Como escolher um contador para o meu negócio?

Quem acompanha o nosso blog sabe como é importante ter um contador de confiança para fazer o negócio crescer. A escolha do profissional ideal faz com que você não se preocupe mais com as burocracias fiscais do nosso país — e acredite: elas podem atrapalhar muito o seu desempenho.

Segundo um Relatório do Banco Mundial, os brasileiros gastam, em média, 1.958 horas para calcular e pagar impostos por ano. Você pode até tentar lidar com essas questões por conta própria, mas se prepare para gastar muito tempo e energia e ainda cometer alguns erros.

Em alguns casos, uma decisão equivocada pode causar a sonegação de imposto, que é crime, pode provocar o pagamento de multa e até mesmo te levar preso.

Por esses motivos, é essencial que você saiba escolher um contador para a sua empresa. Este post vai mostrar alguns critérios que empreendedores de alto impacto precisam considerar nessas horas.

Encontre um contador certificado

Os conselhos de contabilidade são instituições que fiscalizam os profissionais no mercado, estabelecendo normas e princípios que todos devem seguir. Um contador que atua sem registro está cometendo uma infração, e é exatamente dessas situações que você deve fugir.

Antes de contratar, exija a Carteira de Identidade do Profissional da Contabilidade. Além de garantir a qualificação do serviço, esse documento permite a inserção da Certificação Digital e acesso a vários serviços, como o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e os Recursos Eletrônicos da Delegacia da Receita Federal (e-Processo)

Por mais que você ainda não conheça esses termos, saiba que eles representam maior agilidade no dia a dia do contador e, consequentemente, mais eficácia em seu atendimento. 

Verifique o custo-benefício

Alguns empreendedores não medem esforços para reduzir despesas. Mas até que ponto a opção mais barata é a melhor para um empreendimento?

Pensar apenas no lado financeiro pode ser algo perigoso, pois você deixa de lado outras questões, como a qualidade e o tempo de atendimento.

Quando se trata de escolher um contador, é necessário ter muito mais atenção. Você não deve tomar uma decisão baseando-se apenas no preço do serviço contábil. Em um primeiro momento, a economia financeira pode ser atraente, mas, a longo prazo, você pode ter várias dores de cabeça para pagar impostos em dia e respeitar as leis tributárias nacionais.

Em contrapartida, o profissional mais caro do mercado não é necessariamente a opção ideal para a sua empresa.

Por isso, é imprescindível eleger as questões mais relevantes para o seu desempenho e equilibrá-las com o orçamento financeiro disponível, sempre pensando no melhor custo-benefício.

Considere o uso de tecnologias

O mercado digital cresce a todo vapor. Cada vez mais novos influenciadores surgem no mercado, criando produtos de alto valor para os seus clientes.

Um dos motivos do sucesso do empreendedorismo digital é a facilidade proporcionada pela tecnologia. Atualmente, uma pessoa dedicada consegue, por exemplo, criar o próprio curso online e distribuir os seus produtos pela internet ao utilizar as estratégias e as ferramentas corretas.

De forma semelhante, os avanços tecnológicos também otimizaram o trabalho de um contador. Mas nem sempre foi assim.

Durante muito tempo, era necessário ter um contabilista dentro da sua empresa. O dinamismo do mercado exigiu uma mudança de postura desses profissionais. 

A internet permite que um especialista em contabilidade tenha clientes em várias cidades e estados de nosso país, sem que a qualidade do serviço seja colocada em risco. A web facilita:

  • o envio de documentos fiscais;
  • a realização de chamadas de vídeo para tirar dúvidas;
  • o uso de redes sociais para a divulgação de conteúdos e como um canal direto de comunicação;
  • o acesso aos dados contábeis facilitado.

Outro ponto importante está relacionado ao uso de um sistema de emissão automática de nota fiscal. Contadores preocupados com a escalabilidade dos empreendimentos de seus clientes sempre recomendam uma solução que automatiza o fluxo de notas fiscais.

Sem essa ferramenta, por exemplo, você precisa emitir os seus documentos manualmente no site da Prefeitura ou da Secretaria da Fazenda — e isso é muito trabalhoso, repetitivo e passivo de erros.

Tenha em mente que um emissor automático de notas fiscais possibilita a geração de relatórios completos das notas emitidas, com arquivos .csv, .xml ou .pdf. Em outras palavras, você foca em vender e não perde tempo enviando os documentos para o seu contador um por um.

Pense no sistema de gestão utilizado pelo contador

* Este assunto é tão importante que merece um tópico exclusivo

Empreendedores que tentam gerenciar as suas atividades, como a organização do fluxo de caixa ou a criação de conteúdos épicos, sem o auxílio de tecnologia têm grande chance de fracassar — e é exatamente isso que acontece com um contador que não utiliza um sistema de gestão.

Mas por que isso acontece?

Os serviços contábeis são repletos de informações minuciosas e leis, e qualquer deslize pode ser fatal para causar multas e outras complicações. Uma ferramenta de gestão de contabilidade é adequada para centralizar informações e ter funcionalidades para atender clientes com eficiência.

Como cada sistema tem características diferentes, não há como definir uma solução para todos os casos. Antes de escolher um contabilista, veja qual software mais se adequa às suas necessidades e encontre um profissional que o utiliza.

Peça recomendações de amigos e colegas de trabalho

O bom e velho “boca a boca” ainda é uma ótima opção para receber indicações — e não poderia ser diferente para escolher um contador.

É muito importante que você converse com outros empreendedores e descubra como eles se posicionam na hora de encontrar um contabilista. Um parceiro que tem boa reputação no mercado já é um bom indício de que você está no caminho certo.

É possível fazer pesquisas na internet e encontrar páginas e fóruns de contabilidade também, a fim de ficar sabendo de bons profissionais, e até mesmo de quais empresas você deve fugir.  

Dica bônus

Até o momento você viu que encontrar um bom profissional de contabilidade exige cuidado. Além de todos os pontos falados neste post, você precisa se lembrar de apenas trabalhar com contadores que estão em constante atualização. 

Assim como o empreendedorismo digital, o mercado contábil passa por várias mudanças. Ter um parceiro que se mantém obsoleto e desatualizado é algo que você deve evitar a todo custo.

Dessa maneira, descubra, por exemplo, se o seu contador:

  • participa de congressos e eventos;
  • continua os estudos;
  • tem bom relacionamento com outros profissionais;
  • está com o registro no conselho contábil em dia.

Conclusão

Este post mostrou para você como escolher um contador para a sua empresa. Lembre-se de que essa decisão não pode ser tomada de uma hora para outra. Você não deve, por exemplo, considerar apenas o fator financeiro como o seu único critério.

É essencial analisar a credibilidade do contabilista no mercado e como ele atende outros clientes. Considere o uso de tecnologias também. É a partir delas que será possível reunir dados, emitir notas fiscais automaticamente e manter o seu negócio legalizado.

Ah e não fique preso às questões geográficas também. Hoje em dia, a internet possibilita a comunicação entre profissionais do mundo inteiro, a qualquer hora ou lugar. Isso quer dizer que você pode escolher um contador que mora em outra cidade ou estado e se preocupar apenas com a qualidade do serviço prestado.

Agora, continue com a gente e descubra 3 formas do seu contador acessar notas fiscais e gerar impostos facilmente!

About the Author

Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>