Maquininha de cartão: qual é a melhor?

É cada vez mais difícil encontrar um empreendimento que não aceita cartão. Que seja em grandes ou pequenas cidades, a forma de pagamento é cada vez mais usada e os donos desses estabelecimentos precisam acompanhar esse movimento. 

Por isso, é indispensável, hoje, se ter uma máquina de cartão. E não é difícil perceber isso. 

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) indica que no primeiro trimestre de 2019, o volume de compras realizado neste modelo aumentou 17% — somando um total de R$ 416 bilhões.

Pouco, não é? 

Bom, dados e fatos que podem mostrar a olho nu que você precisa oferecer esse recurso ao seu cliente quando ele for comprar em sua empresa. 

Mas não é só isso. Você precisa, ainda, ter uma boa máquina de cartão. Porque todo mundo já passou por aquele momento angustiante antes de aparecer a mensagem de “transação aprovada” na tela. E essa espera não pode ser longa. 

E quando a maquininha de cartão fica sem sinal e você precisa sair do estabelecimento para finalizar a compra?

Tudo isso joga contra sua empresa, por sua culpa ou não. Por isso mesmo, leia sobre o que você precisa saber sobre como escolher os modelos — e as marcas — certas para seu estabelecimento. Confira!

O que é uma máquina de cartão?

Uma máquina de cartão é um aparelho móvel que registra, uma compra em débito ou em crédito graças a um cartão, com chip, magnetismo ou aproximação. Ela realiza transações financeiras, portanto. 

Óbvio, não é? Isso é o básico mesmo, mas o que você precisa saber é que existem modelos diferentes e que operam distintamente e, por isso, podem resultar em vantagens das mais variadas.

E como é de se saber, existem várias marcas no mercado que oferecem serviços diferentes e aceitam outras tantas bandeiras.

Quais são as vantagens em se usar uma maquininha de cartão?

As compras por essa modalidade estão subindo constantemente. E isso você já leu por aqui. Ficar de fora dessa tendência é uma falta de competitividade grande. 

Sabe-se bem que o consumidor tem, hoje, disponível muitas opções de compras, sejam por lojas físicas ou online. Portanto, não oferecer essa alternativa de pagamento significa perder boas oportunidades de venda. 

Com a popularização da internet, a desculpa da cobertura fica difícil de ser dada. E nem ela é muito válida, já que muitas máquinas funcionam via rede de serviço celular. 

E essa cobertura está bem consolidada em nosso território. A não ser que você tenha uma loja no interior do país, não vale dar essa justificativa. Mas além da vantagem competitiva em se oferecer pagar no cartão, existem outros benefícios. 

Facilidade de pagamento 

Pagar no cartão é mais fácil. Para o cliente, evita andar com grande quantidade de dinheiro na carteira e, para o caixa, evita um transtorno que parece banal: o troco. 

Muitas vezes, um cliente sai insatisfeito por não ter seu troco completo ou por ter que esperar muito até o caixa conseguir trocar aquela nota de R$ 100 em uma compra de R$ 3,30.

Possibilidade de parcelamento

Quem trabalha no comércio sabe que é oferecer suaves prestações para o consumidor  uma boa estratégia de venda. Muitas compras são finalizadas graças a essa negociação. Algo parecido com o antigo crediário (lembra dele?). 

O parcelamento ajuda, também, a aumentar o ticket-médio, já que, dividindo o valor por mês, o peso é menor no bolso e ele se sente mais livre para compra. 

Comodidade

Por tudo isso que você leu até agora, é possível dizer que pagar no cartão é cômodo. Além de muitas pessoas preferirem andar sem dinheiro — ou muito pouco —, ainda é mais fácil chegar no caixa e realizar tudo de uma maneira muito prática.

Além disso, muitos apps de cartão de crédito podem facilitar as finanças do usuário, que se organiza e se controla melhor. 

Mobilidade 

Mais uma vantagem para você e o seu consumidor. A máquina de cartão pode ir a qualquer lugar, a qualquer hora. 

Isso facilita, por exemplo, empresas que fazem serviço de delivery que, além oferecer o serviço ao cliente, ainda evita que seus funcionários andem com muito dinheiro para realizar a entrega. O que dá muita segurança, não é?

Existem modelos diferentes de máquinas? Quais são?

Sim, existem vários tipos de máquina de cartão. Cada um atende a uma característica de serviço que elas prestam e o seu modo de funcionamento. 

POS

Essa sigla vem do inglês Point Of Sales, ou Ponto de Venda para nós brasileiros. 

São os modelos mais conhecidos, aqueles que estão instalados no caixa do estabelecimento e funcionam graças a uma linha telefônica. Além de serem as mais usadas, são também aqueles que têm convênios maiores, ou seja, aceitam as mais variadas bandeiras. 

POS wireless

Funcionam da mesma maneira que a anterior, com a diferença de não precisarem estar fixas no caixa, já que usam a rede wireless do estabelecimento. Dessa forma, você deve ter uma para usar esse tipo. 

São aquelas que o garçom leva até a mesa do restaurante na hora de pagar a conta. Ou seja, ainda oferecem mais comodidade ao consumidor. 

POO

Esse tipo de maquininha de cartão parecida com a anterior. Mas, dessa vez, ela usa um chip de celular para realizar as transferências financeiras, por meio da mesma cobertura do aparelho telefônico. 

Portanto, é ela que pode ir à mesa do cliente na hora do pagamento. E são elas também que são usadas nas entregas delivery. 

TEF

O TEF é a máquina de cartão que funciona graças à internet. Ele precisa estar conectado ao computador do caixa, onde terá um software ERP para o uso do equipamento. 

Apesar de ser muito usada em comércios varejistas como supermercados, o TEF não permite a mesma mobilidade que as demais. Seu uso também requer um equipamento para impressão do documento fiscal e uma assistência técnica própria.

Ah, e claro, uma boa conexão com a internet. 

Qual é a melhor máquina de cartão?

Diante de um mercado recheado de possibilidades, nada melhor que umas indicações bem certeiras, não é? Pois aqui vão algumas. 

PagSeguro

O PagSeguro é certamente uma das marcas mais consolidadas nesse cenário. Além de sua atuação com máquinas de cartão, ela ainda está bem presente nas transações online.

As taxas da empresa variam de 3,19% a 3,59% à vista ou 3,79% a 4,19% parcelado quando a compra for no crédito. Para o caso de débito, a taxa é de 1,99%. Em qualquer de seus produtos.

No caso das compras no crédito, o recebimento é em 30 dias. Para débito é na hora. 

Bom, mas falar do PagSeguro, é preciso falar de seus diversos produtos. Veja quais são eles:

Minizinha Chip 2

maquininha de cartão - minizinha chip 2

A primeira opção do PagSeguro é a Minizinha Chip 2. Ela não tem aluguel, tem 5 anos de garantia, com opção Wifi e Chip e aceita todas as bandeiras — desde que o cartão seja de chip. 

Você pode comprá-la por R$ 106 à vista ou por 12 vezes de R$ 8,60.

Moderninha Plus

maquininha de cartão - moderninha plus

Esse modelo do PagSeguro também não tem aluguel: ou seja, você o compra bem como o anterior. Seu valor é de R$ 82,80 ou R$ 6,90 divididos em 12 vezes. A utilização da Moderninha Plus é por chip e plano de dados 3G, também tem 5 anos de garantia e envia o comprovante por SMS gratuitamente. 

Moderninha Pro

maquininha de cartão - moderninha pro

A Moderninha Pro pode ser sua por R$ 238 ou R$ 19,90 em 12 parcelas. Pode ser usada por WiFi, bluetooth e chip 3G.  É ideal para empreendedor e empresa, aceitando todas as bandeiras, com impressão ou envio das notinhas de comprovante. 

Moderninha Smart

maquininha de cartão - moderninha smart

Seu valor é de R$ 478 à vista ou 12 vezes de R$ 39,90. Envia o comprovante por email ou por SMS, além de imprimir o recibo. A Moderninha Smart poder ser conectada por 4G, Bluetooth e Wifi. 

Esse é o modelo que muitos empreendimentos estão escolhendo, pois permite a emissão de NFC-e automaticamente. 

Minizinha

maquininha de cartão - minizinha

O último produto do PagSeguro possui o valor de R$ 58,80 ou 12x R$ 4,90. A Minizinha, porém, é a única maquininha de cartão do PagSeguro em que as taxas de transferência variam um pouco mais. Pagamentos à vista vão de 3,19% a 4,99%, dependendo da bandeira. 

Para compras parceladas, por sua vez, as taxas variam de 3,79% a 5,59%. Para compras no débito continuam valendo 1,99%. Ela envia o comprovante por email ou SMS e tem conexão via bluetooth. Ela requer um celular para a transação ser efetivada. 

Stone

maquininha de cartão - stone

A marca oferece diversos planos que variam de acordo com o orçamento de sua empresa. Ela tem dois modelos, a Smart S920 e a Clássica D210.

Além de recursos próprios para você acompanhar suas movimentações, a Stone tem um atendimento agilizado, o que garante que sua empresa não fica na mão.  

A Stone oferece o Plano Livre, em que você pode comprar a máquina por 12x de R$ 59,00, com garantia ilimitada e recebe suas vendas em um dia. As taxas são de 1,99% no débito, 3,29% no crédito à vista e 3,99% parcelado. 

Já o Stone Pro é um plano customizado, com o primeiro mês gratuito. Para adquiri-lo, é preciso entrar em contato com a empresa.

Getnet

maquininha de cartão - getnet

A marca é uma empresa de tecnologia do banco Santander, o que significa que ela entende do negócio. 

A Getnet tem 10 modelos de máquinas diferentes, que variam de valor e de propósito:

  • para clientes que fazem delivery ou possuem food-truck, são 8 modelos, que possuem valores entre R$ 24 à vista até R$ 74,50 em alugueis mensais; 
  • para empresas que querem máquinas para balcão, são dois modelos, ambos com mensalidades de R$ 52, mudando, apenas o tipo, a conectada por cabo em uma internet banda larga ou discada.

SumUp

maquininha de cartão - sumup

A SumUp oferece máquinas de cartão com algumas vantagens. Entre elas, os primeiros três meses com taxas a 1% no débito ou no crédito à vista (ou até você atingir R$ 20 mil de vendas).

Safrapay

maquininha de cartão - safrapay

A empresa oferece máquinas de cartão em que você não precisa nem comprar, nem alugar. Sim, o custo do aparelho é zero para você, na modalidade de comodato, em outras palavras, ela te empresta.

Além de ter 0% de taxa em crédito à vista e parcelado e apenas 1,85% no débito. E não pense que por ter esses diferenciais que possui poucas bandeiras como opção, já que ela aceita a maioria. Mas, claro, você precisa atingir uma quantidade mínima de vendas por mês.

iZettle

maquininha de cartão - izettle

A iZettle vende mais do que os serviços de um aparelho para cartão. Ela oferece rapidez. 

Isso porque a empresa promete transações realizadas com 25% a mais de agilidade. Ela também não cobra por aluguel e nem taxa por depósito bancário. Na verdade, você compra a máquina de cartão por 12 vezes de R$ 14,90. 

As taxas são de 1,97% no débito, 4,87% no crédito à vista e 1,99% por parcela no crédito. 

C6 Bank

maquininha de cartão - c6bank - c6pay

Para você que tem faturamento mensal a partir de R$ 5 mil mensais, a  C6 Bank pode ser uma boa opção.

Ela tem aluguel zero para esse cenário e aceita as principais bandeiras — na verdade, a maioria. Com a C6, você ainda ganha uma ferramenta de gestão financeira.

As taxas são de 1,99% no débito, 3,69% no crédito para receber em 31 dias, ou 3,99% para ter o dinheiro em 2 dias úteis. Crédito parcelado, 3,69% para receber a primeira parcela em 31 dias (e as demais em 30) ou 3,99% para ter o valor em 2 dias.

Percebeu como a lista é bem extensa de opções no mercado para você ter uma maquininha de cartão, né?

Saiba que ter esse aparelho em sua loja é só mais um dos diversos recursos que você precisa oferecer ao seu consumidor. 

Outro ponto fundamental para a sua empresa é agilidade no atendimento. E isso é pode ser feito graças a um sistema de gestão, que te ajudará muito em um PDV. Então, continue com a agente e descubra mais sobre o que é e como adotar a automação comercial no negócio!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

  • Messias disse:

    Muito bom seu explicativo referente as diferenças de modelos e suas vantagens, sanei todas as minhas duvidas.

  • >