Sistema de pagamentos: como ele pode ajudar o seu negócio

O número de negócios abertos no Brasil teve um crescimento considerável nos últimos anos.

Segundo o Sebrae, surgiram mais de 22 milhões de novos empreendedores no Brasil, só em 2017. Mas a profissionalização de um empreendimento requer uma série de estratégias, como o pagamento de impostos em dia, a gestão financeira e a emissão de notas fiscais, por exemplo.

Nesse contexto, a utilização de ferramentas que automatizam e otimizam a rotina dos negócios pode ajudar e muito.

O sistema de pagamentos é um desses recursos que podem favorecer o seu planejamento. Ele funciona como um intermediador de pagamentos, fazendo conexão entre as empresas e as instituições financeiras.

Assim, é possível cobrar produtos e serviços e receber por meios como boletos, carnês e cartões de crédito.

Confira a seguir as principais questões que você precisa saber para entender como um sistema de pagamentos pode ajudar o seu negócio!

Como funciona um sistema de pagamentos?

Receber as cobranças de produtos e de serviços é parte fundamental do processo de vendas. Mas, para muitos empreendedores, esse procedimento ainda é feito de forma manual e burocrática.

Veja abaixo como funciona o processo de cobrança com um sistema de pagamentos:

  • a forma de cobrança é escolhida e emitida dentro do sistema intermediador;
  • se a opção for por boletos, a próxima etapa é o envio da cobrança por e-mail e o processamento do título;
  • para cartões de crédito, o pagamento é feito e processado em uma plataforma segura;
  • o intermediador realiza a confirmação ou não do pagamento;
  • se o pagamento for confirmado, o saldo é disponibilizado para a sua utilização e as tarifas do sistema são cobradas automaticamente.

Há quem confunda os intermediadores com os gateways de pagamento. Os intermediadores já integram os convênios bancários do vendedor para concluir as transações. Por sua vez, os gateways devem adicionar os convênios bancários do negócio para realizar esse mesmo processo.

Quais são as suas vantagens?

Uma série de benefícios podem ser gerados pela automatização dos recebimentos. Veja a seguir os principais exemplos que uma plataforma de pagamentos pode oferecer ao seu negócio:  

  • redução de custos em relação às instituições bancárias.
  • praticidade na emissão e envio de cobranças.
  • simplificação do pagamento.
  • diminuição da inadimplência.
  • facilidade na gestão financeira.
  • agilidade nos recebimentos.
  • Segurança de dados dos clientes e da empresa.

Quais os motivos para automatizar os recebimentos?

Tem dúvidas sobre a necessidade de utilizar um sistema de pagamentos na sua empresa? Entenda agora algumas razões para fazer essa escolha!

A sua equipe é reduzida

Se o seu negócio ainda é formado por poucas pessoas ou até mesmo só por você, terceirizar os pagamentos pode fazer uma grande diferença. Isso porque se torna mais fácil realizar a gestão financeira, controlar os recebimentos e automatizar processos.

Mesmo que o número de clientes seja menor, o custo-benefício de um sistema de pagamentos pode valer a pena.

Você quer reter os clientes

Existem inúmeras estratégias de fidelização que podem ser implementadas na sua empresa. Oferecer diversas possibilidades de pagamento é uma dessas formas, pois isso melhora a experiência do seu cliente.

Uma boa plataforma de pagamentos pode otimizar o seu tempo com as cobranças. Assim, fica mais fácil se dedicar às ações para reter os clientes e lidar com a inadimplência.

O seu processo de cobrança é manual

Você tem dificuldades para cobrar e receber dos seus clientes? Tem problemas para lidar com a emissão via bancos?

Uma forma de facilitar isso é utilizar um sistema em que as cobranças são mais práticas. Receber apenas por dinheiro pode demandar mais tempo e medidas de segurança atualmente. Mas, se o seu cliente faz questão de pagar por dinheiro, ofereça a opção de pagamento para gerar boletos online.

A sua empresa está crescendo

No começo do negócio, é comum realizar o processo de cobranças de forma manual. Mas, com o aumento do número de clientes, de equipes e de demandas burocráticas, a automatização pode se tornar um caminho natural, principalmente quando se trata da emissão de nota fiscal eletrônica.

Para empresas em expansão e que buscam se profissionalizar, vale a pena considerar as cobranças e recebimentos por meio desse sistema.

Você busca por mais agilidade nos recebimentos

Com um sistema de pagamentos online, é possível contar com a liberação automática do dinheiro após a confirmação do pagamento, mesmo em cobranças parceladas. Além disso, você pode escolher meios de pagamento como o boleto, que disponibilizam o saldo em até dois dias úteis.

Como escolher um bom sistema de pagamentos?

Encontrar uma plataforma de pagamentos que atenda às necessidades do seu negócio pode ser um desafio e tanto. Por ser uma terceirização que impacta diretamente no recebimento do valor final do seu produto ou serviço, é preciso cautela.

Faça uma pesquisa e veja qual delas têm mais vantagens. Se possível, abra uma conta gratuita para conhecer o sistema de perto. Tire todas as suas dúvidas antes de contratar e lembre-se da importância dessa escolha para a sua empresa. Confira outros fatores que devem ser analisados!

Tarifas cobradas

As tarifas cobradas por intermediadores de pagamento são diversas. Essa variação pode acontecer conforme o meio de pagamento, o número de emissões e os valores emitidos. Se o seu negócio vai focar no recebimento por cartões de crédito, por exemplo, é provável que a tarifa cobrada seja maior.

Então, veja quais as tarifas cobradas por confirmação de pagamento, transferências e inatividade da conta. Em alguns casos, o valor da tarifa pode ser alterado por meio de uma solicitação direta ao sistema.

Lembre-se: um baixo custo na prestação desse serviço nem sempre significa uma vantagem em termos de funcionalidades disponíveis.

Recursos e ferramentas

Os recursos e as ferramentas disponibilizados por sistemas de pagamentos podem ajudar a melhorar a gestão financeira e reduzir os custos. Por isso, procure entender quais as soluções oferecidas e quais os recursos disponíveis para a utilização delas.

É importante que o sistema ofereça relatórios e gráficos sobre as movimentações, envio de e-mails de cobrança e a possibilidade de permissões para subusuários. Outro requisito fundamental é a opção de transferência para conta bancária própria ou de outras titularidades.

Integração de sistemas

Quem recebe pagamentos online precisa entender quais os sistemas são integrados ao intermediador. Busque informações sobre a API da plataforma de pagamentos. Se o seu negócio é um e-commerce, saiba se é possível integrar a plataforma da sua loja virtual a esse sistema.

Perceba se há suporte técnico disponível para a integração entre os sistemas e se as informações sobre funcionalidades da API, módulos, questões técnicas e códigos estão acessíveis.

Segurança

Os sistemas de pagamento realizam análises antifraude de quem compra e vende. Como a questão da segurança é muito importante para essas plataformas, isso pode ajudar a conquistar a confiança dos clientes.

Dessa forma, vale a pena averiguar se o intermediador possui certificados e selos de segurança, coleta de dados segura e se a legislação vigente que rege as instituições financeiras é realmente seguida pelo sistema de pagamentos.

Experiência de mercado

Outro fator importante na contratação de um intermediador é a expertise que a empresa possui. Com a popularização das empresas e fintechs que prestam serviços de pagamentos, é preciso estar atento naquelas que estão, de fato, mais preparadas.

Assim, pesquisar se o sistema de pagamentos trabalha com clientes de diferentes portes e segmentos pode ser um primeiro passo para entender a experiência de mercado. É importante também avaliar o tempo em que estão no mercado.

Otimizar e automatizar processos são tarefas que devem ser encaradas como práticas constantes dentro de um negócio. Ao optar por um sistema de pagamentos, tente se manter atualizado sobre as melhores práticas de cobrança no seu mercado.

Continue se informado sobre esse e outros assuntos relativos à gestão financeira da sua empresa. Assim, você pode manter um controle maior das finanças e garantir que as necessidades do seu negócio são compatíveis com a realidade comercial.

Que tal aproveitar para conferir também qual a melhor forma de pagamento online?

Esse artigo foi produzido pela Gerencianet!

About the Author

Conteúdo produzido por um dos parceiros da eNotas. Quer participar do nosso programa de parcerias? Então, envie a sua proposta para [email protected] :)

>