ginfes
LEGISLAÇÃO

O que é Ginfes?

Atualizado há mais de 3 semanas

Acompanhe o nosso guia e descubra o que é e quais os benefícios do Ginfes. Veja também como emitir NFS-e utilizando essa ferramenta. Confira!

Você sabe o que é Ginfes? Qual a relação dele com a emissão de uma Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e)? Bom, de antemão adianto para você que um foi feito para o outro! 

A Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) é um documento exclusivamente digital utilizado para registro de venda, ou seja, trata-se de um comprovante fiscal que formaliza a transação entre comprador e vendedor.

E em se tratando desse tipo de nota, cada município possui uma regulamentação e ambiente específico para a emissão desse documento. O Ginfes, por exemplo,  é uma dessas plataformas gratuitas fornecidas pelas prefeituras para que se possa realizar essa atividade.

Esses softwares de emissão de notas têm como objetivo auxiliar na documentação de operações financeiras para que o empresário ou pessoa física possa, mais tarde, prestar contas à Receita Federal.

Quer descobrir o que é o Ginfes, seus benefícios e como emitir uma NFS-e utilizando essa ferramenta?  Então, não perca tempo e confira este nosso post! 

O que é Ginfes?

O Ginfes (Gestão Inteligente da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica), é um sistema de envio de Nota Fiscal Eletrônica de Serviço que pode ser entendido simplesmente como um modelo de envio de arquivo .XML.

Assim sendo, todos os contribuintes que necessitam escriturar eletronicamente uma NFS-e no sistema para declaração da movimentação econômica sobre o ISS (Imposto Sobre Serviços) podem utilizar essa ferramenta.

O processo é simples, mas o seu procedimento varia de acordo com a cidade de onde a emissão será feita.

Atenção! É preciso verificar se o município em questão utiliza essa plataforma, uma vez que por se tratar de uma NFS-e, a regulamentação pode ser diferente

Atualmente, mais de 60 municípios utilizam o GINFES para emissão de Nota Fiscal de Serviços no Brasil.

A título de exemplo, Minas Gerais e São Paulo possui alguns municípios que já adotaram e utilizam Ginfes. Observe:

  • MG: Betim, Contagem, Lagoa Santa, Pará de Minas, Itaúna.
  • SP: Guarulhos, Guarujá, Diadema, Itu, São José dos Campos.

Quais os benefícios do Ginfes?

A GissOnline oferece alguns benefícios aos seus usuários, entre eles podemos destacar os seguintes:

  • Sigilo da informação e notas fiscais digitais;  
  • Escrituração e substituição dos livros fiscais Online e Offline;  
  • Declaração simplificada quando não houver movimento no mês de competência;  
  • Impressão do livro fiscal;  
  • Emissão de segunda via do imposto a qualquer momento;  
  • Emissão eletrônica de Certificado – atestando que se procedeu à escrituração fiscal;
  • Emissão de Extratos Diversos; 
  • Solicitação de Autorização de Impressão de Documentos Fiscais (AIDF) ou para utilizar Notas Fiscais Eletrônicas via internet;  
  • Canais de comunicação direta com a GissOnline e a Administração: Via Chat, Mensagem eletrônica ou e-mail;  
  • Escriturações personalizadas por atividades econômicas, bem como empresas do ramo de Construção Civil, Instituições Financeiras etc.

Como emitir NFS-e com o Ginfes?

Para te auxiliar neste processo de emissão de NFS-e utilizando o Ginfes, criamos um passo a passo simples e prático. Acompanhe:

PASSO 1

Uma vez na página inicial, clique em “Emitir” ou “Emitir NFS-e”.

Passo 2

Após isso, você deverá indicar o tomador, o que poderá ser feito de duas maneiras:

1. Por meio da pesquisa, indicando uma das opções ( CPF/CNPJ, Inscrição Municipal ou Nome/Razão Social) e clicando em Pesquisar. 

2. Por meio do preenchimento manual das informações do tomador, opções: Selecione o tipo de tomador e Dados Tomador.

Após a identificação, basta clicar em “próximo passo”.

Passo 3

Em seguida, você deverá preencher corretamente os campos referentes à prestação de serviços e clicar em “emitir NFS-e”, conforme demonstra a tela abaixo:

Após isso, o sistema enviará um e mail para o tomador contendo um link para visualização da NFS-e, conforme exemplo abaixo:

atenção

Será que você sabe o que é o código de serviço da NFS-e?

Como integrar o meu ERP ao Ginfes? 

Antes de irmos diretamente ao ponto, é preciso ressaltar que tomaremos como exemplo o município de Betim e que neste caso, é disponibilizado dois Web Services, sendo eles:

  • Produção: https://producao.ginfes.com.br/ServiceGinfesImpl?wsdl
  • Homologação: https://homologacao.ginfes.com.br/ServiceGinfesImpl?wsdl

Dito isso, veja agora como funciona o fluxograma de envio e de consulta de lote RPS:

Para realizar a integração com eficácia, será necessário se atentar a todos os dispositivos do manual fornecido pela prefeitura. No caso de Betim, por exemplo, este documento é disponibilizado na plataforma oficial do município, como mostra a imagem abaixo:

Dentro desse cenário, é preciso ressaltar, que quanto maior o número de prefeituras integradas, maior a dificuldade, pois cada uma conta com suas particularidades e estão a todo momento passíveis de sofrer alterações.

E é por isso que os ERPs e as empresas que mais crescem no mercado — como a TOTVS, Conta Azul e Sankhya — contam com a ajuda do eNotas Gateway para impulsionar suas vendas.

Com uma simples e única API REST JSON, é possível emitir NFS-e em todo o Brasil, inclusive em municípios sem webservice, como Valinhos, Santana de Parnaíba e Barueri, por exemplo.

E você, tá esperando o quê para vivenciar a melhor experiência de automação de nota fiscal da galáxia? 

Conheça o eNotas Gateway!

Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já conhece nosso canal de notícias fiscais no Telegram?
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.