O que é a rejeição 232 e como resolver

Atualizado há mais de 1 semana

No mundo fiscal, há uma série de situações que podem acontecer na hora de emitir um documento. Como a Rejeição 232.

Essa não é exatamente uma situação atípica e acontece quando há uma emissão para um cliente de pessoa jurídica, ou seja, a transação é de empresa para empresa.

A Rejeição 232 dá a mensagem “IE do destinatário não informado”. Mas, o que isso significa na prática?

Confira tudo o que você precisa saber sobre rejeição 232 agora.

O que é a Rejeição 232?

A rejeição 232 é um erro que ocorre quando há uma emissão de nota fiscal para uma empresa. E bem como a mensagem informa, a IE — Inscrição Estadual — do cliente tomador não é informada.

Uma situação em que a IE é válida, mas a SEFAZ do estado não está devidamente informada.

Isso é mais comum do que se possa imaginar e acontece quando a empresa tomadora é isenta ou não contribuinte.

Pegando como exemplo uma empresa em Belo Horizonte, em Minas Gerais, que precisa emitir uma nota fiscal de um cliente que também é uma empresa, mas em Vitória, no Espírito Santo.

Ao surgir a rejeição 232, a mensagem “IE do Destinatário não informada” significa que a SEFAZ-MG não recebeu a inscrição da empresa capixaba.

Como resolver o problema da rejeição 232?

O modo mais comum de resolver esse problema é encontrar o IE da empresa no site da Sintegra.

Ao encontrar o mapa do Brasil no site, clique no estado da empresa tomadora e, então, o CNPJ dela.

Assim, você encontra a Inscrição Estadual da empresa. 

De posse desse dado, você pode incluí-lo no campo correspondente do seu emissor para, então, poder gerar a NFe e evitar transtornos com o seu cliente.

Mas é claro que esse é um passo um tanto quanto delongado. Imagina em um dia em que a emissão de notas será maior e esse tipo de problema é comum.

Porque sim, a rejeição 232 não é uma situação rara e quando se fala de emissão para empresas, esse tipo de problema pode gerar transtornos no relacionamento com o cliente.

Se tratando de que venda para empresas costuma gerar maiores tíquetes-médios, então esse tipo de transtorno deve ser mais rápido.

É por isso que, nessas horas, ter sistemas parceiros que possam automatizar o trabalho de emissão de notas e até mesmo de suas consultas, será um caminho muito mais prático.

A eNotas possui o Gateway, um API simples e muito prático que ajuda automatizar os processos de emissão e consulta de NFe.

É um poderoso recurso que com uma simplicidade tremenda consegue integrar a sua empresa com todos os sistemas fiscais do Brasil.

A consulta pelo IE de seu cliente fica muito mais simples.

Além de uma integração completa, o API da eNotas é totalmente atualizado com tudo o que acontece nas SEFAZ dos estados.

Sem muito esforço para o seu desenvolvedor, que será capaz de não acreditar que da capacidade no Gateway da eNotas.

O mais importante, no entanto, é a capacidade de consultar todos os dados de uma empresa no Brasil que o Gateway possui.

Com ele, você consegue ter, de maneira muito simples, dados como a Razão Social, o CNPJ e, claro, a Inscrição Estadual.

Além de todos os dados cadastrais que a empresa tomadora tem disponível.

Com o Gateway da eNotas, ficou muito mais fácil consultar documentos fiscais, os dados se seus clientes e corrigir situações como a rejeição 232.

Conclusão

A rejeição 232 é uma situação comum que ocorre quando a SEFAZ não está informada sobre a Inscrição Estadual de uma empresa tomadora da Nota Fiscal.

Ela ocorre sempre em uma transição B2B, ou seja, entre duas empresas e emite a mensagem “IE do Destinatário não informada”.

Sua correção é simples de ser feita, bastando consultar no site da SINTEGO, de posse do CNPJ do cliente, e pegar o dado para voltar a emitir a nota.

Ainda que seja simples, esse processo pode ser mais trabalhoso do que o de costume e a contratação de sistemas que possam automatizar o processo ou mesmo facilitar a consulta será de grande valia.

Por isso, se você não quiser ficar dependendo de consultas que possam demorar horas para serem feitas, graças a um fluxo alto de erros e pode prejudicar, inclusive, a relação com seu cliente, procure por parceiros como a eNotas!

Com o Gateway, sua empresa consegue impulsionar as consultas e ainda ter um sistema completamente integrado com todas as SEFAZ do país, de canto a canto do Brasil.

É hora de parar de perder tempo com processos já ultrapassados. Conheça agora mesmo o Gateway da eNotas e facilite a correção de erros como a rejeição 232!

Head de Marketing na eNotas

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.