Infoprodutor: o que é? Quais as vantagens?

Atualizado há mais de 3 semanas

O que não falta na internet, atualmente, são maneiras de ganhar dinheiro. Muitos caminhos passam por soluções inovadoras para ajudar a resolver ou facilitar um problema. 

Ou mesmo educar, com cursos qualificados, ebooks com rico conteúdo ou até mesmo um canal de aprendizado no Youtube

Todos esses jeitos novos e inovadores de oferecer bons conteúdos aos usuários da web passam pelas criativas mentes do infoprodutor. 

Neste post, você irá entender como funciona o trabalho de um infoprodutor e quais as suas vantagens, confira!

O que é infoproduto?

Antes de falar da profissão em si, é preciso falar mais do que ela faz: o infoproduto. 

O nome não esconde nada: são produtos digitais – logo, disponibilizados na web – gratuitamente ou adquiridos por compra. 

O infoprodutor, portanto, é a pessoa por trás do desenvolvimento desses produtos, que pensa da criação propriamente dita desse material como também no seu processo de vendas e distribuição. 

Qualquer pessoa pode ser um infoprodutor, desde que tenha criatividade para desenvolver algo e tenha uma boa ideia para solucionar um problema ou mesmo poder criar cursos online, que tenha, claro, algo a ensinar e didática. 

Esses produtos, em grande parte das vezes, são direcionados para a educação online: ensinam como usar determinada ferramenta para crescimento de redes sociais, por exemplo, ou até mesmo tocar um instrumento musical. 

Mas não se limita a isso: podem ser cursos sobre gestão empresarial ou de métodos Do It Yourself, para se montar a sua própria estante de livros. 

Quais os principais tipos de infoprodutos?

Para mostrar como são abrangentes, vale citar alguns dos principais infoprodutos no mercado.

eBook

Esse formato é o mais popular. Seja pela demanda ou pela oferta. Os ebooks são sucesso e são sempre os infoprodutos mais citados e utilizados. 

É um conteúdo aprofundado em determinado assunto, com elementos visuais atraentes e uma linguagem fácil.

Versátil, o eBook pode ser consumido online ou off-line. No tablet ou no computador. Quando e onde a pessoa quiser. 

Sua facilidade não está apenas na forma como a pessoa consome, mas também no jeito que o infoprodutor o concebe. 

Com ele, o infoprodutor pode explanar mais facilmente o que aborda. Sua criação não requer muitos sacrifícios. Com um bom designer, tudo fica ainda mais fácil de elaborar. 

Claro que vale a ajuda de outras pessoas, como um revisor ou até de parceiros para elaborar o texto, mas é, certamente, um dos infoprodutos mais fáceis de se colocar para rodar na internet.  

Podcasts

Alguma vez na sua vida você já leu que “esse ano, é o ano dos podcasts”. 

Mas com certeza isso foi num passado um tanto distante já. Ou foi alguém desatualizado. Porque isso era dito quando o formato era uma novidade. E ele já não é mais: o podcast é uma presença constante e solidificada, sem mais esse teor de algo novo. Uma realidade. 

E isso não ocorre por acaso: sua adesão é alta, seja pela quantidade de pessoas que o consome ou pela quantidade de infoprodutos capacitados para fazerem bons podcasts. 

Afinal, o formato é bem simples: um áudio disponibilizado em plataformas online em que a pessoa pode ouvir enquanto faz outras atividades. 

Com um bom editor de áudios e equipamentos simples, mas que sejam eficientes para se gravar áudios, você consegue construir um podcast. E pode ser sobre tudo: futebol, cinema, notícias do dia... do que você quiser. 

Screencasts

Que os vídeos são um fenômeno, todo mundo sabe. Se a popularidade se justifica, hoje, pela facilidade em se realizar um produto audiovisual, o screencast deixou tudo mais simples. Ainda mais simples. 

Esse formato é um vídeo que grava a tela do computador. Com ele, cria-se tutoriais sobre, geralmente, softwares e suas ferramentas. 

Como é uma gravação da própria tela do computador, a edição é muito mais simples e o reconhecimento do usuário é maior, já que ele estará ainda mais familiarizado com o que vê.

Videoaulas

Não poderia faltar o produto mais usado por infoprodutores que buscam em cursos online seu modo de sobrevivência. 

As videoaulas são os formatos mais básicos aplicados no ensino a distância, o EAD. Elas são mais elaboradas, precisam de mais dedicação desde o roteiro até a edição final. Há de se preocupar com a didática, ter bons equipamentos para gravação e até mesmo o seu cenário. 

Tudo isso influencia diretamente a qualidade do material, por isso, aqui, o infoprodutor deve se dedicar auxiliado de uma equipe. 

Não é um bicho de sete cabeças e vale a pena. Já que as videoaulas são bem consumidas por quem quer aprender dando um bom retorno ao infoprodutor. 

Quais as vantagens de ser um infoprodutor?

Dito alguns dos principais formatos de infoprodutos, você conseguiu visualizar algumas vantagens de cada um. 

Mas o foco do texto é o infoprodutor. Afinal: quais são as vantagens de se tornar um?

Flexibilidade

Essa é uma vantagem presente na vida dos autônomos de forma geral. 

Como um, o infoprodutor pode trabalhar da maneira que achar melhor, desde que se dedique, claro. 

Ele pode se dedicar a vários projetos, no horário e local que desejar. 

Trabalhar com o que gosta

Aqui é algo que todos sonham, mas poucos possuem. Fazer o que gosta é uma motivação. 

Quem trabalha com o que gosta, faz com mais dedicação, possui mais empenho e se interessa de fato pelo que faz, buscando oportunidades de crescimento e de capacitação. 

Essas pessoas têm mais qualidade de vida, com mais saúde mental.  

Ganhos financeiros altos! 

E tudo isso eleva a possibilidade de sucesso. Que poderia ser escrito “$uce$$o” sem qualquer problema.

Você realiza sonhos e ainda ganha dinheiro com isso, o que se torna uma motivação maior. 

As chances, portanto, de você ter um relativo sucesso financeiro é grande. 

Desafios?

Sim, eles existem, obviamente.

Essas vantagens, principalmente a flexibilidade e a liberdade em se trabalhar com o que gosta, mostram que é preciso muita dedicação e uma entrega grande com o projeto. 

Não basta gostar e trabalhar a hora que quiser: é preciso disciplina, inspiração e transpiração, por mais que isso seja clichê dizer, é real. 

Ter uma boa plataforma de hospedagem é outro desafio, ainda que a oferta seja bem ampla atualmente. 

Também há de se pensar em atrair afiliados para conseguir uma boa divulgação do infoproduto. Aliás, essa é uma possibilidade dentro de uma estratégia de marketing que é necessária de se ter. 

Por isso, embora seja sim muito vantajosa, a vida de um infoprodutor é repleta de desafios. O que não significa que não seja empolgante.  

Infoprodutor consegue ter sucesso?

Claro! 

E não faltam exemplos: um dos maiores sucessos da internet, Whindersson Nunes, é um infoprodutor! Ele oferece cursos de marketing digital para pessoas que querem crescer na internet. 

Outro exemplo é o Me Poupe, da Nathalia Arcuri, que produz produtos voltados a finanças de maneira simples, mas bem eficaz. 

Enfim, ser um infoprodutor requer muito esforço, mas é compensatório. Com estudo e ferramentas capazes de te auxiliar, o sucesso é consequência. 

Por falar nisso, sabe o que o Whindersson Nunes e a Nathalia Arcuri têm em comum e que ajuda muito no sucesso deles?

Eles contam com a eNotas para emitir suas NF-e!

Por isso, faça como eles e tantos outros infoprodutores e deixe nas mãos do eNotas Emissor essa tarefa! Conheça o nosso emissor de notas e veja como podemos ajudar! É simples, fácil e todo automatizado! 

Conheça o nosso emissor de notas e veja como podemos ajudar! É simples, fácil e todo automatizado! 

Quero conhecer o eNotas Emissor
Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.