Marketing de Influência: o que é, como funciona e por que fazer

Atualizado há mais de 1 semana

Existem muitas maneiras de fazer campanhas na internet. Uma delas tem ganhado cada vez mais espaço e popularidade: o marketing de influência.

Trata-se de uma estratégia que cresce com o tempo e graças a presença sempre mais forte de uma figura que todo mundo conhece e segue, os influenciadores digitais.

Continue na leitura e venha conhecer mais sobre o marketing de conteúdo e como ele pode ajudar a sua empresa a crescer.

O que é marketing de influência?

Trata-se de uma estratégia de publicidade orgânica feita por influenciadores digitais, em um conjunto de ações que os utilizam como uma espécie de porta-voz de sua marca.

E é justamente esta uma das principais vantagens do marketing de influência: essas pessoas são verdadeiras “máquinas” de engajamento, graças a um público fiel e numeroso.

Normalmente, esses influencers estão mais presentes nas redes sociais, mas não só: dependendo do nicho, elas podem fazer sucesso com blogs, por exemplo.

Por que usar o marketing de influência

Não faltam motivos para usar o marketing de influência: confiança, engajamento e um tráfego “orgânico”.

Vale as aspas porque sua empresa usará algum investimento para alcançar novos públicos, mas não necessariamente em ads.

Falando especificamente de algumas dessas vantagens, a confiança é certamente uma das mais significativas. Sua marca estará associada à alguém reconhecido pelo público e confia nele e no que ele fala.

Influencers são formadores de opinião e quando ele fala sobre um produto ou marca, seu público confiará que aquilo é bom.

O engajamento aparece junto: afinal, a partir do momento que um influencer indica a marca, as pessoas que o seguem tendem a procurar saber mais sobre ela. Logo, seu tráfego deve ser maior — organicamente.

Não para por aí. Quando você cria campanhas de marketing, há todo um processo de entender como atingir o público: desde a atração, captação e conversão de leads. É um caminho “longo”, por assim dizer.

Com o marketing de influência, sua marca lidará diretamente com o público, encurtando o “caminho” para a conversão. Isso porque todo o trabalho de convencimento é feito pelo influencer.

As pessoas que conhecem a marca ou um produto pelo marketing de influência tendem a consumir mais rápido, porque já foram convencidas pelo influenciador.

Não acaba aqui. Tudo isso leva a um número maior de vendas, o público tem uma maior percepção de sua marca, o ROI é alto e, claro, o número da base de leads aumenta.

3 formas de usar o marketing de influência para promover produtos digitais

Algo é inerente na internet: quase tudo é possível por lá. E o marketing de influência possibilita inúmeras possibilidades para parceria.

1.      Cocriação

A cocriação é uma criação conjunta de parceiros de áreas ou expertises diferentes, dando forma a um infoproduto novo.

No marketing de influência essa pode ser uma forma de aplicar a estratégia.

Geralmente, o influenciador ajuda no branding da empresa, ajudando a criar marcas mais próximas de seu público.

Um exemplo de cocriação no marketing de influência é o da cantora Anitta com a Skol Beats. Ambas cocoriam o Beats Ice Pops.

Não que a cantora estivesse no processo de criação da bebida, mas sim na concepção da marca. Basta ver o sucesso do produto nas redes e até mesmo fora delas.

Esse caso não é um infoproduto, mas não deixa de ser um ótimo exemplo de cocriação usando o marketing de influência.

2.      Formatos criativos

Aqui não é possível elencar um formato. Mas vários. As redes sociais estão repletas de recursos que podem ser usados para alavancar a sua marca e o influencer ser uma espécie de catapulta para isso.

Por exemplo, as figurinhas do Stories do Instagram, os desafios do TikTok, os remixes e as dublagens do Reels.

São vários e para quem é influencer esses formatos são natos para eles. Geralmente, a pessoa ajuda a escolher qual o melhor para ela e seu público.

3.      Automação

Aqui, há uma opção para quem possui uma ferramenta de automação que possa ajudar na vida do influenciador.

Ora, se um influenciador usa seu produto para ele trabalhar, obviamente ele será um porta-voz natural de sua marca. Basta oferecer os recursos em troca exatamente desse tipo de merchandising.

Seria uma parceria para quem quer crescer no engajamento e expandir sua marca.

Como aplicar o marketing de influência na empresa?

É claro que para aplicar o marketing de influência em sua empresa exige um planejamento estratégico.

Alguns passos deverão ser seguidos, como:

  • defina os objetivos;

  • determine se o marketing será feito para um produto específico ou para toda a marca de sua empresa;

  • saiba qual é o público que você quer atingir;

  • mapeie as formas de consumir internet que o seu público tem;

  • escolha o influenciador digital que esteja alinhado com a sua marca, mas também com o seu público — e lembre-se que ele será “a voz” de sua empresa na rede social, então essa escolha deve ser muito cuidadosa;

  • mensure os resultados. 

Conclusão

O marketing de influência é popular e não à toa. Afinal, ele utiliza os influences como porta-voz de sua marca e de seu produto.

E é justamente devido aos influenciadores que esse tipo de estratégia é popular, afinal, essas pessoas estão cada vez mais numerosas alcançando públicos maiores.

Com o marketing de influência, sua empresa ganha confiança, engajamento, alcance de marcas, aumenta a base de leads e, claro, vendas. 

Com fluxo maior de compras em sua empresa, você não pode perder tempo emitindo notas de forma ultrapassada.

Você precisa de um software que atenda a sua demanda com rapidez e automação. E para isso você precisa conhecer o Emissor do eNotas!

Jornalista e apaixonada por produzir conteúdo nos mais diferentes formatos. Nas horas vagas, é fotógrafa, viajante e mãe de suculentas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.