Planejamento estratégico: descubra como fazer e alcance seus objetivos!

Atualizado há mais de 3 semanas

Acompanhe o nosso post e descubra como fazer um planejamento estratégico para a sua empresa. Aproveite e tire suas dúvidas a respeito!

No mundo dos negócios, nada sai do lugar sem o mínimo de planejamento. Ter um bom produto para vender, um público determinado para se alcançar e canais para atingi-lo não servem muito sem uma estratégia. 

São várias as oportunidades que surgem no mercado, muitas devido à internet, fazendo com que empresas apareçam e desapareçam a todo instante. Em uma competição ferrenha se destaca aquele que tem um planejamento estratégico. 

Se você é empreendedor e quer fazer seu negócio crescer, esse texto te mostra alguns caminhos. Confira! 

O que é Planejamento Estratégico?

O termo não guarda segredos. Planejamento Estratégico é um processo metódico e sistêmico para se encontrar os melhores caminhos para alcançar um objetivo.

Em outras palavras, podemos dizer que trata-se de uma alçada da gestão de uma empresa, que ajuda tanto gestores, diretores e líderes a pensar a curto, médio e, principalmente, longo prazos. 

É impossível falar sobre esse tema sem mencionar o futuro! 

Ele ajuda a estabelecer onde e como determinado negócio estará em alguns anos e sobretudo como ele chegará lá. 

Além de estratégico, esse planejamento deve incorporar toda a cultura de uma organização, bem como engajar todos os seus colaboradores, fazendo com a liderança sejam os porta-vozes dessas diretrizes. 

E como fazer isso? Acompanhe o próximo tópico!

Quais os principais requisitos para criar um planejamento estratégico

planejamento-estratégico

Como você viu ainda há pouco, o planejamento estratégico requer que toda a empresa esteja engajada em seus objetivos. 

Para conseguir isso, alguns pontos são importantes:

Ter um propósito

É preciso ter a definição da cultura organizacional da empresa. Ela deve compreender a resposta das perguntas: por que a empresa existe? Onde ela quer chegar? Quem fará ela chegar lá?

Tudo isso precisa refletir nas ações que a empresa faz hoje para chegar no amanhã. Ao mesmo tempo, deve ser fácil de ser entendido e compreendido por todos. 

Ter uma identidade organizacional

Basicamente, aqui se encontram os três pilares que toda empresa possui: missão, visão e valores.

  • Missão: O propósito da empresa, o resumo desse primeiro tópico;
  • Visão: O que a empresa quer alcançar, o sonho;
  • Valores: conjunto de práticas para alcançar o sonho sem deixar de lado a missão. 

Esses passos ajudam no entendimento de todos e a consolidar a cultura organizacional do negócio. 

Ter um detalhamento do objetivo

Com a cultura bem clara a todos, é preciso se pensar em como alcançar os objetivos da empresa, de modo esmiuçado. 

Por isso, além do objetivo, trace indicadores para acompanhar, determine iniciativas, quem são os líderes e os responsáveis por cada tarefa. 

Engajamento

Nenhum planejamento dá certo se não houver uma participação massiva de toda organização. Construa um ambiente propício para a integração de todo o time, em que todos possam participar da construção de um projeto. 

Nesse momento, a participação do líder é fundamental, sendo não apenas aquele personagem que inspira, mas que também entende as pessoas e lhe dão poder de participação.

18 principais perguntas sobre nota fiscal eletronica
Ebook: As 18 principais perguntas sobre nota fiscal eletrônica

Passo a passo de como criar um planejamento estratégico

Até aqui, você percebeu que a construção de um planejamento estratégico é preciso muitas características que permitem ter, antes de tudo, uma cultura que retrata os objetivos da empresa, bem como a união dos times. 

Agora, é o momento de saber da prática, em como se construir um planejamento estratégico.

Faça diagnósticos

Ao ter um objetivo para a sua empresa, é preciso entender perfeitamente qual é o cenário em que ela está inserida.

Isso ajuda a entender quais são as possibilidades e os caminhos a serem traçados para se alcançar a meta.

Para isso, reúna a equipe de trabalho e faça uma análise SWOT. Essa metodologia ajuda a encontrar Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças analisando não apenas o negócio, como também todo o cenário na qual ele está inserido. 

Trace planos de ação

Bem como o nome diz, essa é a parte na qual o planejamento estratégico detalha os seus planos para alcançar o objetivo. 

Sempre aliando expectativas, com realidade de cenário interno e externo, de mercado. 

Para colocar a mão na massa, é preciso alguns métodos. E existem alguns, como o GUT e o 5W2H. 

Esse último é resumido nessas letras que, no inglês, abreviam:

  • O que: tarefa a ser executada;
  • Por que: o motivo de a tarefa ser realizada;
  • Como: de que maneira essa tarefa será feita;
  • Quem: estipula os responsáveis pela tarefa;
  • Quando: refere-se ao prazo, com início, meio e fim de execução;
  • Onde: o local da execução;
  • Quanto: o investimento que essa tarefa terá para ser executada. 

Revise esses tópicos, caso seja ele o método que você for aplicar, lembrando que sempre é bom ter esses dados muito bem estabelecidos para ter um plano bem executado e controlado independente da metodologia que escolher. 

Estimule a cultura da empresa

Nesse ponto, é preciso que toda ação desempenhada esteja alinhada de acordo com os alicerces da empresa. 

Isso fará com que as entregas sejam realizadas sempre de acordo com o esperado, com engajamento e com a cara da organização. 

Fará também que o senso de dono de cada envolvido exista, trazendo o melhor de cada um com empenho e dedicação. 

Aqui, o personagem central é o líder: é ele quem deve estimular, incentivar e apoiar cada colaborador, entendendo as dificuldades e aproveitando as potencialidades de cada um. 

Realize avaliações

Essa é uma parte determinante para o planejamento estratégico. Afinal, as avaliações precisam ser sempre feitas para saber se, de fato, o plano está dando certo. 

E se não tiver, realizar a tempo as adequações. 

Por isso, analise os desempenhos das metas e métricas estipuladas, quais são os resultados que se alcançou até aquele ponto do planejamento, compare com outras métricas do passado. 

Com tudo isso, repense se a estratégia deve ser realizada como pensado ou se será preciso fazer ajustes.

Faça capacitações

Por mais preparada que uma equipe possa ser, as capacitações sempre são bem-vindas. 

Elas permitem não apenas uma melhoria constante, como também provoca atualizações, que sempre devem ser feitas. 

atenção!

Por isso, mesmo que os resultados da empresa sejam os melhores, não deixe de oferecer treinamentos e cursos para toda a empresa.

Essas etapas precisam estar previstas no seu planejamento estratégico para que não haja um desacordo com as entregas e fique em conflito com as ações. Elas devem fazer parte da educação colaborativa da empresa, sempre! 

Você realmente conhece sua empresa?

Para fazer um planejamento estratégico não é necessário, apenas, traçar metas e objetivos. Mas, acima de tudo, entender como a empresa funciona e qual é a sua essência. 

Nesse sentido, é preciso conhecer também o seu Core Business e focar nele!

Não sabe do que se trata? Então você precisa ler esse texto que fala o porquê você deve focar no core business da sua empresa. Confira!

Vivencie a melhor experiência da galáxia em automação fiscal!

Conheça a eNotas!
Rafael Versiani - Escritor, produtor de conteúdos, entusiasta da vida real e amante de ficção científica!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.