Saiba o que é microlearning, como fazer e vantagens

Atualizado há mais de 1 semana

Se você tem uma empresa, sabe que manter o aprendizado constante entre os colaboradores é um desafio. Em um mundo cada vez mais conectado, onde a internet ocupa um grande espaço e as informações mudam com rapidez, é difícil fazer com que conteúdos sejam retidos. 

No ambiente de trabalho, iniciativas de aprendizado com abordagens diferentes, adaptadas às mudanças constantes e velozes do mundo atual, começaram a surgir e se popularizar. Um exemplo é o microlearning! Se você quer entender melhor como o microlearning funciona, como fazer na sua empresa e quais são as vantagens, confira nosso post:

O que é microlearning? 

Microlearning é uma abordagem de aprendizado que transmite pequenas doses de conhecimento em uma curta duração. No inglês, seria traduzido como pequeno aprendizado. Ou seja, é uma forma de ensino em que o conteúdo é entregue de forma objetiva e focado em uma única informação.

As aulas têm um curto tempo de duração, com uma linguagem simples e utilização de recursos multimídias, para facilitar o aprendizado. Por isso, o modelo costuma ser oferecido no formato online, em plataformas de aprendizagem e por meio de vídeo aulas.

Para que serve o microlearning? 

O microlearning permite a entrega de um conteúdo mais complexo de forma mais simples, oferecendo pequenas doses menores de informação. Os tópicos abordados são mais focados e bem organizados, o que demanda menos tempo e concentração dos profissionais. 

Por exemplo, uma aula normal pode durar até algumas horas e assim abordar inúmeros temas. No microlearning, essa aula pode ser dividida em pequenas partes. Ou seja, o aluno pode assistir apenas os tópicos que ele realmente necessita aprender. 

Por isso, a metodologia tem sido muito utilizada no ambiente corporativo. Com o microlearning, o colaborador pode ter acesso às informações relevantes de forma prática, realmente compreendendo o conteúdo passado e podendo aplicá-lo no dia a dia do trabalho.

Além disso, o aprendizado em repetição, que incorpora o processo de aprendizagem no dia a dia, é altamente eficaz. É dessa forma que aprendizados permanentes, que podem ser carregados conosco por toda a vida, são formados.

Vantagens do microlearning

O microlearning aplicado nas empresas tem grandes vantagens, que podem ser observadas não somente no desempenho e desenvolvimento profissional dos colaboradores, mas no ambiente organizacional como um todo. Confira:

  1. Otimização de tempo 

No quesito tempo, não há dúvidas de que o microlearning é a melhor metodologia. Isso porque esse modelo possibilita a otimização do tempo para funcionários e também para os profissionais responsáveis pela produção do treinamento.  Para estes últimos, as aulas são mais rápidas de gravar e produzir, por serem conteúdos menores e mais objetivos.

Já para os funcionários, o microlearning pode se encaixar melhor nas rotinas dos profissionais. Muitos costumam ter uma rotina atarefada, em que o tempo para estudar é limitado. Por isso, aulas mais diretas permitem que o conhecimento seja constantemente atualizado sem ocupar muito tempo. 

  1. Fácil manutenção

O microlearning consiste em pequenos conteúdos. Por ter um formato mais curto, a manutenção é muito mais fácil. É possível retirar, adicionar, substituir e fazer qualquer tipo de atualização nas informações com mais agilidade, além de permitir que novos conteúdos sejam adicionados com rapidez. 

  1. Aumento da produtividade

Com conteúdos mais fáceis de absorver, são muitos os benefícios para os colaboradores. Além de permitir a retenção e compreensão de informações importantes para o desenvolvimento profissional, a produtividade também aumenta. Conhecendo dados importantes, o trabalho prático fica muito mais fácil. 

  1. Possibilidade de personalização

O microlearning é um modelo de aprendizagem voltado ao aluno. Por isso, ele permite que as aulas sejam facilmente personalizadas, já que se tratam de pequenos conteúdos. Assim, é possível personalizar as informações e a linguagem, por exemplo, de acordo com setores ou times específicos, tornando o aprendizado ainda mais assertivo.

Como usar o microlearning na sua empresa

Se você quiser usar o microlearning, temos uma boa notícia: o método é simples e prático para ser desenvolvido e aplicado. 

Primeiro, é preciso fazer um planejamento, definindo o objetivo do curso em geral. Para isso, avalie as necessidades da equipe, os processos precisam ser aprimorados, quais elementos podem ser melhorados por capacitação, quais conhecimentos precisam ser atualizados, etc. 

Depois, há uma etapa muito importante: É preciso dividir o tema geral em conteúdos menores, e cada um deve solucionar um  determinado problema educacional dos seus colaboradores. Após a definição desses subtópicos, é hora de planejar como as informações podem ser apresentadas de forma mais efetiva e atrativa. 

Atenção: É muito importante lembrar de não produzir conteúdos extensos ou massantes, mantendo o foco na aprendizagem fácil e rápida, com linguagem clara e objetiva.

Para isso, é possível apostar em diversos formatos, como vídeos, podcasts, textos, artigos e até a gamificação. Também é possível usar estudos de caso, simulados e atividades diferentes para tornar o processo mais prático, reforçando o aprendizado.

Tipos de conteúdos no microlearning

Uma dica valiosa para aplicar o microlearning na sua empresa é entender primeiro qual tipos de conteúdo seus colaboradores precisam. Por isso, é preciso ter em mente qual é o objetivo de passar aquelas informações. Confira alguns tipos de conteúdo: 

  • Conteúdo de contextualização: este tipo de conteúdo é muito importante para oferecer uma visão sistêmica sobre processo, a empresa ou conhecimentos necessários para o trabalho. 
  • Conteúdo de conexão: este tipo de conteúdo pode ser adotado se sua empresa quiser abordar temas que são de conhecimento geral, mas é preciso compreender alguma etapa intermediária para gerar melhor entendimento desse conhecimento.

Hora de colocar em prática

O microlearning é uma metodologia que promete mudar a forma como aprendemos, tornando o processo muito mais intuitivo e fácil. Por isso, é uma boa aposta para manter os colaboradores da sua empresa atualizados e em constante aprendizado, garantindo que eles tenham acesso a conhecimentos relevantes. 

O modelo é benéfico não somente para os profissionais da sua empresa, que vão poder aprender sem dificuldades e em um período menor de tempo, mas também para o seu negócio. 

Esperamos que esse post tenha solucionado suas dúvidas microlearning e te mostrado como aplicar a estratégia na sua empresa! Se você quer aprender mais sobre negócios e empreendedorismo, continue com a gente por aqui

Jornalista, escritora e pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.