13 dicas para aumentar as vendas de um ERP

Vender um sistema de gestão é desafiador. Nem sempre é fácil de se encontrar uma cartilha que dê todos os passos de como ser um sucesso em conversão graças às particularidades que cada nicho possui e, consequentemente, aumentar as vendas de um ERP. 

Mais ainda: a concorrência é cruel e, para ser verdadeiramente competitivo, é preciso acompanhar tendências e, principalmente, o comportamento do público-alvo. 

Por isso, muitos se perguntam: como vender mais em ERP em um cenário tão competitivo e desafiador?

Um sistema de ERP é mais que uma mera ferramenta. É um parceiro que ajuda a entender como solucionar os problemas que o seu público tem. Mas, para que o cliente chegue até à sua empresa, é preciso se atentar e superar todos os obstáculos que o mercado impõe. 

Por isso, você terá neste texto 13 dicas de como alavancar vendas de uma plataforma ERP.

1. Encurte o ciclo de vendas

Como é o seu funil de vendas? Ele é simples e faz o seu potencial cliente conhecer a sua gestão, identificar sua dor e saber que é a sua empresa que possui o “remédio” para ele?

Se você conhece esse conceito básico do inboud marketing, pratique-o de maneira simples. Ofereça conteúdos criativos que possam otimizar esse caminho. 

Para isso, é preciso planejamento. Organizar as suas metas e identificar os potenciais leads são as maneiras mais certas de encurtar esse ciclo. E claro: saber o que seu sistema ERP oferece que transformará o modo de operação da empresa.  

Ter essas questões alinhadas é essencial para, então, criar um percurso de encantamento do público mais simples e curto. 

2. Conheça seu cliente

Você acabou de ler que identificar potenciais clientes é parte fundamental de uma venda melhor, certo? Agora, você precisa conhecê-lo! Não entender como o seu público se comporta e pensa pode ser um erro fatal em sua estratégia de marketing

Para você que é um empreendedor e quer aumentar vendas de ERP, o seu público é representado pelas empresas para quem você venderá. Por isso, é necessário saber com o que esse elas trabalham e como o seu produto otimiza a rotina de cada uma. 

3. Tenha métricas e acompanhe seus números!

Ter KPIs é importante para se analisar se a sua campanha de marketing ou qualquer outra ação de retenção de leads tem dado certo. Por isso, acompanhá-las sempre é fundamental para saber se você realmente conseguirá aumentar vendas de ERP. 

Escolha as melhores métricas para saber como evolui sua estratégia de maneira que você consiga identificar as suas dificuldades a tempo de poder repensar alguma ação.

Ao longo do funil de vendas, é possível acompanhar como anda a jornada de seu potencial cliente. Observando por níveis, será mais fácil entender como cada estratégia tem agido sobre a decisão de compra de uma pessoa que pensa em adquirir seu produto. 

4. Foque nos benefícios e não nas funcionalidades

Quem quer ter em sua empresa um software de gestão está preocupado em saber se esse produto será mesmo aliado em suas operações. Por isso, para você ter sucesso na hora de vender o seu ERP, foque em quais são os benefícios que ele dará para a empresa. É importante, óbvio, falar quais são as funcionalidades que possui, quais serão as ferramentas que facilitarão a vida de um gestor e, por exemplo, quais integrações existem. 

Mas por fim, o que todos querem mesmo é saber quais são os resultados positivos que o seu programa levará para o empreendimento. Portanto, fale, sim das funcionalidades, mas não se esqueça que o principal mesmo são os benefícios!

5. Ofereça testes gratuitos

Se você foca nos benefícios que seu ERP garantirá para uma empresa, a gestão certamente pedirá para provar. 

Por isso, é necessário oferecer período gratuito para que cada um de seus clientes possam ver com os próprios olhos como o software é realmente usual para ele. 

Então, uma maneira inteligente é oferecer testes gratuito para aumentar vendas de ERP. 

Pode ser por 30 dias ou um intervalo suficiente para que o lead atinja uma determinada taxa de engajamento O importante é entender a necessidade dele e mostrar que o seu programa pode ajudá-lo.

6. Alinhe os setores de marketing e de vendas

Todas as áreas de seu negócio devem estar altamente alinhadas quando a intenção é crescer vendas. Nesse sentido, é importante que a sua empresa tenha setores sem obstáculos de comunicação e que entendam bem que a meta de um é a meta do outro. 

Especialmente os setores de marketing e o de vendas. O bom alinhamento dessas duas áreas é fundamental para que a empresa como um todo consiga aumentar vendas de ERP. 

7. Tenha um atendimento de qualidade

O atendimento é a alma de qualquer negócio. Não adianta muita estratégia de divulgação se, na hora do cara a cara com o cliente, o atendimento não for bom! 

E, para evitar dores de cabeça, é preciso entender o que seu ele realmente deseja, quais são as suas dores e entender que algumas dúvidas podem surgir — o que pode dificultar uma venda mais rápida. Mesmo assim, não desista e invista em um relacionamento a longo prazo com um potencial lead. 

E se você fechar a venda, não ache que o atendimento acabou ali! Esteja à disposição para eventuais dificuldades e dúvidas. Tenha um time preparado para atender e faça do pós-venda uma ferramenta para ampliar seu mercado, afinal, um cliente satisfeito é um divulgador de sua marca. 

8. Desconto? Nunca!

Parece uma boa tática para conquistar uma venda, não é? Mas o desconto é uma artimanha muito perigosa a longo prazo. Além de tornar as suas receitas menores do que a prevista, ele faz com que a sua equipe de vendas fique mais “preguiçosa” por assim dizer. 

Outro ponto negativo é em relação a sua imagem. Se você faz um preço menor para uma empresa e para outra não, certamente, o segundo parceiro não ficará feliz pelo tratamento “diferenciado” que ele não teve.  

Porque essas informações circulam e acabam fazendo mal a sua marca. Fixe o preço e negocie nas vantagens e nas funcionalidades que você oferece, mas dar desconto, não! 

9. Corra do mal cliente

Sim, eles existem, você sabe disso! Querer aumentar vendas de ERP não significa sair vendendo a qualquer tipo de negócio. Existem aqueles que simplesmente não possuem qualificação para operar o seu software. 

Com o tempo, eles podem inundar a sua imagem com feedbacks negativos e você ficar mal visto no mercado. 

Portanto, trace o perfil de público perfeito para você e sua empresa. Analise quais são as necessidades dessas empresas, onde elas estão e como você pode ajudá-las. 

Se você encontrar um lead que não atenda a sua própria expectativa, saiba dizer “não”.

10. Tenha uma cultura solidificada 

A sua empresa precisa ser reconhecida no mercado com uma identidade bem definida. Isso atrai clientes e, consequentemente, aumenta vendas de ERP. 

Se sua marca está começando a operar agora, é o momento ideal para implantar essa cultura e seguir com ela para ser visto no mercado e se diferenciar dos concorrentes. 

Agora, se você já tem um tempo de mercado, busque se mostrar com atitudes empresariais que possam te destacar. Cuidado, apenas, para não mudar muito a sua cultura — isso pode ser visto como instabilidade. 

11. Conheça a concorrência

Saber como agem outras empresas do mesmo ramo é fundamental para alavancar as suas vendas. 

Não apenas para saber se o preço que você oferece está de acordo com o que eles dão, mas descobrir boas práticas, evitar as más e, principalmente, reconhecer quais são os diferencias que você pode ofertar.

Realize pesquisas de mercado e faça o benchmarking — o marketing de referência. Você pode ter uma empresa na qual se inspira, sem copiar, claro. 

12. Conquiste a venda pela qualidade

Muitas empresas fracassam nos negócios porque simplesmente tentam conquistar um cliente por mostrar que ele precisa de seu ERP, quando, na verdade, não precisam. 

Nem sempre um gestor precisa de um software de gestão em sua companhia. Vender para esse tipo de público é um erro. 

Não mostre que ter uma ERP é uma obrigação na vida de uma gerência. Mostre que o seu software tem a qualidade necessária para atender aqueles que realmente precisam de uma!

Esse tipo de venda se confunde muito com aquelas ruins e que você leu aqui que é para fugir delas! Clientes que realmente não precisam de um sistema de gestão podem criar expectativas que jamais serão atingidas. E isso pode ser, mais uma vez, mal para sua imagem. 

13. Emita notas fiscais automaticamente

A emissão de notas fiscais é um assunto que deixa muitos empreendedores de cabelo em pé. Isso porque existem vários desafios para quem quer oferecer essa funcionalidade aos seus clientes. 

Inicialmente, é necessário entender como funciona a integração do seu sistema com a prefeitura ou o estado em que você atua. Enquanto alguns municípios não facilitam a comunicação ou não têm webservice, alguns estados têm exigências, no mínimo, curiosas — como é o caso do SAT em São Paulo e o MF-e no Ceará. 

Quem deseja aumentar as vendas de um ERP de verdade não pode deixar esse assunto de lado, já que nem todos os softwares de gestão contam com essa funcionalidade. Além do mais, não emitir NF-e pode significar sonegar impostos

Mas como fazer isso com o mínimo de esforço possível? 

Pois bem, você deve escolher uma API para nota fiscal pronta para:

  • autogerenciar as instabilidades da Secretaria da Fazenda ou da Prefeitura;
  • emitir Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) sem certificado digital em diversas prefeituras — até mesmo em casos em que não existe webservice;
  • emitir NFC-e (com ou sem contingenciamento) e SAT CF-e com uma única integração;
  • e muito mais!  

Com este conteúdo, você ficou por dentro de boas dicas para otimizar as vendas do seu software de gestão. Algumas dicas parecem básicas, mas fazem toda a diferença para atrair cada vez mais clientes e escalar o negócio. 

E então, quer aumentar as vendas do seu ERP de uma vez por todas? Então, entre em contato com a gente e descubra como a emissão automágica de nota fiscal com o eNotas Gateway potencializa negócios em todo país!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>