Música para vídeo: como escolher a melhor?

Não há mídia na internet que cresce mais do que o vídeo. Cada vez mais recorrente, ele representa parte fundamental de uma estratégia de marketing. 

Para que você tenha sucesso com vídeo marketing em seu negócio, não pode produzir de qualquer maneira. E dentre os muitos cuidados que você deve ter, escolher música para vídeo é uma parte primordial para se ter um conteúdo de qualidade.

Uma trilha sonora para vídeos deve estar inteiramente relacionada à mensagem do material, ter qualidade de som além de, claro, respeitar a lei de direito autoral. É muito detalhe para se atentar e, neste texto, você ficará por dentro de alguns para ser certeiro na hora de escolher música para vídeos!

Por que a música é tão importante?

Todo produto audiovisual possui elementos que, por menos importantes que pareçam, devem ser pensados com cuidado. A trilha sonora para vídeos não é o principal exemplo, mas, se escolhida incorretamente, pode ser crucial para o fracasso de sua estratégia de marketing. 

Ela ajuda a definir a atmosfera do vídeo, a dar emoção no tom certo, a definir o clímax do material e dinamizar a  mensagem. Em outras palavras, a música para vídeo deixa o seu conteúdo menos monótono. Mas você não pode simplesmente colocar uma música e achar que serve. 

Quais cuidados devem ser tomados?

A escolha da trilha sonora do vídeo é um dos momentos mais importantes da edição do material. Se essa decisão for tomada erroneamente, pode ser que todo o seu trabalho vá por água abaixo. 

E não é apenas escolher a música errada: é colocar em momentos inadequados, com volumes altos ou baixos demais e até mesmo usar uma música sem ter a devida permissão. 

Antes, portanto, de ter dicas valiosas para saber escolher a música ideal para seu vídeo, leia a respeito de alguns cuidados fundamentais que você deve ter antes de optar por uma. 

Direitos autorais

A Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 sanciona sobre os direitos autorais de obras artísticas no Brasil. Essa lei, resumidamente, prevê punições para quem usa obras sem a devida autorização de seus autores. 

Logo, essa questão é uma das principais a se pensar antes de escolher a música para vídeo. Porque as penas que ela prevê são graves, chegando a multas bem altas. Sem falar que você não quer que seu empreendimento esteja relacionado a uma prática ilegal, não é?

O direito autoral é tão sério que o Youtube, por exemplo, restringe vídeos que usam trilhas inadequadas. Dependendo da música utilizada, o vídeo pode deixar de ser veiculado em determinado país ou em dispositivos móveis ou mesmo ser excluído do site. 

Tudo para zelar pelo direito autoral. Justo, não é? Para ajudar, o Youtube disponibiliza uma área que sana as principais dúvidas sobre a questão em seu site. 

Hits do momento ou as famosas bate-estaca

Usar músicas que são sucessos na época em que você publicar o vídeo pode não ser lá uma ideia muito boa (nem original).

Elas, geralmente datam seu conteúdo, fazendo que ele perca a relevância justamente por ser, lá na frente, um vídeo com uma música muito característica de uma época. Além de que ela pode ter mais destaque do que o vídeo em si, e isso não é muito bom. 

Sem falar que essas músicas de sucesso instantâneo geralmente causam muito amor e muito ódio ao mesmo tempo. Pode ser que quem te assista seja do segundo time e pare de assistir ao vídeo só por causa disso. 

Já os bate-estaca, aquelas músicas geralmente eletrônicas, podem fazer a trilha sonora do vídeo ser muito repetitiva e cansar a experiência do espectador. 

Volume

Esse cuidado é para ser tomado na hora de editar. As músicas para vídeos não podem estar muito acima da frequência sonora da voz normal, aquela que será usada ao longo do vídeo. Não pode assustar com mudanças abruptas e nem serem muito agudas. 

Se for uma trilha de fundo, geralmente, as canções são instrumentais e bem baixas, para que se não misture com a voz principal do vídeo. 

Como escolher a música perfeita para um vídeo?

Os cuidados que você acabou de ler devem te ajudar a garimpar as opções que você tem disponível na internet, não é? Agora, o que você precisa saber para fazer a escolha certa de sua trilha sonora? 

Bom, talvez onde conseguir boas trilhas e com os devidos direitos autorais, certo? 

Existem sites que oferecem músicas livres e que podem conter alguns bons achados para você e o seu vídeo. Confira os seus principais exemplos abaixo:

Jamendo

O Jamendo.com, além de possuir um mix com mais de 200 mil trilhas livres, divulga artistas independentes, em uma ótima oportunidade de ter sempre ideias incríveis para trilhas sonoras para vídeos. 

Artlist

O Artilist.io tem um vasto repertório de trilhas que podem ser usados em qualquer segmento de vídeo. A sua interface é bem intuitiva, lembrando muito a do Spotify. 

Musicbed

O Musicbed tem também um ótimo catálogo de músicas livres e tem em seu portfólio empresas como Google, Hulu, Samsung — o  que mostra uma certa autoridade no assunto, não é?

Audiojungle

Com um incrível catálogo com mais de 880 mil faixas e sons autorais, o  Audiojungle ainda permite que você possa ter um pacote com efeitos sonoros a um preço em conta.

Soundcloud

O Soundcloud não é apenas uma biblioteca de músicas livres: é uma rede social que permite compartilhar trilhas autorias e divulgar seu trabalho, caso seja a sua praia. 

Redes sociais

E se você pensa que, para achar essas trilhas, você deve ir para sites especializados como o que você acabou de ler, está enganado! Algumas redes sociais disponibilizam bibliotecas com temas livres para uso em suas plataformas. 

biblioteca de audio gratuito youtube

Youtube e o Facebook são uns deles. Vale a pena conferir!

biblioteca de audio gratuito facebook

O que mais preciso saber para escolher uma trilha incrível?

Depois de percorrer pelos cuidados a serem tomados e ter acesso aos melhores bancos de sons que a internet pode disponibilizar, chegou a hora de escolher de fato a música para vídeo. 

Tenha referências

Você pode adorar a trilha daquele seu filme favorito e quer usar algo parecido. Pesquise por músicas semelhantes nessas bibliotecas que você tem à disposição. Alguns deles oferecem essa possibilidade. 

Use algo que dialogue com o seu conteúdo

Não é preciso ser um profissional da área para saber que a música deve “casar” com o que é passado no vídeo. Você não usará uma trilha mais calma se as informações forem dadas com dinâmica e agilidade. E nem o contrário, certo?

Não abra mão da qualidade

Muito cuidado com o tipo de arquivo que está usando, se ele possui boas frequências sonoras e se não tem muito ruído ao longo de sua duração. Mais uma vez: se a música não for boa de fato, o seu espectador pode perder o interesse por todo seu trabalho. 

O vídeo é sensação na internet e isso não mudará tão cedo. Portanto, não perca tempo se você ainda não tem um canal ou não elabora uma estratégia que compreenda essa mídia. 

Você já sabe muita coisa sobre músicas para vídeos, mas será que sabe sobre como fazer vídeos realmente incríveis para ter sucesso na internet? Se quer entender mais, continue com a gente e descubra o que é e como funciona o TikTok: o app para criar vídeos virais!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>
Gabs

Como conseguir 200 mil visitas mensais no seu site sem gastar com anúncios