integrador fiscal mfe ceará
LEGALIZAÇÃO

Integrador Fiscal no Ceará: mudanças em 2020

Atualizado há mais de 1 semana

A Sefaz do CE (Ceará) divulgou a versão 2.0.0 do integrador fiscal para a emissão de CF-e (Cupom Fiscal Eletrônico) pelo MFE (Módulo Fiscal Eletrônico) em 16 de março de 2020.

O objetivo da mudança é facilitar a vida dos desenvolvedores de ERPs que atuam no estado. É importante que você atualize o seu sistema para esse novo cenário, evitando que os seus clientes tenham qualquer problema em suas operações. 

Entenda melhor abaixo.

Quais são as novidades do Integrador Fiscal?

As melhorias promovidas pela Sefaz do CE focam três pontos específicos:

  1. corrigir falhas no sistema;
  2. reduzir o número de artefatos para o funcionamento;
  3. otimizar o consumo de memória e garantir melhor desempenho.

As DLLs fornecidas são:

  • integradorcore.dll
  • integradorcoreterminal.dll
  • easync.dll

Como atualizar o novo integrador fiscal no Ceará?

O primeiro passo é baixar o integrador no site da Sefaz do Ceará. 

Após isso, os usuários de Windows deverão atualizar os PDVs gradualmente para entender o seu comportamento. Esse cuidado é necessário pois reconfigurar o Integrador Fiscal e não apenas subsescrever as DLLs antigas. 

Saiba que você ainda poderá remover as seguintes DLLs:

  • integradorMFE.dll
  • integradorNFCE.dll
  • ValidadorFiscal.Integracao.dll

Quem utiliza Linux e necessita de uma máquina virtual MONO para sua execução, precisa utilizar a versão 5.20 quanto antes para corrigir erros e falhas. 

Para Contribuintes que utilizam distribuições Linux, e que necessitam da máquina virtual Mono para sua execução, recomendamos tecnicamente a atualização para a versão 5.20, o mais breve possível, em virtude desta corrigir diversos erros e falhas.

Como trabalhar com o MFE sem complicações?

As informações deste post mostram apenas uma das mudanças propostas pela Sefaz que afetam os usuários do MFE no Ceará. ERPs e sistemas de gestão que atuam no estado devem acompanhar de perto todas essas atualizações para garantir a melhor experiência aos seus usuários. 

Mas isso nem sempre é fácil, já que existem outras prioridades em uma software house, certo?

Por isso, quem deseja escalar a sua operação de verdade adota uma única API JSON REST para emitir CF-e no Ceará e NFC-e em todo o Brasil, e em qualquer tecnologia (online, offline, web, desktop, tablet ou smartPOS).

A API do eNotas Gateway garante a estabilidade que você precisa para focar em questões mais estratégicas do seu negócio. Então, marque já a sua consultoria automágica com um dos nossos especialistas!

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já conhece nosso canal de notícias fiscais no Telegram?
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.