APIs: como usá-las para escalar a empresa e gerar mais negócios

Atualizado há mais de 3 semanas

Quando se pensa nas facilidades da internet, talvez você sequer saiba o papel de uma API nesse assunto. Ou pior: talvez nem saiba o que seja esse recurso.

Não é para menos, afinal, essa sigla está presente na vida de muitos desenvolvedores e empresas Saas, por exemplo. Para o público em geral, basta saber que a mágica acontece e tudo bem.

Mas, se você é alguém que já ouviu essa palavrinha em muitas rodas de conversa e ficou perdido e quer saber como ela pode ajudar a potencializar o seu negócio, então fique no texto e conheça um pouco mais sobre a API. 

O que é como funciona uma API

A API é a sigla para o termo em inglês para Application Programming Interface, que pode ser traduzido para Interface de programação de aplicativos. 

Na prática, é um recurso que faz uma ponte entre duas interfaces diferentes. Por exemplo, quando você se cadastra no login de uma loja de compras online com os dados do Facebook.

Essa conversa entre duas plataformas que não possuem qualquer similaridade é feita por um API. 

A funcionalidade é aplicada, como você pode imaginar, para muitas outras situações, como, por exemplo, na integração do seu sistema fiscal com os das prefeituras quando for emitir notas.

Nesse caso, a API facilitará a vida do gestor fiscal porque imagina lidar com cada legislação municipal na hora de consultar notas de cidades diferentes. Complexo, não?

Vale lembrar que a emissão de notas é legislada pelo município e cada um tem as suas próprias regras. Isso significa que se você tiver 5 fornecedores de 5 cidades diferentes, você deverá estar atento a 5 legislações distintas. Complexo mesmo!

5 formas de como uma API te ajuda a escalar o negócio

Deu para ter uma rápida ideia de como a API funciona e já pensar em algumas soluções para escalar o seu negócio com ela, certo?

Pois, ter uma API em seu sistema fiscal é uma grande vantagem estratégica. Veja 5 motivos que fazem ter certeza disso. 

Integração e adaptabilidade

Os primeiros dois motivos você já sabe qual é: a integração de um sistema com outras plataformas. 

Isso dá dinâmica no seu setor fiscal, por exemplo, porque com a API poderá monitorar todos os sistemas municipais do Brasil.

Sem falar da tranquilidade quanto às consultas de documentos fiscais, já que a integração que a API dá faz com que seu sistema fiscal esteja “de olho” quando há atualizações municipais, erros de emissão ou qualquer problema relacionado a isso. 

Velocidade

A velocidade é uma consequência do tópico anterior. Pensando pelo lado de uma e-commerce: se todo cliente tiver que fazer login manual, imagina o tempo que ele pode levar para realizar uma compra? 

Com a API, seu cliente fará o login em sua plataforma em segundos. 

Voltando para as empresas que buscam soluções fiscais, a API volta suas atenções para a consulta de NFe e demais documentos. Pense no tempo que você levaria para realizar o processo de maneira “tradicional”. Tudo poderá ser realizado em questão de segundos. 

Com uma API em sua empresa, a velocidade das integrações fará com que sua equipe fiscal poderá focar nas melhores estratégias centradas no core business do seu negócio. 

Bem como a automatização, que fará com que menos erros ocorram com relação à legalização de seus documentos fiscais, o que dará mais credibilidade no mercado. 

Comunicação JSON

Ter processos simplificados em sua empresa significa dizer que os funcionários não terão problemas operacionais no dia a dia. 

E o JSON faz isso para os desenvolvedores de sua empresa. O JavaScription Object Notation faz uma  comunicação entre sistemas mais simplificados, fazendo com que aquele monitoramento de documento fiscal — para os setores contábeis — sejam mais fáceis de serem realizados. 

Monetização de acessos

Essa é uma vantagem bem interessante para muitas Saas – empresas que trabalham com acessos pagos a seus serviços. 

Apenas com o login em sua plataforma será possível entregar seus serviços para as pessoas. Você pode, com isso, liberar algumas funcionalidades gratuitamente, mas o que dará lucro mesmo é o acesso pago. 

Como você viu, a API pode ser uma peça fundamental na escalada de seus negócios, sobretudo se você for uma Saas. 

É claro que boa parte desses exemplos foram com soluções fiscais, afinal, esse setor requer toda atenção da gestão porque é de lá que pode existir a receita para investimentos ou mesmo o mapeamento de despesas de sua empresa. 

Se todo o cuidado é pouco para esse setor, uma boa solução para você é um serviço de consulta e emissão de notas como o Gateway da eNotas. 

Com ele, você terá uma poderosa API REST que dará poder com a simplicidade. O Gateway dialoga com qualquer plataforma, de qualquer lugar: seja no smartphone, desktop, tablet ou maquininhas smartPOS.

Conheça agora mesmo o Gateway eNotas e impulsione suas vendas!  

Jornalista e apaixonada por produzir conteúdo nos mais diferentes formatos. Nas horas vagas, é fotógrafa, viajante e mãe de suculentas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.