O que é o .NET Framework? Quais as vantagens?

Atualizado há mais de 3 semanas

Acompanhe o nosso guia e descubra o que é o .NET Framework e qual a importância dessa tecnologia para aplicações de códigos.

A utilização de frameworks já está inclusa no dia a dia de muitos desenvolvedores. Mas você sabe o que um framework representa e qual o seu principal benefício?

Neste texto vamos esclarecer todas essas questões, confira!

O que é o .NET Framework?

O .NET Framework é um ambiente de execução gerenciado para Windows que oferece uma série de serviços para aplicativos em execução. 

Podemos dizer que ele engloba dois componentes principais, quais sejam: 

  • CLR (Common Language Runtime): um mecanismo de execução que manipula aplicativos em execução;
  • Biblioteca de classes:  O .NET Framework, oferece uma biblioteca de códigos testados e reutilizáveis que os desenvolvedores podem chamar de seus próprios aplicativos. 

Em relação à hospedagem, o .NET Framework pode ser hospedado por componentes não gerenciados —  que carregam o Common Language Runtime em seus processos e iniciam a execução de código gerenciado — isso cria um ambiente de software que explora recursos gerenciados e não gerenciados.

Curiosidade

O Internet Explorer é um exemplo de um aplicativo não gerenciado que hospeda o runtime (na forma de uma extensão tipo MIME). 

Usar o Internet Explorer para hospedar o runtime  permite que você insira componentes gerenciados ou controles Windows Forms em documentos HTML. 

E quais serviços que o .NET Framework oferece aos aplicativos em execução?

Dentre os principais serviços fornecidos, podemos destacar:

1. Gerenciamento de memória

O gerenciamento de memória é uma grande vantagem,  visto que é um atributo oferecido pelo CLR em aplicativos .NET Framework.

Isso tira a responsabilidade de programadores, em muitas linguagens de programação, de alocar e liberar memória e por identificar o tempo de vida do objeto

2. Common Type System 

No .NET Framework, os tipos básicos são definidos pelo sistema e são comuns a todas as linguagens que se destinam. 

Já em linguagens de programação tradicionais, os tipos básicos são definidos pelo compilador, que complica a interoperabilidade entre linguagens. 

3. Biblioteca de classes abrangente 

Como falamos, no .NET Framework, os programadores usam uma biblioteca de tipos facilmente acessível e seus membros da biblioteca de classes.

Assim, não é necessário gravar grandes volumes de código para manipular operações de programação comuns de baixo nível.

4. Estruturas e tecnologias de desenvolvimento

O .NET Framework inclui bibliotecas para áreas específicas de desenvolvimento de aplicativos.

Exemplos disso são o “ASP.NET” —  para aplicativos Web — , e o “ADO.NET” —  para acesso a dados. 

Ainda, pode-se citar o “Windows Communication Foundation” para aplicativos orientados a serviços e, também, o “Windows Presentation Foundation” para aplicativos da área de trabalho do Windows.

5. Interoperabilidade da linguagem

Os programadores são privilegiados por conseguirem criação de aplicativos em suas linguagens preferidas!

Isso, porque essa tecnologia emite um código intermediário chamado Common Intermediate Language (CIL), que, por sua vez, é compilado no tempo de execução pelo Common Language Runtime. 

A partir desse recurso, as rotinas gravadas em uma linguagem passam a estar acessíveis a outras linguagens. 

6. Compatibilidade de versões

Com exceções raras, os aplicativos que são desenvolvidos usando uma versão específica do .NET Framework são executados sem modificação em uma versão posterior.

7. Multiplataforma

Os devs conseguem criar bibliotecas de classes que funcionam em várias plataformas do .NET Framework com suporte por essa versão do padrão.

Exemplo: as bibliotecas que visam .NET Standard 2,0 podem ser usadas por aplicativos direcionados .NET Framework 4.6.1, .NET Core 2,0 e UWP 10.0.16299.

lgpd-seu-software-esta-preparado
LGPD: Seu software está preparado?

Confira o nosso guia, contendo dicas de boas práticas para te auxiliar a adequar o seu software às determinações dessa lei!


Qual a principal vantagem do .NET Framework?

A principal vantagem do .NET Framework e que faz com que muitas pessoas da área de desenvolvimento utilizem frameworks, é o poder de reutilização de estruturas de código. 

Isso poupa horas e horas de desenvolvimento e faz com que os desenvolvedores possam focar no que é de fato importante e que agrega valor ao negócio com relação ao software que está sendo desenvolvido.

Ou seja,  você não precisa dedicar tempo para desenvolver a funcionalidade de login, já que existem frameworks já testados para essa finalidade. 

Ainda, se necessário, você pode personalizar estes componentes pré-disponibilizados de acordo com as demandas do projeto em questão.

Curiosidade

Se você não desenvolver .NET Framework aplicativos, mas usá-los, não será necessário ter conhecimento específico sobre essa tecnologia ou sua operação. Na maior parte, a estrutura é completamente transparente para os usuários.

Observação: Você pode ter acesso a toda documentação do .NET Framework no site oficial da Microsoft.

Além disso, podemos destacar entre os principais benefícios do .NET Framework,  a capacidade de fornecer um ambiente de  execução de código que:

  • Minimiza conflitos de controle de versão e também a implantação de software.
  • Promove a execução segura de código — incluindo código criado por terceiros desconhecidos ou nem tão confiáveis.
  • Elimina os problemas de desempenho de ambientes de script ou interpretados.
  • Torna a experiência do desenvolvedor consistente em vários tipos de aplicativos diferentes, como aplicativos baseados no Windows e aplicativos baseados na Web.

Conclusão

E aí, conseguiu compreender o que é  e como funciona o .NET Framework? 

Não deixe de conferir também o nosso conteúdo sobre Postman, uma ferramenta que oferece uma interface de usuário prática e que permite realizar solicitações HTTP sem a necessidade de escrever um monte de códigos e testar a funcionalidade de uma API!

Vivencie a melhor experiência da galáxia em automação fiscal!

Os maiores ERPs e SaaS, como a TOTVS e a Conta Azul, já utilizam a API do eNotas Gateway. E você? Vai ficar de fora dessa?

Conheça o eNotas Gateway!
Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.