Copy: como fazer e 10 exemplos que convertem

Atualizado há mais de 1 semana

Copy é um termo muito usado no marketing que consiste em um texto com foco na conversão. Para isso, é necessário persuasão e escolhas das palavras certas para fazer com que o usuário se interesse.

Uma boa copy é muito mais do que um texto bem escrito. É uma ferramenta que pode ser mensurada e trazer resultados reais para um negócio.

Dada a sua importância, a copy tem atenção especial no marketing e no time de vendas de uma empresa.

Por isso mesmo, confira um pequeno guia de como fazer e alguns exemplos de copy que convertem para usar em sua estratégia.

O que é uma copy?

Copy é o diminutivo de copywriting. Trata-se de uma estratégia que utiliza persuasão para atrair o usuário a converter.

Por isso, ela contribui diretamente na decisão de compras de uma pessoa, isso quando sua estratégia é de fundo.

A copy atua também em outras etapas da jornada de compras de uma pessoa, ajudando a qualificar um lead e a levá-lo para mais uma etapa em seu processo de conversão.

Para tudo isso, a copy envolve técnicas de escolha de argumentos que ajudam o usuário a praticar determinada ação. O que é muito comum o uso de gatilhos mentais.

É preciso dizer que a copy é uma técnica mensurável. É possível medir a eficiência de um texto de conversão, seja com um número de clicks, taxa de conversão ou mesmo CTR.

Estratégias para construir uma copy

A copy é um texto muito bem feito no sentido de atrair uma pessoa a gerar determinada ação. E para isso, é necessário criar mecanismos que possam fazer essa ferramenta eficiente.

Todas essas estratégias ajudam uma copy a gerar resultados. Confira.

Entenda seu público-alvo

O público-alvo é essencial para uma campanha de marketing e sem ele uma copy não faz absolutamente nada.

Não é exagero: a copy é um texto direcionado, ele precisa ser direto e saber exatamente com que ele está falando.

Ela não pode ser abrangente, precisa ser específica e entender exatamente o que determinado público quer. Por isso, na cerne de uma copy está o público-alvo.

Logo, ter um estudo de público-alvo é essencial para que a copy comunique o que precisa comunicar com o detalhe e a especificidade de cada nicho.

Informações como:

  • Gênero;
  • Idade;
  • Dados demográficos;
  • Principais interesses;
  • Problemas comuns…

Ajudam a encontrar a forma de se comunicar com esse público.

Tendo essas informações, já dá para fazer uma copy estratégica.

Defina o tom de voz

Com os dados do tópico anterior, já dá para saber se: o seu público é mais formal ou é descolado? Ele é um gestor ou um analista? O problema que ele tem é pessoal ou para empresa?

Tudo isso faz muita diferença para definir o tom de voz da copy. Isso faz com que a pessoa se identifique melhor com a proposta copy e tenha mais chances de converter.

Costumeiramente, o tom de voz ajuda a trazer também a forma como você expõe certos argumentos.

Tenha dados

Quando você leu sobre público-alvo, percebeu que dados sobre ele são importantes. Mas aqui, entenda como números.

Quanto de investimento o seu produto dá de retorno para uma pessoa? Quanto tempo ele reduz uma determinada tarefa? Qual o percentual de crescimento em algo que sua solução dá para o seu cliente?

Todas essas respostas são números e eles podem estar em uma copy.

Esses dados não podem ser tirados do nada: é preciso se embasar em pesquisas de fontes validadas e reconhecidas.

Se são dados extraídos de sua própria base de clientes, você já tem um ótimo gatilho mental que é o da prova social, que é exatamente quando uma pessoa dá um depoimento sobre a eficiência de algo. 

Perceba que a copy não é só um texto curto. Ele é todo o conjunto de técnicas de um conteúdo para ajudar um usuário a converter. Por isso, use não só os títulos, mas as descrições para apresentar esses números.

Use gatilhos mentais

Gatilhos mentais são recursos persuasivos que atuam no sentimento de uma pessoa e naquele momento em que, impulsionada a esse sentimento, ela toma a decisão sobre algo.

Para isso, os gatilhos mentais podem se valer de alguns recursos para captar esses leads, o que faz com que cada um tenha uma característica:

  • Gatilho de urgência: é aquele que age para que o lead converta rapidamente, como ofertas que acabam em determinado tempo, por exemplo;
  • Gatilho de escassez: são o conjunto de argumentos que mostram que algo está acabando, ou por ter poucas unidades ou pela oferta valer por pouco tempo, bem parecida com a urgência;
  • Prova social: como você leu, esse gatilho mostra a opinião de outras pessoas sobre um produto;
  • Reciprocidade: é um dos gatilhos mais usados pelos profissionais de copy. É quando você oferece algo em troca da conversão. Muito usado em gatilhos para materiais ricos, por exemplo.
  • Afinidade: é o gatilho que compartilha sensações com o seu lead, que se identifica com elas. Esse tipo de argumento precisa ser usado quando há um conhecimento muito profundo da sua persona.

Você pode conhecer melhor e outros gatilhos mentais neste artigo.

Exemplos de copy

Que tal agora 10 exemplos de copy que convertem? Antes, é preciso dizer que cada copy precisa atender a demanda de seu negócio e, claro, do seu público.

Por isso, esses exemplos nada mais são do que inspirações para que você possa converter mais utilizando seus próprios dados e características de negócios.

Confira:

1.      Copies para site

Para os negócios que possuem um site, nada melhor do que uma copy que já possa converter na home.

Essas copies que estão no site principal da empresa precisam converter apresentando à empresa e o que ela pode fazer pelo negócio.

Confira alguns copies de home page para se inspirar:

  •  Você vende, nós cuidamos das notas fiscais. (eNotas);
  • A plataforma mais escolhida na América Latina por quem quer vender e lucrar. (Hotmart);
  • Impulsione sua empresa com conteúdo que performa (Rock Content).

2.      Copies para anúncios

As copies quando usadas em anúncios precisam ser ainda mais agressivas. Por isso, é imprescindível que ela tenha dados e entregue a solução que o produto oferece ao público.

  •  Reduza em 50% o tempo de emissão de notas com a eNotas;
  • Confira 5 benefícios que sua empresa tem com a automatização de notas;
  • Aumente 5x sua receita economizando tempo do setor fiscal.

3.      Copies para landing pages

Neste caso, as copies precisam fazer com que o leitor se sinta atraído em dar seus dados para a página. Em troca, claro, de algo.

Por isso, os gatilhos mentais que mais podem funcionar aqui são o de urgência, exclusividade e reciprocidade, desde que deixem claro o que o usuário ganha em troca.

  •  Como recuperar os leads do carrinho abandonado e otimizar seu checkout? Baixe gratuitamente preenchendo o formulário!
  • Receba em seu e-mail o estudo exclusivo sobre o panorama do setor fiscal de pequenas e médias empresas do Brasil;
  • Últimos descontos para receber mentoria sobre como automatizar seu setor fiscal!

4.      Copies de CTA

Os CTAs são elementos essenciais para toda campanha de marketing, seja aquelas de mídia paga ou mesmo para copies de landing page.

São as famosas chamadas para a ação e, por isso, devem ser curtas e majoritariamente usar verbos imperativos.

  • Inscreva-se nas aulas gratuitas!
  • Baixe o material agora mesmo!
  • Acesse o teste grátis!

5.      Copies para descrição de produtos

Já essas copies ajudam o usuário a conhecer melhor o que sua empresa oferece. Para isso, é necessário ser contundentes, mostrar vantagens e escaneável.

Confira esses exemplos:

Emitimos suas notas fiscais automaticamente para você evitar altas multas do fisco e poder focar em:

  • Aumentar suas vendas;
  • Produzir melhores conteúdos;
  • Atender melhor seus clientes;
  • Cuidar do que mais importa;
  • Prosperar e viver mais!

Neste exemplo usado pela eNotas, ainda há as provas sociais de clientes. Confira no link.

6.      Copies para chatbot

No caso de chatbot, é preciso trazer aproximação com o usuário. Então, é preciso ser mais proativo, tentando atrair o leitor para fazer algo junto. Quase professoral mesmo.

Esses exemplos podem ser boas inspirações:

  • Você quer aprender a automatizar seus processos?
  • Oi! Como podemos ajudar hoje?
  • Que tal conhecer melhor sobre processos de automatização? Me diz aqui se quiser!

7.      Copies para e-mails

Os copies para e-mails são uma das formas mais atrativas de usar essa ferramenta. E também das mais desafiadoras.

Primeiro porque é preciso atuar já no assunto, de forma a convencer o usuário a abrir o seu email.

Depois, é necessário pensar em copies envolventes para o corpo do email, que precisar ser de maneira diferente da do assunto.

Nestes, você pode usar gatilhos dos mais diversos e sempre de modo rápido – não espere que o usuário role muito a página para achar sua oferta.

Em assuntos, é preciso ser ainda mais direto:

  • Abra esse email e tenha um desconto exclusivo;
  • Ei, [NOME DO LEAD]. Você quer ter produtividade?
  • 🚀 Impulsione sua estratégia com essas dicas.

Lembre-se que você precisa se destacar dentro da caixa de email de uma pessoa, que por sua vez, pode estar lotada e cheia de outras demandas.

8.      Copies para SEO

O SEO também utiliza copie em sua estratégia. Nesse caso, a disputa de atenção é na SERP, a página de resultados do Google.

Para conseguir atingir as melhores posições orgânicas na página, os profissionais de SEO precisam pensar em atrair os usuários para sua página.

E fazem isso com textos rápidos e que possam entregar o que encontrarão em um conteúdo bem ranqueado.

  • 10 exemplos de copies que convertem!
  • O que é Nota Fiscal? Confira agora!
  • Como aprender a tocar violão em 5 passos!

9.      Copies para aplicativos

Outra boa estratégia de copies é o uso para plataformas de app. Nesse caso, o trabalho se assemelha com o de SEO, mas com outra mecânica.

A disputa aqui é nas lojas de aplicativos e é preciso ser ainda mais sucinto do que na SERP. Com algumas técnicas chamadas de ASO você pode ter melhores resultados de download de app.

Lembre-se que é necessário conter palavras-chaves fortes para o seu negócio.

Algumas copies que podem ajudar:

  •  Aprenda e traduza sinais em Libras e ASL de graça com o Hugo (Hand Talk);
  • O CRM que registra suas ações de vendas e centraliza tudo em um só lugar (RD Station).

As copies ficam na parte descritiva do produto, logo abaixo do nome do app. Por isso, precisam ser um complemento inicial da descrição do aplicativo.

10.  Copies para páginas institucionais

As páginas institucionais são aquelas em que se apresenta o negócio. E para elas, é necessário ter também uma boa copy.

É preciso pensar sempre no tom de voz da sua empresa e também em ser atraente ao seu público, já que essa página não necessariamente vende, mas tenta apresentar uma certa autoridade para as pessoas.

Na página, seja descritivo, sem ser chato. Apresente dados, informações de crescimento da empresa e depoimentos de seus clientes.

  • Somos os responsáveis por você ter metas atingíveis.
  • A [empresa] te ajuda a criar copies incríveis.

Como avaliar resultados

Você já sabe que a copy é uma ferramenta de marketing mensurável. E é imprescindível que sejam avaliados seus resultados.

Algumas métricas que podem ajudar a saber se a copy funciona são:

  • CTR: é a taxa de clique. Ela analisa quantos cliques são dados em determinadas copies por vezes em que ela é visualizada. Pode ser usada tanto em mídia paga como SEO;
  • Taxa de abertura: é a métrica de e-mails. Analisa quantas pessoas receberam e abriram um email. Obviamente, a copy de assunto é analisada aqui.
  • Número de downloads: define quantas pessoas realizaram uma ação em uma página. Essa métrica precisa ser analisada com outras, como o número de visitantes em uma página.

Achar qual é o melhor cenário em cada uma dessas métricas é possível com testes A/B. Neles, você estipula duas variáveis na copy e testa qual a que melhor traz resultado.

O teste A/B é um ótimo validador de hipóteses e altamente escalável. E também uma ótima técnica de copywriting, que você conhece melhor agora!

Jornalista, escritora e pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.