pagamento-instantaneo
NEGÓCIOS

Pagamento instantâneo: O que é? Como irá funcionar?

Atualizado há mais de 3 semanas

Imagine poder fazer transferências instantâneas, a qualquer tempo, com tarifas baixas e por meio do seu celular. Gostou? 

Acompanhe nosso post e descubra sobre esta nova modalidade de pagamento que será implantada no país: o pagamento instantâneo!

As novidades de mercado não param de surgir. Quem é empreendedor precisa se atentar a cada movimentação que agita os diversos setores econômicos. 

E por falar em novidade, o pagamento instantâneo será uma modalidade que deve atingir muitos segmentos da economia, trazendo benefícios para o consumidor, fornecedor e vendedores. 

Anunciado para começar a operar em 2020 e administrado pelo Banco Central, este programa deve simplificar as formas de pagamento no país.

Mas ainda que seja algo novo no Brasil, não é assim em outros países, onde ele já é uma realidade.

Que tal já ficar por dentro do pagamento instantâneo e saber como ele impactará a sua vida? A seguir, leia tudo sobre essa modalidade.

O que é pagamento instantâneo?

O pagamento instantâneo é uma nova forma de transferência eletrônica que possibilita que uma ordem de pagamento seja efetuada em tempo real (imediato) sem a necessidade de intermediadores, e tudo isso a baixo custo. 

pagamento-instantaneo-o-que-e

Esse tipo de transferência será uma opção aos famosos TED e DOC, modalidades bancárias em que valores são repassados entre bancos distintos.

O pagamento instantâneo não apenas terá taxas bem reduzidas, se comparadas às outras duas transferências, como também, deve ser realizada na hora.

Só o fato de não precisar esperar um tempo até a movimentação se concretizar, assim como ocorre com o TED e o DOC, já é um motivo para se comemorar.

Além disso, a nova modalidade será uma opção às famosas maquininhas de cartão que, conforme o passar do tempo, deverão ter seus usos transformados. 

E assim,não será preciso ir até um banco ou mesmo a um caixa eletrônico para conseguir realizar o pagamento instantâneo. Ele poderá ser feito via smartphones, por meio de QR Codes e aplicativos. 

Quais os benefícios do pagamento instantâneo?

Como você já deve ter percebido, o pagamento instantâneo trará muitas vantagens para todo o tipo de pessoa envolvida com movimentação financeira, sejam vendedores, fornecedores ou consumidores. 

Fizemos uma lista sintetizada sobre as vantagens dessa modalidade, confira:

  • Pagamento ágil e na hora: Uma das grandes vantagem é poder pagar qualquer valor a qualquer hora e local de maneira muito mais rápida que as movimentações que se conhecem hoje.
  • Segurança: O pagamento instantâneo será mais uma forma de os consumidores andarem com menos dinheiro no bolso, trazendo mais segurança e comodidade para quando forem comprar. 
  • Nova alternativa: Será uma opção mais ágil ao TED e ao DOC, como você leu ainda há pouco. 
  • Taxas menores: O Banco Central ainda está definindo as diretrizes dessa modalidade, mas as taxas deverão ser menores do que as convencionais.
  • Maior garantia: Pagar instantaneamente será mais seguro e garantido, já que esse modelo exige um QR Code que oferece alguns esquemas que barram muitas violações.
  • Fidelização do cliente: a nova modalidade deve gerar inovações quanto aos tipos de retenção de negócios, podendo, inclusive, realizar ações para fidelizar clientes

Como funcionará?

A modalidade terá seus grandes diferenciais; a agilidade e a praticidade. As movimentações pelo pagamento instantâneo serão realizadas em poucos segundos e com o mínimo de informações possíveis. 

Em tese, o pagamento instantâneo funcionará de uma maneira muito semelhante ao TED e ao DOC, em termos de desenvolvimento e movimentação bancária.

A diferença é que o novo modelo não acontecerá vinculado a um banco, não terá interrupções e estará disponível em plataformas diferentes. 

Além disso, você não precisará possuir o número do banco, o CPF, ou mesmo a agência da pessoa para quem será transferido os valores.

Quem pode utilizar o pagamento instantâneo?

Todos os envolvidos em movimentações poderão usar o pagamento instantâneo nos seguintes tipos de transações:

  • P2P: Person to person, ou seja, movimentações entre duas pessoas físicas;
  • P2B: Person to business, quando for uma pessoa pagando para uma empresa;
  • B2B: Quando a movimentação for realizada de empresas para empresas;
  • P2G: Nesse caso, envolve uma pessoa física e o governo;
  • B2G: Já esse tipo, diz respeito a transações de empresas para governo;
  • G2P e G2B: Essas movimentações são aquelas em envolvem pagamentos de benefícios sociais (do Governo para pessoa) ou de convênios, neste caso, envolvendo empresas.

Por fim, não importa se é um ente público, empresas, ou pessoas... qualquer um se beneficia e poderá usar o pagamento instantâneo!

Vamos parar de usar a maquininha de cartão?

É difícil saber como o pagamento instantâneo afetará as empresas de cartão, sobretudo, no que diz respeito ao uso das maquininhas. 

Com essa novidade, algumas empresas poderão sofrer mudanças em seu modus operandi e então, parar de usar os aparelhos.

No entanto, é complicado afirmar isso com a devida precisão. É melhor aguardar e conferir as diretrizes que o Banco Central irá publicar.

A partir daí, será possível ter uma visão melhor de como essa modalidade afetará de fato a categoria. 

O TED e o DOC sairão de cena?

Ainda é muito cedo para bater o martelo em cima disso, porém, é evidente que eles ganharão um forte concorrente.

Mesmo que o TED seja um modo de pagamento instantâneo, ele é reduzido a horários comerciais. Já a nova modalidade estará mais disponível para banco e pessoas, podendo ser realizada a qualquer momento. 

Outro fator que deve fazer a diferença nesse processo é a taxa. Quem faz DOC e TED sabe que o valor pago por transação é bem alta. 

Por isso, a partir do momento em que o pagamento instantâneo estiver disponível,

é possível que, aos poucos, se ouça menos sobre essas duas movimentações. 

E quando o pagamento instantâneo estará disponível?

O BC trabalha para que essa modalidade esteja disponível por aqui em 2020. E, de fato, o pagamento instantâneo não deve demorar muito a aparecer por aí.

O cenário brasileiro ajuda bastante por estar propício a essa modalidade. Isso, porque a população que usa celular e smartphones é cada vez mais alta. 

Esse panorama ainda é melhor percebido quando se olha que a Geração Y, aquela que está mais conectada a internet, está tomando decisões, ditando o ritmo do mercado e querendo tudo mais disponível à palma da mão, literalmente.

Isso é muito claro em países em que o pagamento instantâneo já é realidade, como os Estados Unidos e a China – para ficar nas maiores potências econômicas mundiais. 

Ainda que não seja realidade no Brasil, esse modelo de pagamento está chegando. E sua empresa precisa se preparar: conhecer como funciona em outros países, quais os benefícios que pode oferecer ao cliente, etc.

Mas algumas tomadas de decisões podem ser feitas como primeiros passos. E uma delas é ter a tecnologia como sua aliada.

Para comércios em geral, o principal parceiro na agilidade de atendimento, de formas de pagamento e estratégias de vendas são os Softwares de Gestão para PDV.

Por isso, leia tudo o que você precisa saber sobre automação comercial e comece já a se preparar para as inovações tecnologias que surgirão no mercado com o passar dos anos!  

Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email.
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.