto essencial é pensar na dor do lead e como o seu projeto o ajudará.

As perguntas abaixo podem te ajudar a entender isso melhor:

  • Quais são as marcas que os seus clientes gostam e interagem?
  • Quais são as empresas que podem agregar valor à sua?
  • Quais são os produtos que podem complementar o seu?

Não deixe de lado a cultura da empresa

A cultura e missão da empresa não devem ser deixadas de lado em nenhuma campanha, pois são os conceitos o que representam e qualificam a marca diante do mercado.

Em todas as etapas do co-marketing, é interessante analisar se a cultura do parceiro é compatível com a sua, para que nenhuma das duas tenham que abrir mão das suas características.

Leia os conteúdos que já foram criados pela outra empresa e os compare com os seus. Verifique o engajamento e os comentários da audiência. Isso te ajudará a entender o valor e os conceitos do outro empreendedor.

Verifique se a parceria é de ganha-ganha

Parcerias de co-marketing têm a função de ser colaborativas e levar benefícios para todos os envolvidos.

Por isso, todos os passos anteriores devem ser cuidadosamente analisados, para garantir que as empresas terão ganhos e que as ações trarão maiores resultados se realizadas em parceria do que individualmente.

Uma empresa com alto reconhecimento no mercado dificilmente fará um co-marketing com um negócio que está iniciando, pois uma campanha criada por ela sozinha trará mais benefícios e menos complicações do que feita em parceria.

Para que não haja desgaste com as relações entre as empresas, verifique realmente se ambas serão beneficiadas e se as duas oferecem vantagem ao os clientes. Com isso, você evita frustrações e otimiza o alcance de suas ações.

Se isso não acontecer, você apenas gastará o seu tempo e os seus recursos. Então, fique esperto, ok?

Conclusão

Neste post, você aprendeu como o co-marketing é benéfico para os empreendimentos e como essa estratégia pode ser usada para atrair mais leads e ganhar espaço no mercado

Utilize as dicas aprendidas aqui e selecione as melhores empresas para sua a nova parceria. Com o passar do tempo, você perceberá o impacto positivo que a cooperação trará ao seu negócio.

Gostou do post e quer iniciar uma ação de co-marketing com a eNotas? Então, envie um email para [email protected] agora mesmo!

Larissa Ester - Estagiária de marketing, sempre em busca de aprendizado. Apaixonada por marketing digital e criação.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.