Dicionário financeiro: termos que você precisa conhecer

Toda pessoa que monta um negócio, como uma loja virtual ou um SaaS, deve estar por dentro de tudo que possa envolver a sua nova empresa, principalmente quando se fala de finanças.

Talvez seja essa uma área que dá muita dor de cabeça, não é?

E, para que esse assunto seja plenamente dominado, você não precisa apenas ter uma pessoa altamente competente na gerência. Você também deve conhecer as palavras e as expressões mais utilizadas no dia a dia. 

Com isso, você terá autonomia para conversar com parceiros, propor mudanças e reduzir despesas com inteligência.

Saiba agora, resumidamente, o significado dos termos da com o dicionário de finanças deste post. 

Antecipação recebíveis

Um termo talvez menos popular do que outros, mas que não deixa de ser importante. A antecipação recebíveis é todo aquele fluxo financeiro que você receberá a curto prazo.

Pera, como assim?

Para facilitar o entendimento, um exemplo: algumas vendas são realizadas a prazo, parceladas em cartão de crédito ou carnês. A antecipação recebíveis acontece no momento em que você antecipa, de fato, esses valores em recursos imediatos, podendo realizar pagamentos, por exemplo.

Break Even Point

Existem muitos termos em inglês no mundo do empreendedorismo, mas, se você não estiver afiado com a língua, sem problemas: o seu novo dicionário financeiro está aqui para te ajudar nisso!

Aqui, a explicação é a tradução literal: é um ponto de equilíbrio financeiro de seu empreendimento. Ou seja, a soma de sua receita é igual aos custos e aos gastos juntos.

Pode parecer algo sem importância, já que a visão é sempre o lucro, mas calma. O break even point permite que você conheça o faturamento mínimo de sua empresa.

Ele não é o famoso zero a zero. É a situação em que, a partir dali, você pode começar a lucrar, já que os seus custos estão todos cobertos.

Capital de giro

O capital de giro representa o dinheiro que você precisa ter em caixa para a sua empresa funcionar, sem correr riscos de comprometer a continuidade de suas operações. É o oxigênio necessário para manter o corpo do seu empreendimento vivo e em pleno funcionamento.

Ter essa reserva é importante para fugir de empréstimos bancários, manter pagamentos em dia e conseguir fazer investimentos e compras.

CNPJ

Esse termo não precisa estar em um dicionário financeiro para você saber do que se trata, mas, para você ter um glossário de finanças completo, ele está aqui!

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica é obrigatório para você ser reconhecido como uma empresa perante a Receita Federal. É o que podemos chamar de CPF das empresas. Existem vários tipos de empresas, mas todas elas possuem um CNPJ. Esse cadastro engloba nome, data de abertura e natureza jurídica

Conciliação Bancária

conciliação bancária consiste em comparar os seus valores contidos no extrato bancário com os dados que você possui na empresa.  Simples, não é?

Mas não é! Para regularizar seu empreendimento, é fundamental ter uma conciliação bancária correta e ter a sua verificação em uma rotina empresarial. Ela é muito importante para organizar o que acontece em seu caixa, ainda mais se você utiliza muitos meios de pagamentos.

Por isso, não abra mão de fazê-la e, principalmente, não menospreze por parecer algo simples de se realizar.

Dividendos

Como toda empresa visa o lucro, os seus sócios se interessam em ter parte desses lucros. Os dividendos nada mais são do que a parcela dos ganhos da gestão entre os seus societários. Simples assim.

DRE

Sigla que significa Demonstração de Resultados do Exercício. É um relatório contábil com todas as operações de sua empresa que mostra se ela está gerando lucro ou dando prejuízo. Ou seja, algo bem fundamental para os negócios!

Geralmente, a DRE é elaborada por um contador habilitado no Conselho Regional Contabilidade. É um documento exigido para a maioria das empresas. O relatório é imprescindível para saber da saúde de seu empreendimento.

Além disso, o documento é sempre solicitado pelo governo, que confronta os seus dados com os do seu imposto de renda.

Portanto, não só aprenda apenas sobre a DRE, mas tenha certeza que o seu contador tenha amplo domínio do assunto.

Fluxo de caixa

Esse primeiro termo é bem comum e está presente em qualquer glossário de finanças que você pode encontrar.

Fluxo de caixa é uma ferramenta contábil que te ajuda a acompanhar as finanças da empresa. É um registro completo de tudo o que acontece no setor financeiro de seu negócio, mostrando as entradas e as saídas.

Ao analisar os dados do fluxo de caixa, você consegue evitar gastos desnecessários e garantir o pagamento em dia de todas as contas. E tem mais. É possível prever gastos e criar estratégias para investir mais e melhor.

Giro de estoque

Como o nome aponta, é a rotatividade de produtos em seu estoque. Ele mede tempo médio de renovação de lotes antes que sejam comercializados. Resumidamente, você pode entender como giro de estoque a ferramenta capaz de medir a saúde econômica do seu almoxarifado.

Ele é medido dividindo a quantidade de vendas de mercadoria pelo volume médio armazenado. A importância desse cálculo se dá para determinar o ritmo de produção de determinadas mercadorias, evitar extravios e o vencimento de produtos.

Imposto

Imposto é todo encargo financeiro pago ao governo para custear os gastos da máquina estatal. Existem diversos tipos de impostos. Talvez, para a sua saúde financeira, é importante você saber de três.

  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços): é pago para o Estado da Federação, e está embutido no valor de diversos produtos e serviços que você adquire ou presta;
  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): ou seja, aquilo que você paga para a União quando realiza circulação de finança, seja em cartão de crédito ou operações bancárias;
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializado): mais um imposto federal. É taxado quando toda mercadoria sai de fábrica, ou seja, tudo o que você de fato produz.

Lucratividade

Uma definição parecida, mas não exatamente igual a rentabilidade. O lucro é o grande sonho de todo empreendedor. É claro! A lucratividade está relacionada ao lucro, que é todo retorno positivo que você tem de algum investimento. Mas ela deve cobrir todo o custo que você teve para tê-lo.

Ou seja, ela engloba aquele valor final depois de subtraído pagamentos, impostos, contas, compras. Quando todo o seu fluxo for somado (e subtraído), o que “sobrar” é o lucro. A lucratividade mede em porcentagem esse retorno.

Nota Fiscal

Outro termo que você já deve estar habituado, certo? Então, você sabe que nota fiscal é aquele documento de venda parecido com um recibo. Mas não é tão simples como um recibo. A nota detalha todas as informações para recolhimento e impostos.

Saiba que existem, basicamente, três notas fiscais de venda:

Vender sem nota fiscal é um risco grande e ainda pode ser considerado sonegação fiscal.

Pró-labore

O pró-labore é muito confundido com salário, até porque eles possuem mesmo definições parecidas, mas com diferenças. Ele  é o ganho dos administradores da empresa. Essas pessoas devem estar especificadas no contrato social do empreendimento com essa função.

Os empreendedores devem exercer as suas atividades no dia a dia da empresa. Sócios sem participação ativa da rotina empresarial não recebem pró-labore — somente a divisão dos lucros e dos dividendos.

Rentabilidade

Saiba que a rentabilidade é nada mais é do que um retorno sobre algo que você investiu.

Pode ser medida em porcentagem ou em números exatos. Por exemplo: você investe R$10.000 em uma ação. Ele se transforma, depois de um tempo, em R$15.000. Nesse caso, a sua rentabilidade é de 50%.

Você, certamente,  chegou nessa parte do seu dicionário financeiro aprendendo e esclarecendo muitas dúvidas, certo?

Sentiu falta de algum termo que não leu aqui e que queria conhecer? Deixe nos comentários abaixo qual outra definição te deixa dúvidas!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing apaixonado pela produção de conteúdo, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>

Vou te mostrar como gerar centenas de milhares de visitas em seu blog sem gastar com anúncios

Gabs