Vídeo Marketing: o que é e como montar uma estratégia de vídeos

Dentre as várias possibilidades de se atrair o público, o vídeo marketing é uma das que mais cresce. Ele não é novo e já não é mais uma tendência emergente. É uma realidade e uma prática de marketing que você precisa saber lidar para conquistar um cliente.

O vídeo marketing é fundamental para o mundo dos negócios digitais. Você dificilmente encontra uma marca que não se utiliza de vídeos para encantar o público e atrair leads.

Ainda que seja muito importante, não é preciso ter equipamentos de ponta ou uma equipe técnica muito profissional para fazer um vídeo que bombe na internet. É claro que tudo isso ajuda, mas o que precisa mesmo é de uma estratégia eficiente!

E você vai encontrar dicas preciosas para isso neste post.

O que é vídeo marketing?

Bom, sim: vídeo marketing é um marketing feito por vídeo. É claro, óbvio. Mas os produtos audiovisuais possuem estratégias que atraem, que convertem, que retêm e que fidelizam clientes.

O material pode ser aplicado de muitas formas, desde que seja feito com criatividade e que dialoguem com seu público-alvo. Com uma abrangência grande, a estratégia se divide em alguns tipos com características bem próprias. Veja alguns exemplos.

Publicitário

Os mais comuns no mercado. São materiais audiovisuais que permitem que a sua empresa comunique o que faz.

É bem comum serem sobre campanhas, como dia das mães, namorados ou natal - ou algo específico de uma marca — não necessariamente relacionado a uma data.

Geralmente, esses conteúdos de vídeo marketing engajam muito por tocar em emoções e sentimentos — o público, quando se identifica, compartilha e engaja bem.

Institucional

Esses vídeos são feitos para mostrar alguns valores de empresa. Está longe de ser um material que divulgue um produto ou serviço, mas apresenta o empreendimento, a sua visão, a missão e a história.

É claro que podem ser estratégias de marketing voltadas para atrair clientes ou parceiros, mas são bem comuns também no endomarketing. Sempre, claro, evidenciando a identidade da marca.

Veja as ações que fizemos com a nossa equipe no dia do trabalho:

videomarketing-enotas

E na páscoa também:

videomarketing-enotas1

​Comercial

Também muito populares, um dia já foram chamados de “reclames” na TV. Sim, são os comerciais mesmo.

Mas esqueça que eles só funcionam na televisão. Ainda que sejam bem fortes, esses anúncios já estão migrando para a internet com a força cada vez maior do YouTube e das demais redes sociais.

São vídeos que mostram como de fato um produto ou serviço pode ajudar uma pessoa. Resumidamente: é aqui que você vende o seu peixe!

Pessoal

Já esse tipo é um pouco mais direto. Também vende o seu peixe, mas de uma forma muito mais próxima e objetiva com o seu público. Como?

Humanizando a sua empresa. Atribuindo valores pessoais a sua marca. Simples assim.

Pelo nome, pode ser confundida com uma ação de autopromoção, mas não é bem isso.

O propósito desse tipo de vídeo marketing é atrair um público de uma maneira positiva, realizando um alcance mais assertivo dando valores e sem mentir!

Portanto, nada de se autopromover.

Educativo

Aqui, é a utilização de videoaulas. Tem um conteúdo mais “acadêmico” por assim dizer. São cursos online — gratuitos ou não — direcionado o público no funil de vendas.

Tutorial ou DIY

Lembra um pouco os vídeos educativos, porque aqui você também ensina o seu público, mas, nesse caso, como se fosse um tutorial, na melhor maneira “Faça Você Mesmo — Do it yourself” (por isso a sigla DIY).

Pode ser como usar um produto, a fazer alguma receita de bolo ou a criar um objeto com coisas de casa.

Outros

São muitos outros tipos de vídeo que você pode usar em uma estratégia de marketing. Nas redes sociais, como Facebook, estão bem populares as Lives. Elas permitem que você interaja com o público ao vivo, aprofundando a sua conexão com o mercado.

Nas lives, você pode transmitir eventos ou os bastidores da sua empresa. É uma forma bem livre e próxima, bem como pedem as redes sociais.

Outro tipo de vídeo muito popular é o webinar, que também é uma transmissão ao vivo, mas, geralmente, apresenta seminários com temas específicos, com convidados, um público bem estabelecido, o que exige mais preparação do que uma live, por exemplo.

Enfim: são muitos casos que você pode utilizar o vídeo marketing.

Você já sabe que ele é importante, descobriu alguns tipos e sabe que não vive sem ele na internet, mas quais são os benefícios do video marketing?

Por que não deixar de investir no vídeo marketing?

Bom, porque você ficará para trás da sua concorrência, simples assim!

Sim, essa primeira resposta é para reforçar que você não pode pensar em não criar vídeos com estratégias e objetivos bem definidos. Mas, é claro, que se tem muitos benefícios para listar, como:

  • vídeos fidelizam clientes;
  • são de fácil consumo;
  • conteúdos com vídeos em seu corpo são altamente privilegiados pelo Google, o que melhora seu tráfego orgânico;
  • são fáceis de fazer: com um celular na mão, você consegue criar stories que bombam no Instagram, por exemplo;
  • viralizam fácil: com criatividade, você consegue fazer o seu vídeo ser replicado aos montes, seja pelo WhatsApp ou pelo Facebook.

Existem muitas outras dicas para produzir bons vídeos online. E, mesmo que qualquer pessoa consiga fazer sem muita dificuldade, é preciso se pensar em algumas coisas.

Como fazer um vídeo matador?

Ficou pensando aí em como fazer uma estratégia que seja vencedora e que te gere muito leads? Você pode ter ajuda de umas dicas.

Planeje os seus objetivos

Antes de mais nada, pense para quem você quer produzir o seu vídeo. Nesse caso, você pode fazer pesquisas de mercado e até mesmo elaborar personas. Ajudará muito!

Pensando nisso, trace o que você quer fazer com a pessoa que assistirá: é fidelizar? É apresentar seu produto? Você quer engajar a sua marca? Ou apenas interagir com o público?

Planejar essas coisas devem te dar um bom norte para começar a gravar!

Defina metas!

Determinar algumas métricas te ajudam a estabelecer um bom vídeo marketing, os KPIs de vídeo. A sigla que significa Key Perfomance Indicator, que em bom português quer dizer Indicador Chave de Desempenho.

Ou seja, os números que você quer atingir para ter uma boa campanha com o seu vídeo. Pode ser o número de visualizações ou o de conversões obtidas depois de sua divulgação, por exemplo.

Ter KPIs definidos te dão uma noção de que a campanha deu de resultado.

E, claro, te ajuda a encontrar os pontos fortes — que podem ser aplicados em outros momentos — e aqueles que precisam de melhorias. Não se esqueça de determinar em quanto tempo você quer atingir cada métrica escolhida.

Tenha um roteiro

E por mais simples que seja, um roteiro não precisa ser muito elaborado — se for, ótimo! — mas deve ser um texto com pontos que precisam ser ditos ao longo do seu vídeo.

Além disso, ele vai te ajudar a cronometrar o tempo, a dar ritmo e claro, a lembrar todo o assunto que você precisa falar. E claro: abuse da escrita criativa.

Tenha bom equipamento

Você leu neste texto que não é preciso ter equipamentos sofisticados para criar um vídeo incrível para a internet. E é verdade. Mas, não é por isso que você vai abrir mão da qualidade. E ter boas ferramentas ajudam a produzir vídeos melhores.

Você pode, claro, usar o seu celular. Desde que tenha certeza que ele está estabilizado ou que se comporte da maneira que melhor deseja dentro da linguagem que escolher usar.

Além disso, na hora de editar, é preciso saber quais são os melhores softwares que te darão um resultado melhor.  

Por mais que você escolha fazer vídeos com o que dispõe no momento, não deixe de investir em um equipamento profissional no futuro. Eles podem te dar, sempre, um melhor produto final.

Com o passar do tempo, poderá ser necessário contratar um especialista para o seu time. Um videomaker tem o conhecimento ideal para auxiliá-lo em sua estratégia de criação e de edição de vídeos.

Não perca tempo e comece a gravar já!

Com todas essas dicas, você conseguiu ter uma ideia de como é importante investir no vídeo marketing?

Você pode acessar materiais que te ajudarão em muito em sua carreira online. Basta seguir as redes sociais do eNotas. Seja no Facebook, Instagram ou Linkedin, existem dicas preciosas por lá! 

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>
Gabs

Como conseguir 200 mil visitas mensais no seu site sem gastar com anúncios