Automação comercial: o que é e como escolher o melhor sistema PDV

A automação comercial integra setores, facilita  comunicação e oferece relatórios em tempo real sobre o estoque da empresa varejista.

A tecnologia é, sem sombra de dúvidas, uma grande parceira do empreendedor. Graças a ela, pode-se inovar em estratégias, permitir novas experiências ao público e otimizar processos. 

O resultado de todo esse cenário são as suas vendas impulsionadas e a sua marca ganhando autoridade no mercado.

Não é novidade que a modernidade trouxe novas mecânicas para se reduzir operações em vários setores, como no comércio. A automação comercial já tem suas próprias ferramentas para manter uma boa dinâmica com público e um bom controle de seu negócio. 

E é disso que você lerá neste post: qual a verdadeira importância de um sistema de PDV (Ponto de Venda), para que ele serve e como tirar o melhor proveito dele.

O que é a automação comercial?

É um sistema que integra todos os processos da mecânica comercial, desde o controle de estoque à geração de nota fiscal eletrônica. Isso passa por qualidade de atendimento ao cliente e relatórios completos e fáceis de serem decifrados — como todo ERP.

Tudo de maneira em que se deixa de realizar manualmente para fazer automaticamente, o que elimina muito a taxa de erros nas operações.   Centralizando processos, você consegue ter facilidade no acesso às informações de sua empresa e controlar o seu negócio precisamente.

Ou seja, um suporte em sua operação para que você perca menos tempo com tarefas e invista mais no atendimento aos seus clientes. 

Para que ter um sistema PDV?

A importância de uma automação comercial já pode ter ficado meio clara para você lendo as primeiras linhas deste post, não é? Mas saiba que existem inúmeros benefícios que a sua empresa ganha utilizando um sistema PDV. 

Veja alguns.

Menos processos, mais atendimento

Mais uma vez, é importante reforçar esse ponto. Com uma automatização de certos processos, ora manuais, você consegue investir melhor o seu tempo com quem realmente interessa: o seu público. 

Mas, além disso, você gerencia os dados sobre cada consumidor e passa a conhecer melhor quem compra com você. 

Assim, você oferece experiências melhores e mais personalizadas em sua estratégia de trade marketing a cada pessoa que frequenta o seu ponto de venda. 

Redução de tempo de trabalho

Às vezes, é realmente uma tarefa árdua realizar certas atividades em seu comércio. Com um sistema que possa automatizar alguns (quando não todos), você não precisa mais perder tempo com atividades burocráticas e repetitivas, por exemplo.

Vantagem competitiva

Com agilidade no atendimento, você dá um grande passo dentro do mercado, oferecendo um serviço diferenciado. 

Além disso, eliminando certos recursos manuais e utilizando tecnologia, você conseguirá, em pouco tempo, capital para investir sempre em melhorias, como produtos novos ou treinamentos para os seus funcionários.

Outra vantagem para o seu comércio é a satisfação do cliente, que perceberá as melhorias e, certamente, voltará a comprar com você — sem falar do marketing boca a boca que ele fará para sua loja!

Gestão eficiente

Com tarefas automatizadas e sistemas integrados, caberá a você apenas gerenciar todas as informações. Todo o trabalho do sistema PDV permite que os processos mantenham um padrão e ganhem precisão, o que te dará quase nenhuma dor de cabeça para garantir a ordem de seu empreendimento. 

Essas informações são guardadas seguramente e são acessadas quando e como você quiser. Elas são atualizadas integralmente, o que garante, mais uma vez, a eficiência desses dados. 

Por exemplo, o fluxo de estoque, uma das informações mais importantes para um ponto de venda. Sem correr o perigo de faltar um material quando mais você precisar e, ainda, tendo a possibilidade de poder prever quando um item precisará ser comprado.

Redução de custo

Você tem acesso às informações de seu comércio rápida e integralmente e, ainda, reduz processos manuais e burocráticos. Como consequência disso, reduz custos drasticamente em sua loja. 

Então, você terá ainda mais organização e margem de quase 0 para desperdiçar dinheiro. 

Assim, você conhecerá melhor quais são os gargalos de seu empreendimento, entenderá como eliminá-los e terá uma visão muito ampla de todos os movimentos, prevendo investimentos e acompanhando o desenvolvimento de seu negócio. 

Integração de setores

Você pode ter uma pequena ou grande empresa. Mas, certamente, em qualquer uma dessas possibilidades, é fundamental integrar setores. E não pense que por você ser um microempreendedor que esses setores são mais fáceis de serem controlados. 

Não mesmo, bobinho. 

gif-automaçao-comercial

Desde a vitrine até o estoque, é preciso ter tudo muito bem alinhado. Não importa o tamanho de sua loja. A automação comercial permitirá que você garanta essa eficiência. Caso contrário, ingratas surpresas podem surgir no futuro. 

Além disso, você e a sua equipe conseguem ter uma melhor gerência para avaliar o seu consumidor. Cruzando alguns dados, das mais diferentes áreas de sua loja, você determina as melhores condições de vendas, de acordo com sua avaliação sobre o perfil do seu cliente. 

O que um sistema de automação deve ter?

Para que você tire os melhores proveitos de uma automação comercial, o sistema precisa oferecer alguns recursos. Por isso, na hora de escolher entre as várias opções que o mercado oferece, considere os pontos levantados a seguir.

Controle de estoque

Para lidar com o comércio, é fundamental ter o estoque controlado. Monitorar a quantas anda o seu almoxarifado, respeitar o prazo de validade do produto e, inclusive, não ter mercadorias armazenadas em excesso.

Monitorar essas informações manualmente é complicado. Quem não utiliza uma ferramenta de gestão gasta tempo e dinheiro criando e atualizando planilhas — quando não utiliza um caderno, né?

Portanto, pare de perder se esforçar com aquilo que pode ser automatizado. Um sistema PDV monitora  a movimentação de produtos no seu estoque em tempo real. 

Emissão de nota fiscal

A nota fiscal eletrônica é um documento que tanto você quanto o seu cliente precisam ter. Ele, para comprovar uma compra. Você, para validar uma venda. 

Sem ela, você pode ter problemas com a Receita Federal por sonegar impostos, e o consumidor por não conseguir trocar uma mercadoria ou pedir reembolso. Seja pela falta de emissão ou mesmo por erro na hora de emitir. 

Então, desista da ideia de não emitir as suas notas fiscais. Além disso, automatizar o fluxo de geração de documentos fiscais é fundamental para ter autonomia na rotina e manter o negócio legalizado. 

O sistema de automação comercial que você escolher deve possuir uma maneira prática e eficiente de gerar o documento. 

A emissão é importante por questões fiscais: em um sistema verdadeiramente eficiente, é ela quem atualizará o seu caixa, controlará as suas vendas, dará baixa em seu estoque e por aí vai. 

Quando se fala do varejo, é a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) que deve ser gerada na maioria dos casos. A NFC-e é um documento emitido pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) do seu estado, que substituiu o cupom fiscal. Ela ainda está sendo implementada em todo o país. Isso quer dizer que ela não é obrigatória em todas as unidades federativas. 

Enquanto alguns estados exigem a sua emissão, outros ainda a estão implementando. A NFC-e em Minas Gerais, por exemplo, só será emitida por todos os empreendedores em 2020. Já os contribuintes do varejo do Amazonas já são obrigados a emitir NFC-e desde 2015. 

Quem atua no varejo paulista deve utilizar um equipamento físico para gerar e autenticar os seus documentos, o SAT. O seu principal benefício é não precisar de conexão à internet para gerar as notas fiscais no PDV. O estado do Ceará exige a utilização do MF-e, que tem funcionamento semelhante ao SAT em São Paulo. 

Em resumo, o seu ERP para varejo deve estar oferece a melhor experiência de emissão automática de nota fiscal, ok?

Gestão financeira

A saúde financeira de sua loja é tão importante quanto qualquer outro aspecto levantado neste conteúdo. Dessa forma, o seu sistema PDV deve documentar, armazenar e integrar todas as informações sobre as finanças da gestão. 

É claro que é preciso considerar o custo-benefício da ferramenta também. Contratar a solução mais cara ou mais barata, em muitos casos, não é uma boa ideia. Você deve entender as suas necessidades e analisar o orçamento disponível antes contratar uma ferramenta de automação comercial. 

Experiência do usuário

Se o sistema que você quer contratar não é intuitivo e exige horas de treinamento, é melhor mudar de ideia quanto antes. A ferramenta ideal é aquela que oferece uma boa experiência do usuário, ou seja, é fácil de usar.

No início, é normal ter dúvidas e não encontrar o menu que você busca, mas, com o passar do tempo, tudo fica claro e simples. 

PS: as formas de atendimento ao cliente também precisam ser analisadas, já que ninguém quer ficar dias e mais dias esperando uma resposta do suporte, né?

Quais são os melhores sistemas PDV?

E para facilitar ainda mais a sua vida, confira algumas dicas de sistemas  eficientes, que farão uma boa automação em seu negócio. 

Conta Azul

automação-comercial-contaazul

A Conta Azul é uma das empresas de gestão de negócios que mais crescem. Ela integra todos os setores do seu comércio. O sistema oferece recursos que vão desde o abastecimento da loja à frente do caixa, facilitando a vida do operador. 

Os planos variam de acordo com o período de pagamento e números de usuários. 

O mais simples, o básico, sai por R$ 119,90, e é permitido apenas para um usuário, ou seja, pode ser perfeito para você que trabalha sozinho. 

O mais avançado é o estendido, ideal para grandes comércios e com muitos funcionários. O seu valor é R$ 324,90 por mês e, claro, é o que mais tem recursos. 

QuantoSobra

automação comercial-quantosobra

Outro sistema muito usado por grandes empresas hoje. O QuantoSobra é simples e intuitivo, bem como deve ser um sistema de automação comercial. Assim como o Conta Azul, você pode adquirir planos mensais, trimestrais e anuais. Os valores sempre variam de acordo com a sua necessidade. 

São quatro: 

  • Controle: Por R$ 59;
  • Emissão I: R$ 89;
  • Emissão II: R$ 119; 
  • Emissão III: R$ 159;
  • Emissão IV: R$ 199.

PS: todos esses valores são baseados no plano mensal.

GestãoClick

automação comercial-gestão-click

O software é muito indicado para pequenas e médias empresas. Tem atendimento personalizado e é responsivo, podendo ser acessado via desktop ou mobile. O GestãoClick também tem opções não só que cabem com suas necessidades, mas também o prazo de contrato. 

eGestor

Por fim, o eGestor. É um sistema de automação comercial em nuvem, o que dá a opção de acessar os dados na hora e onde quiser. Também é muito indicado para pequenos e médios empreendimentos. 

Para ser parceiro do eGestor e poder contar com seu software de automação comercial, é preciso entrar em contato com a empresa. 

Invista na praticidade e saia lucrando

Ao ter um sistema de PDV, a sua vida de gestor ganhará muito fôlego, e a suas receitas agradecem. O atendimento aos clientes é otimizado também, garantindo a fidelização. 

Em outras palavras, todos saem ganhando com a automação comercial. Mas não pense que só uma automação comercial que é necessária para melhorar as suas vendas.

Para se destacar realmente, é preciso pensar também em estratégias de automação das redes sociais. Sim, você não leu errado. As comunidades online oferecem boas oportunidades para atrair novos clientes e vender mais. Portanto, leia sobre a automação para Instagram agora mesmo!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>

Como conseguir 200 mil visitas mensais no seu site sem gastar com anúncios

Gabs