5 dicas básicas para sua empresa criar uma boa estratégia de email marketing

Por ser um método usado há bastante tempo, o email marketing já foi considerado ultrapassado. Mas será que isso é verdade?

Bom, na experiência que temos com marketing digital, esse meio de comunicação tem provado ser um importante canal de relacionamento com o cliente — muitas vezes não só um importante canal, mas sim o principal.

Isso porque a versatilidade do email permite que ele seja usado tanto para o envio de conteúdos introdutórios -  visando engajar o consumidor - como para abordagens mais comerciais e próximas ao momento de venda, adequando-se aos conteúdos de todos os estágios do funil de vendas.

Para obter resultados positivos com a ação, no entanto, é necessário investir no planejamento das campanhas. Pensando nisso, selecionamos para você 5 dicas de como criar uma boa estratégia de email marketing para sua empresa. Confira:

1. Não compre listas de email

Um dos motivos que fizeram o email marketing cair em descrédito por algum tempo era a prática comum de compra de listas de emails.

As empresas faziam contatos com usuários desinteressados nas ofertas e de forma invasiva, uma vez que o email não havia sido informado pelo próprio usuário.

É fundamental construir a própria lista de forma a impactar consumidores que já demonstraram interesse prévio pelo serviço ou produto. As soluções mais recorrentes no marketing digital são:

Landing Pages

Criadas especificamente para trocar um conteúdo relevante para o consumidor pelas informações de contato dele, as landing pages visam agregar algo novo ao usuário. Por isso, ele se dispõe a informar o seu email.

Diversas práticas podem ser adotadas na estratégia de marketing digital da empresa com a intenção de melhorar a taxa de conversão.

Pop ups

Podem ser usados nas páginas do site, tanto na entrada do usuário quanto quando ele ameaça fechar a janela.

As abordagens com pop ups devem ser relevantes, oferecendo um conteúdo complementar em forma de aula, webinar, ebook, infográfico ou algum outro recurso que atraia a atenção do usuário sem prejudicar a experiência de navegação.

2. Defina um objetivo

Para que a campanha atinja os resultados esperados, é necessário que se estabeleçam metas e um objetivo para a ação. O foco pode ser gerar vendas, informar, engajar, promover os materiais da empresa, etc.

Com clareza, é possível definir algumas características fundamentais da solução, como:

Persona

É importante segmentar os contatos em nichos e assim encaminhar emails que sejam relevantes para os interesses previamente apresentados. Ter personas (representações fictícias do seu cliente ideal) vai ajudar bastante na definição do objetivo.

Linguagem

Conhecendo a persona e o foco da campanha, deve-se definir qual linguagem será adotada nos contatos, mais formal ou informal. Também é essencial que a linguagem seja padronizada em todos os emails enviados.

Ações

Por fim, é preciso estabelecer quais ações farão parte da campanha. Por exemplo, quais materiais serão oferecidos, qual a periodicidade dos contatos, entre outras informações. O propósito da campanha é que deve nortear as atividades realizadas.

3. Defina o layout mais apropriado aos objetivos do seu email

Uma estratégica eficaz, mas apresentada de forma inadequada ao contato, pode prejudicar as chances de sucesso da sua campanha. Portanto, o layout do email marketing deve ser pensado estrategicamente, assim como as demais ações.

É comum que usuários não rolem o email, portanto as informações mais importantes devem ser exibidas logo no início (primeiros 300px de altura).

Dessa forma, se a finalidade for oferecer o download de um conteúdo, por exemplo, essa informação deve estar bem destacada. O uso de call to action pode favorecer esse processo de decisão do usuário, desde que seja moderado.

Uma dúvida recorrente ao pensar no layout do email é se ele deve conter mais texto ou mais imagens. O indicado é que haja uma divisão: 40% de imagens e 60% de texto, por exemplo. Esses números podem variar de acordo com o propósito do contato.

Por fim, invista em um template responsivo, tanto nas imagens quanto no texto, para que sejam legíveis aos usuários que abrirem por dispositivos móveis. E antes de disparar os emails, confira se está tudo certo!

4. Segmente e automatize sua estratégia

A segmentação de campanhas de email marketing é uma prática essencial para quem deseja eficiência. Com ela, é possível separar a audiência por interesses e assim aumentar a relevância dos contatos realizados.

Por exemplo, um lead que está pesquisando por um smartphone novo não quer receber informações sobre eletrodomésticos. Essa falha na segmentação pode custar uma venda.

Para que a segmentação seja eficiente é importante unir a ela uma ferramenta de automação de marketing digital. Conforme a empresa for aumentando o número de contatos, apenas a automação pode garantir a agilidade no envio dos emails, mesmo com um grande volume de destinatários.

Criar um calendário de envio de emails que seja condizente com os interesses do contato e o avanço dele na jornada de compra, é uma alternativa para organizar os disparos e não perder a frequência de contatos.

5. Analise os resultados obtidos

No marketing digital, a etapa de análise dos resultados é fundamental. É possível identificar se ações têm atingido os objetivos traçados inicialmente ou se é necessário adequar algum ponto, visando uma melhora do desempenho da campanha.

Nesse sentido, as diversas métricas de email marketing devem ser acompanhadas para analisar a performance da campanha. Algumas das principais são: emails entregues, taxa de abertura, taxa de cliques, taxa de conversão, entre outras.

É importante ter em mente que enquanto algumas métricas são avaliadas em números absolutos, outras devem ser consideradas proporcionalmente, de forma que seja possível avaliar mais detalhadamente a evolução das campanhas.

Caso os emails não estejam atingindo os objetivos esperados, as métricas também ajudam a direcionar quais ajustes e otimizações devem ser realizados.

Uma estratégia de email marketing -  principalmente quando somada a outras soluções de marketing digital - oferece diversas oportunidades para a empresa relacionar-se com os usuários, seja nas vendas diretamente ou na fidelização de clientes.

No entanto, para que bons resultados sejam obtidos, é imprescindível que as ações sejam desenvolvidas de acordo com as boas práticas e com um planejamento adequado aos interesses do negócio.

Quer consolidar o relacionamento com seus clientes a partir do email marketing? Faça o download gratuito do ebook O Guia do Email Marketing e aprenda a aprimorar essa estratégia de marketing digital!

*Guestpost produzido pela equipe da Resultados Digitais

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>