O que é, como funciona e como anunciar no Facebook Ads

Atualizado há mais de 1 semana

O Facebook é um verdadeiro fenômeno da internet, entrando na história como uma das redes sociais mais importantes que já existiram. A criação de Mark Zuckerberg, agora chamada de Meta, foi a primeira rede social a superar 1 bilhão de contas registradas e, atualmente, soma 2.7 bilhões de usuários ativos mensalmente. 

Tamanho impacto e diante de números tão expressivos, o alcance da rede social se tornou uma ferramenta muito útil. Assim, surgiu o Facebook Ads, uma forma de fazer anúncios, divulgar produtos e serviços e aumentar a visibilidade para negócios e marcas. 

Hoje, a ferramenta é um dos pilares das campanhas de marketing digital de várias empresas, que apostam nos anúncios para aumentar o reconhecimento. Se você ainda não usa o Facebook Ads, é hora de repensar sua estratégia: esse recurso permite que você seja encontrado pelas pessoas certas, na hora certa. 

Por isso, se você quiser saber o que é, como funciona, e como anunciar no Facebook Ads, vem com a gente e confira este post!

O que é Facebook Ads? 

O Facebook Ads é o sistema de mídia paga do Facebook (hoje, chamado de Meta) que permite criar anúncios com diversos formatos. O recurso se mostra muito eficaz, disponibilizando formas de segmentação para os anunciantes, direcionando os anúncios para públicos específicos e gerando maior número de conversões.

Dessa forma, é possível personalizar e criar diferentes públicos, unindo seus interesses, localizações, gêneros, idades e outras tantas opções e, assim, direcionar seus anúncios para as pessoas certas.

Por que usar o Facebook Ads? 

Sabemos que ser encontrado é uma parte importante para qualquer negócio. Afinal, a divulgação é importante para atrair novos clientes. No entanto, nem todos que se depararem com sua empresa vão ter interesse por ela. Porém, se você pudesse direcionar os esforços de divulgação para um público cujos interesses se relacionem com seu negócio, tudo ficaria mais fácil, não é mesmo? 

É aí que entra o Facebook Ads! Com a ferramenta é possível segmentar os anúncios para  um público condizente com seus objetivos de negócio, atuando de forma integrada com as demais ações já executadas pela sua equipe. Assim, seus anúncios funcionam como um verdadeiro “ímã” para atrair os clientes ideais, mais propensos a adquirirem seu produto ou serviço.

Hoje, o Facebook Ads é uma das mídias pagas mais eficientes do mercado, já que além do crecente público usuário da rede, suas campanhas podem adquirir diferentes formatos, não se limitando apenas aos textos.

Como funciona? 

O Facebook Ads funciona promovendo um anúncio, direcionando-o para um público pré definido pelo criador da campanha. Hoje, é possível criar um anúncio do zero, ou promover uma publicação já existente na fanpage. 

Para que o anúncio alcance as pessoas certas, é preciso definir alguns requisitos. São eles: objetivo, público-alvo e investimento. São esses fatores que vão moldar os caminhos que a campanha deverá percorrer.

Outro aspecto fundamental do anúncio é a mídia escolhida, que será responsável por captar a atenção do usuário. De uma forma geral, o anúncio deve passar a imagem pretendida ao ser criado. 

Além disso, a segmentação, ou seja, direcionamento do anúncio para um público específico, também é um dos tópicos cruciais. Você pode segmentar por meio de interesses, tipos de tecnologia, datas de nascimento e até mesmo o fim de um relacionamento.

De uma forma resumida, os dois principais pontos que merecem atenção são:

  • Texto: além de persuasivo, o texto deve refletir a imagem que sua empresa ou negócio querem passar. 
  • Imagem: é a primeira coisa que o usuário percebe, e por isso, deve ser chamativa.
  • Call-to-action: com a atenção do usuário captada, o CTA é fundamental para direcioná-lo até o local pretendido. 

Como usar o Facebook Ads?

Acho que já deu pra entender as vantagens de usar o Facebook Ads para promover seu negócio, né? Então, é hora de aprender de uma vez por todas como usar essa Ferramenta. Antes de tudo, é importante lembrar que você precisa ter uma fanpage criada! Não é permitido criar anúncios caso a sua empresa use um perfil comum.

Confira o passo a passo!

1. Gerenciador de Negócios

Para começar, acesse o Gerenciador de Negócios, na sua fanpage, e faça o login.

O Gerenciador de Negócios é a ferramenta de criação e análise de anúncios completa que você vai usar para criar, alterar e acompanhar as suas campanhas.

Para começar um anúncio, é só clicar no botão “Criar”. 

2. Definição de um objetivo

É hora de definir um objetivo para esse anúncio: O próprio Facebook apresenta algumas opções, como reconhecimento da sua marca, alcance e tráfego, que são explicados detalhadamente ao passar o mouse por cima de cada objetivo.  

Depois de selecionar uma opção, vá até o final da página, confirme a opção e comece a configurar a campanha. 

3. Segmentação do público

Agora, você vai criar o público que deseja alcançar e direcionar esse e outros anúncios. Você pode salvar essa definição e usá-la futuramente. Em cada ícone, podemos ver também o símbolo de mais informações, assim é possível entender cada informação selecionada.

Essa etapa é extremamente importante para sua estratégia de marketing digital, oferecendo a oportunidade de alcançar o cliente ideal. Por isso, para definir seu público, tenha em mente sua persona

Conforme você for afunilando as opções, no canto direito da tela poderá acompanhar como será a média de alcance desse anúncio. Segmentação é a palavra-chave para um anúncio e uma campanha de sucesso, você precisa otimizar os seus gastos e atingir o usuário certo.

Por exemplo, na hora de definir a localização, é possível definir um raio além dos limites da cidade escolhida, assim, é possível abranger públicos próximos à cidade, mas que residem em municípios próximos.

Também é possível escolher qual característica das pessoas relacionadas a essa cidade você deseja que seja contabilizada. Abaixo do mapa, selecione todos nessa localização.

Os dados demográficos também são cruciais! Gênero e idade, por exemplo,  vão variar de acordo com o seu negócio e com o seu público atual. E é possível selecionar mais dados demográficos muito interessantes.

Há ainda a opção de aproveitar ao máximo os dados que os usuários fornecem ao Facebook. Você também pode criar públicos por meio do seu status de relacionamento (solteiro, casado etc), sua formação profissional, ocupação, país, lugares que frequentam, gostos pessoais e vários outros dados.

Por fim, você pode salvar esse público para usá-lo novamente depois.

4. Escolha o posicionamento do anúncio

A próxima etapa é o posicionamento do anúncio, ou seja, a localização dele para o usuário.

O Facebook oferece duas opções: automáticos e manuais. No automático, configuração recomendada, o próprio Facebook vai definir as melhores posições de acordo com o seu orçamento. Já no posicionamento manual, é você quem escolhe os locais.

5. Controle de gastos 

Chegamos em uma etapa importante: a definição dos gastos. Nesta fase, é possível definir quanto você deseja pagar por clique no link.

A veiculação padrão dos anúncios é feita ao longo do dia, para que mais pessoas os visualizem. Além disso, é possível selecionar uma programação, escolhendo data e hora para início e fim do anúncio.

6. Conteúdo

Nesta etapa, você vai montar e configurar todo o conteúdo do seu anúncio. Para isso, você deve selecionar a sua fanpage, para vincular ao anúncio e conectar a sua conta do Instagram. 

Você pode criar anúncios com múltiplas imagens, chamado de Carrossel, em que as imagens ou vídeos passam lado a lado e também imagem ou vídeo único. Outra opção é criar um anúncio a partir de uma publicação já existente na página.

Depois, você deve escolher as mídias que vão compor seu anúncio. No canto da página há uma breve explicação sobre boas práticas para a imagem ou vídeo correto. Um pouco mais abaixo, ainda na mesma tela, vamos definir texto e links para vincular ao nosso anúncio.

Durante a criação, o Facebook oferece uma prévia de como o anúncio vai ficar.

Além disso, o anúncio pode ter um botão para chamada de ação, ou call to action. Esse recurso é essencial para incentivar o usuário a tomar uma atitude, principalmente se for alguma específica, como acessar o site. Assim, você pode direcionar seus potenciais clientes para uma landing page, seu site ou carrinho de compras, por exemplo. 

Anúncio pronto! Agora, ele vai para a etapa de análise, que deve demorar alguns minutos até que o pagamento seja processado. Com o anúncio em circulação, você pode avaliar como foi o engajamento. Mas como fazer com que o público engaje com o seu anúncio? Continue com a gente por aqui, e descubra! 

Jornalista, escritora e pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais.

Comentários

  1. Estou buscando algo desse tipo,trabalho de pedreiro a muito tempo,é com o passar desse tempo o desgaste e cansaço está visível.E talvez eu tenha que buscar aprender algo no digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.