ansiedade-no-trabalho
NEGÓCIOS

Ansiedade no trabalho: Quais os sintomas? Como evitar?

Atualizado há mais de 3 semanas

A ansiedade é um sentimento difícil de ser contido e muitas vezes ela aparece diante de problemas que ultrapassam o nosso controle. Porém, há algumas atitudes simples que podem te ajudar a reduzir o aparecimento desse transtorno. Fique ligado!

Ter uma equipe de alta performance em uma empresa exige ter preocupação com a saúde de cada um dos colaboradores. 

Dentre problemas que surgem por causa do dia a dia, a ansiedade no trabalho é um dos que mais afetam as pessoas no mundo. 

Segundo a OMS, 33% da população mundial sofria com esse transtorno psíquico em 2016. E, se trouxermos esses dados para um recorte nacional, a situação fica ainda pior.

Isso porque, para a Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país com mais pessoas ansiosas no mundo: cerca de 18,6 milhões de pessoas (9,3% da população) são diagnosticadas com essa doença.

E não é muito difícil de se imaginar que boa parte desse número sofre influência do ambiente de trabalho. 

O problema disso é que esse quadro patológico interfere diretamente na qualidade de vida do funcionário, o que traz reflexo no resultado de suas tarefas diárias.

A desmotivação, o sentimento de incapacidade e insatisfação são só indícios desse transtorno, que, sem dúvida, irá interferir também na produtividade

Continue neste post e conheça mais sobre esse assunto: o perigo por trás da ansiedade, como identificá-la, quais são os sintomas e dicas de como evitá-la! 

1. Os perigos

Como qualquer outro problema, sobretudo relacionado à saúde, a ansiedade no trabalho traz sérios perigos. 

Mas antes, é preciso estabelecer que existem níveis de ansiedade. Por isso, não confunda a ansiedade, tal como transtorno, com aquele sentimento de expectativa sobre algo. 

A primeira é uma patologia e merece muita atenção, tanto de quem a possui, tanto para as pessoas que estão em seu entorno.

Já a ansiedade por mera expectativa não é algo que necessariamente seja ruim. Aliás, ela é natural, já que prepara a pessoa para grandes questões de vida, como o nascimento de um filho, por exemplo.

ansiedade-no-trabalho

Claro, situações de muita expectativa e dependendo de como a pessoa lida com esse cenário, pode, sim, ocasionar o desenvolvimento desse transtorno.

Uma das principais consequências para uma pessoa ansiosa no trabalho é exatamente o desvio do foco. Os ansiosos se sentem constantemente ameaçados e deixam de produzir melhor.

A qualidade de vida também fica seriamente comprometida. O colaborador pode se sentir incapaz de executar tarefas simples e a jornada de trabalho se transforma em um fardo,comprometendo o ambiente como um todo. 

A pessoa ansiosa também é mais distraída e tem sua memória afetada, ocasionando erros de execução de atividades consideradas mais corriqueiras e fáceis de serem realizadas. 

E não para por aí... 

2. Identificando a ansiedade no trabalho

Saber combater a ansiedade pode ser difícil, mas identificá-la de fato, talvez seja um desafio ainda maior!

Muitas vezes esse sentimento ocorre disfarçado em comportamentos e atitudes e nós sequer notamos. 

Entretanto, pode-se observar em pacientes com esse tipo de transtorno alguns sinais que servem de alerta e que, se não forem tratados, podem evoluir para problemas maiores. 

identificando-ansiedade-no-trabalho

Esses sintomas são o indício de consequências mais graves, tais como: esgotamento mental, gastrite, hipertensão, estresse, alergias e até mesmo a depressão. 

Para te auxiliar a entender um pouco mais e ficar por dentro do assunto, assista ao vídeo a seguir, nele é explicado os sintomas desse transtorno:

3. Dicas para controlar a ansiedade

É claro que a ansiedade não é um problema diretamente relacionado ao trabalho, mas muito de suas causas podem estar associadas à rotina desgastante em empresas. 

Então, fique atento a algumas dicas que podem fazer você controlar a ansiedade no trabalho:

3.1. Identifique a causa

O que te deixa ansioso? Ter essa resposta é o melhor ponto de partida para se tratar a ansiedade. 

Para descobrir isso é preciso rever todos os seus hábitos, atividades que realiza e até mesmo as atitudes que toma ao longo do dia. 

Esteja atento quanto aos momentos em que os sintomas se manifestam. Identificar a(s) fonte(s) geradora(s) desse sentimento é o primeiro grande passo, por isso, fique alerta!

3.2. Seja organizado

A organização no trabalho é um dos fatores que mais contribuem para a concentração e o foco. Logo, é recomendável que o local em que você desempenha suas tarefas seja organizado, limpo e que permita que você encontre algo assim que precisar. 

Livre-se de papéis, lixo, objetos que não usa mais em sua mesa de escritório, por exemplo. Essas atitudes, ainda que pequenas e de rotina, evitam desgastes que podem gerar estresse, como não saber onde está uma anotação importante. 

seja-organizado-ansiedade-no-trabalho

3.3. Faça pausas

Todo mundo sabe que a correria do quotidiano, é capaz de tirar completamente nossa tranquilidade e paz de espírito.

Entretanto, é fundamental parar um pouco, respirar e trazer o equilíbrio de volta. Se fizer isso, você poderá evitar a ansiedade no trabalho, como também, fluir melhor na produtividade,  realizando atividades mais precisas. 

Essas pausas podem ser para um café, um momento de descontração com outros colegas ou apenas para esticar as pernas. 

pausas-ansiedade-no-trabalho

Você se sentirá mais leve e os sintomas do transtorno serão aliviados. Além de voltar com um pouco mais de ânimo para a jornada. 

Por isso, mesmo que a agitação seja muito intensa, tente sempre parar e respirar um pouco. 

3.4. Estabeleça prioridades

Defina quais são as tarefas mais importante do dia, da semana, do mês... algo que faça sentido para sua jornada e para você desenvolver melhor todo o processo de trabalho. 

É interessante que determine também o tempo que levará para realizar cada atividade e que, claro, o respeite. E lembre-se das pausas!

Isso te ajuda a atingir melhor suas metas, evita imprevistos e ansiedade é diminuída e você se torna mais organizado também.

3.5. Não se esqueça de... Você!

você-ansiedade-no-trabalho

Essa dica é para que se reflita sobre limitações e necessidades. Não é defeito algum reconhecer uma falha ou uma falta de aptidão para algo. 

Se realmente não souber realizar algo: fale! Não abrace o mundo, não coloque tudo sobre seus ombros e pense em sua saúde mental, que pode sofrer muito se acumular tarefas. 

Nesse sentido, não se esqueça de que você é um ser com limitações e que requer melhorias também. Ciente disso, você poderá controlar  melhor suas atividades e angústias.

3.6. Evite procrastinar

A procrastinação é inimiga da organização, do prazo, das metas, da assertividade... de tanta gente, que você não estaria de fora dessa listinha. 

procrastinar-ansiedade-no-trabalho

Mantenha-se longe do “depois eu faço” ou do “vou deixar para amanhã”. Essa postergação só atrapalha seu ritmo habitual e alimentará boa parte dos motivos que contribuem para o surgimento da ansiedade no trabalho.

Antecipe suas demandas, redefina suas metas e mãos à obra! Claro, faça isso sempre respeitando o seu próprio ritmo, as pausas e aquele momento para planejar suas tarefas. 

3.7. Repense sua vida fora do trabalho

A ansiedade pode até estar envolvida com o trabalho, mas as consequências acabam extrapolando os limites da empresa em que se trabalha. 

E é por isso que você precisa repensar seus hábitos em casa, com sua família, amigos. 

Avalie se há algo, em seu dia a dia, que possa te deixar mais ansioso. Muitas vezes é uma companhia tóxica, problemas de relacionamento ou familiar. Nesse cenário, é importante até mesmo repensar sua alimentação.

3.8. Mantenha-se saudável

Agora, é hora de parar e refletir sobre sua saúde em outros aspectos: alimentação e atividades físicas, principalmente. A ansiedade no trabalho pode estar muito atrelada a descuidos consigo mesmo nesses tocantes. 

E para evitá-la, é preciso realizar atividades físicas, mesmo que seja uma caminhada de 20 minutos na praça da esquina. 

Sua alimentação precisa ser equilibrada. Sabe aquele Fast-food dos intervalos e aquelas guloseimas deliciosas? Deixe-as para o final de semana. Priorize uma alimentação mais natural.

3.9. Seja positivo

Bom, atualmente, as notícias não são lá as melhores... Sejam questões políticas, sociais  ou até mesmo profissional. Sempre tem algo que te deixará para baixo. Ainda assim: força! 

Pense positivo. Pense na superação e que você é capaz de sair de cada situação negativa. 

positividade-ansiedade-no-trabalho

Cerque-se de boas companhias, informações e notícias positivas. Músicas, filmes e hobbies que propiciem o bem-estar também são alternativas válidas. Isso pode te ajudar a ficar melhor, mesmo que o mundo não esteja ao seu favor.

3.10. Procure um especialista

Se a ansiedade no trabalho é um problema que você não tem encontrado solução, pense em procurar uma ajuda médica. 

Profissionais da área da psicologia, psicanálise e psiquiatria são os mais adequados para esse tipo de situação. 

Com eles, você terá maneiras: de encarar esses problemas, de aliviá-los e de superá-los, mesmo que pareça difícil. 

A ansiedade no trabalho é de fato um problema que deve ser levado muito a sério, tanto pela empresa quanto pelo próprio colaborador. 

E dentro da organização, é fundamental oferecer as melhores condições para um ambiente saudável e que preserve a saúde de um funcionário. 

Então, não sinta vergonha ou sequer cogite que seria um dinheiro mal gasto. Nunca é caro demais investir em VOCÊ! 

Para ter acesso a outras dicas como as desse post, que podem, ainda, te ajudar a crescer em números de vendas, que tal seguir o eNotas nas redes sociais? 

No Facebook, LinkedIn e no YouTube , há sempre uma novidade e textos primorosos que te ajudarão em muito em sua vida de empreendedor. Siga a gente lá! 

Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email.
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.