Abandono de carrinho: o que é e 5 dicas para reduzir

Você passeia virtualmente por uma loja. Olha tudo o que ela tem para oferecer, escolhe alguns produtos, adiciona em sua “cesta” e, por N motivos, não finaliza a compra. Essa uma situação é muito comum, que muita gente já fez.

Se você é um empreendedor — e quer ganhar dinheiro na internet —  contudo, não deve ficar feliz se um potencial cliente faz isso em seu e-commerce, certo?

O abandono de carrinho, por mais comum que seja, deve ser analisado para que não atrapalhe as suas vendas. Quem é novo no mundo do mercado virtual pode até achar que um carrinho abandonado seja algo irrelevante. Mas alguns números ajudam a mostrar que isso é um erro. 

Segundo o site Moosend, no mundo a taxa de carrinhos que foram preenchidos, mas não converteram em compras é de 69%.  Isso indica que boas chances de aumentar o seu lucro estão relacionadas a esse fator. 

Portanto, a prática deve ser combatida por mais “natural” que ela possa parecer. Então, continue conosco e descubra mais sobre o assunto.

O que é abandono de carrinho?

Carrinho abandonado é quando o cliente clica para comprar em um produto na internet, mas não finaliza a ação. Portanto, é um faturamento que o empreendedor deixa de ter. Isso acontece por vários motivos que devem ser prevenidos para evitar a falta de conversão.

Por que o carrinho é abandonado?

A maioria dos motivos que leva ao abandono de carrinho passa pelos vários obstáculos que o site oferece até finalizar a compra. Veja quais são alguns deles:

Cadastro longo demais

A instantaneidade da internet é nítida: cada vez mais os usuários querem agilidade nas ações que realizam. Por isso, quanto maior for o número de etapas até a conclusão da compra, maior será a quantidade de desistência no meio do caminho.

A falta de agilidade, portanto, deve ser vista como uma das principais causas de abandono de carrinho, mas, nesse quesito, entra ainda a complexidade de se preencher as informações, com dados, às vezes, desnecessários para uma compra.

Prazo de entrega longo

Outro fator determinante para se abandonar o carrinho de compras virtuais. Às vezes, o prazo não depende de você ou de sua marca, e sim da transportadora. Por isso, é fundamental avaliar quais são as melhores empresas que fornecem o serviço.

Ainda que você possua uma entrega demorada, não minta sobre ela. Oferecer algo que não é verdadeiro é o pior caminho!

Formas de pagamento

Ao pensar em realizar uma compra, o usuário quer ter as melhores opções para pagar a sua compra. Quando for finalizar, ele pode não encontrar a de sua preferência. Nem sempre é possível oferecer todas elas, seja pelas taxas que uma bandeira de cartão cobra, por exemplo.

É muito importante ter um sistema de pagamentos completo, desde débito automático a boleto bancário, oferecendo as opções que mais se adequam ao perfil de sua persona.

Frete caro

Obviamente, a taxa de entrega está nessa lista de maiores motivos para o abandono de carrinho.  Taxas excessivas sobre serviço são bem desestimulantes para uma pessoa propensa a comprar um produto pela internet.

Por isso, geralmente, o frete é uma das primeiras coisas a ser analisada para adquirir um produto. Em alguns casos, o valor da entrega é próximo do preço pago pela mercadoria — o que inviabiliza a finalização da compra. 

Segurança

Não importa em qual estágio se encontra a sua estratégia de vendas: a credibilidade do seu negócio sempre será um fator analisado pelo cliente antes de uma compra.

Por isso, é imprescindível que a sua marca seja transparentes em toda a jornada de compra de seu cliente. Desde os preços dos produtos que você destaca, a foto mostrada no site, as taxas e os prazos de entrega.

Além disso, um site confiável deve ter um protocolo SSL, que nada mais é do que um certificado que garante ao seu cliente que ele fornecerá dados protegidos e que sua loja virtual é autêntica e segura.

Bugs

Aqui é um erro que pode comprometer toda sua estratégia de venda. Um site que não oferece uma boa navegabilidade ao usuário, além de aumentar o abandono de carrinho, certamente passará por problemas de autenticidade, por exemplo.

Alguns bugs podem ser externos ao site, como a falta de energia do dispositivo do usuário, mas, dentro da internet, qualquer erro é puramente responsabilidade do empreendedor. Como página não encontrada, demora no carregamento de dados e falta de call to action.

Indecisão

Quem nunca pensou em levar aquele produto com um preço acessível, com entrega rápida, frete grátis... Aí chega na hora de finalizar a compra, deixa para depois ou simplesmente se distrai e esquece de terminar?

Pois é, acontece.

A indecisão, ou mesmo um mero impulso freado, é difícil de prever e é uma realidade na qual o empreendedor tem que saber lidar.

Como reduzir o abandono de carrinho? Veja 5 dicas práticas

Como você percebeu, o abandono de carrinho acontece por causa de motivos que estão ou não ao seu alcance. Para aqueles que estão sobre seu controle, há soluções. Para os que não, há como se prevenir. Portanto, veja 5 dicas de como reduzir a taxa de abandono.

1. Facilitar o cadastro

Muitas vezes, a sua loja virtual precisa de alguns dados básicos para formalizar uma venda com o cliente. Natural. Mas, existem muitas maneiras de tornar isso prático e, sobretudo, rápido.

No campo de endereço, por exemplo, basta oferecer o campo do CEP antes de qualquer outro para que os dados sejam automaticamente preenchidos.

Nessas horas, fique atento para solicitar apenas os dados que são realmente necessários. Consulte o seu contador e entenda se a sua prefeitura ou o seu estado solicita o CPF ou o endereço do tomador ou do comprador para a emissão de nota fiscal eletrônica.

2. Informe tudo antes

Ser transparente, como você já sabe, é fundamental para que o seu cliente termine uma compra. Ter todas as informações possíveis antes de uma pessoa colocar o produto no carrinho é sinal que ela tem certeza de que fará a conversão.

Por isso, não omita nada: desde frete ao prazo de entrega. Sem esquecer, é claro de detalhes técnicos do produto.

3. Aumente o interesse do consumidor

Uma dos maiores causadores do desinteresse, ou mesmo da distração, de um consumidor é um site que não seja atrativo e que não aumente o desejo de compra do visitante. Por isso, tenha um site objetivo e prático.

Faça uma página de check-out clean, sem menus que desnecessários ou abas que podem tirar a pessoa de lá para ir a outra parte de seu próprio site.

A responsividade é outra questão que não pode ser deixada de lado. O seu site deve ser navegável em todos os dispositivos, não importando o tamanho da tela.

Segundo o Instituto Ipsos, entre 2016 e 2017, o número de compras feitas via celular aumentou mais de 60%. Isso quer dizer que cada vez o lucro de sua empresa está relacionada à experiência do usuário na versão mobile. Desse modo, fique atento para não perder boas oportunidades de crescimento.

4. Recuperação

Como muita gente abandona o carrinho por um bug em site, distração ou mesmo desistência de última hora, a melhor maneira de contornar essas situações é a recuperação!

Seu site deve ter essa funcionalidade de, quando a pessoa logar novamente em seu espaço virtual, ela possa retornar exatamente de onde parou ou mesmo ter o carrinho preenchido com os produtos que ele havia escolhido.

Para esse caso, aplique uma mensagem automática, avisando algo como “termine sua compra”.

5. Retargeting

Quando uma pessoa perde o interesse no último segundo e abandona o carrinho, você não deve “se vingar” e abandoná-la. Volte a incentivá-lo a comprar com você!

Como? Por meio do retargeting. A estratégia utilizada com ads, como aqueles oferecidos pelo Google e o Facebook, nada mais é do que uma campanha direta naquele cliente que acessa seu site, mas não leva nada.

São banners de anúncios na plataforma tanto do site de pesquisa, quanto na rede social. É um motivador para que seu potencial cliente volte e finalize sua compra, mostrando ofertas e até mesmo alguma facilidade.

Portanto, invista nessa técnica. Vale o dinheiro e, quem sabe, você ainda não sai com um cliente fidelizado?

Essas dicas são fundamentais para que a taxa abandono de carrinho em seu e-commerce caia, mesmo que algumas decisões para isso sejam exclusivamente do cliente.

Por falar em loja virtual, você sabe tudo sobre como criar uma? Com este outro post, você tira dúvidas sobre o assunto e descobre boas dicas para montar uma loja virtual!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>
Gabs

Como conseguir 200 mil visitas mensais no seu site sem gastar com anúncios