ERP para logística: como encontrar a melhor opção?

A internet está transformando o modo como as empresas operam e se relacionam com o mercado. Diversos setores encontram soluções para tornarem suas entregas mais assertivas e potencializar seu crescimento com a tecnologia. 

Não é diferente para o ramo de transportes. Empresas conseguem fazer gestões mais integradas, operações automatizadas e relacionamentos mais próximos. Isso graças ao uso de um ERP para logística. 

Encontrar uma ferramenta adequada às necessidades do seu negócio é fundamental para ter tranquilidade para tomar decisões estratégias e crescer. Mas qual parceiro escolher? Quais funcionalidades um bom sistema deve ter?

Porque, como você deve imaginar, o mercado está recheado de marcas que prometem fazer a integração dos processos de uma empresa de logística. Por isso, você precisa se decidir não apenas pelo fator financeiro, mas também pela experiência proporcionada pelo sistema logístico. 

O objetivo deste conteúdo é tirar as principais dúvidas sobre o assunto. Então, continue com a gente e descubra mais.

O que é um ERP?

ERPs são softwares de gestão que integram, automatizam, reunir e centralizam processos de uma empresa. Armazenam dados, disponibilizando-os de maneira prática e inteligente em determinada operação. 

A sigla abrevia a expressão Enterprise Resource Planning, que, no bom português, significa Planejamento de Recursos e Empresariais. 

Um ERP pode ser definido como uma ferramenta poderosa e inteligente que, graças a sua agilidade, praticidade e bom entendimento do negócio contratado, rende diversas vantagens para as empresas que o utilizam. 

E, quando se fala em ERP de logística, trata-se de softwares que pensam estrategicamente para o segmento, abrangendo ferramentas e recursos próprios para o mercado. O que aumenta muito o leque de vantagens de seu uso. 

Quais são os benefícios de um ERP para logística?

O olho brilhou quando você leu a palavra “benefícios”, certo?

Quem não gosta? Ainda mais quando se fala de vantagens que facilitam a sua rotina. Pois bem, confira mais abaixo.

Otimização de processo

Empresas de logística precisam estar afiadas em cada processo que acontecem. Muitas vezes, uma atividade afeta a outra, que por sua vez, impacta o relacionamento com o cliente, desencadeando uma cadeia complexa de operações. 

Imagine as dores de cabeça que você pode ter quando há um erro na quantidade de um determinado produto que acaba de receber um pedido? Será que o seu cliente terá a paciência de esperar ou encontrará outro fornecedor?

Com um ERP, todos os bancos de dados são interligados, permitindo que a equipe monitore de perto tudo que acontece. 

Diminuição de erros

E, se tudo está interligado, fica mais fácil prever erros que, a olho nu, ficariam difíceis de se adivinhar — ainda que o conhecimento do gestor seja realmente grande do negócio. 

Outra vantagem relacionada a isso é a redução de processos manuais. Por mais que o capital humano de sua empresa seja o seu bem mais valioso, o funcionário é passível de falhas. Um simples descuido, como um relatório mal preenchido de entregas, coloca em risco as suas operações. E erros assim geram retrabalho e desperdício de tempo. 

Nessas situações, a automação de processos é bem-vinda. Se uma atividade pode ser realizada por um sistema, aloque os seus recursos financeiros e funcionários tarefas mais estratégicas. 

Personalização

Se você pesquisar, perceberá que existem ERP todos os segmentos: de softwares para farmácias a sistemas para postos de combustível

É de se imaginar que elas são versáteis, sendo possível personalizá-los para o seu negócio. Saiba que um bom ERP deve permitir que você deixe o sistema com a sua cara, com as funcionalidades você precisa. 

Controle financeiro

O controle financeiro é um assunto sensível em qualquer empresa. E, com um ERP de logística, você consegue acompanhar tudo de muito perto.

Acompanhar o fluxo de caixa e o capital de giro, por exemplo, torna-se simples e rápido. Com isso, você entende detalhadamente as entradas e as saídas de dinheiro e de mercadorias no seu galpão. 

Decisões mais precisas

Conhecendo toda a sua empresa sistematicamente, você consegue tomar decisões vantajosas, que estão de acordo com o seu potencial. A partir disso, cabe a você decidir como fazer o seu negócio crescer, seja com a contratação de funcionários ou a compra de um novo galpão logístico. 

O que um ERP de Logística deve ter?

Os sistemas de gestão fazem maravilhas para sua empresa. E, para que eles sejam mesmo grandes parceiros, o software precisa ter um leque de recursos que permitam uma melhor experiência para o usuário e os melhores resultados para seu empreendimento. 

Por mais que cada empreendimento tenha necessidades diferentes, veja alguns pontos que não podem faltar.

Cadastro de serviços, veículos e clientes

Toda empresa de logística lida com uma série de informações que geram dados grandes e complexos para serem trabalhados. Menos se esse processo for feito por um ERP de logística. Com a ferramenta, você consegue cadastrar serviços, veículos e clientes com poucos cliques. 

Mais que isso, você integra todas as informações de forma orgânica e intuitiva, permitindo acesso fácil e entendimento claro ao usuário.

Emissão de nota fiscal

A nota fiscal é um dos documentos mais importantes de uma empresa. E emiti-las automaticamente garante que o seu negócio esteja dentro a lei, sem praticar a sonegação fiscal, por exemplo.

Com um sistema automatizado, os diferentes tipos de notas fiscais são gerados e guardados sem que você perca tempo com a gestão de MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) e o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico).

E empresas de logística ainda lidam com as notas fiscais de remessa, que são emitidas para transportes de mercadoria que ainda não são vendidas de fato. Por isso, o seu ERP de logística deve emitir notas fiscais automaticamente. 

Sistema TMS

Uma das particularidades de empresas de logísticas é o sistema TMS — Transportation Management Systems, ou simplesmente Gerenciamento de Transportes.

Ele é bem específico e serve para regular atividades relacionadas aos transportes de cargas, como:

  • despesas e lucros de cada viagem 
  • pagamento automático para condutores terceiros, 
  • pagamentos de multas de trânsitos, 
  • emissão de ordens de coletas, 
  • cálculo de fretes;
  • e muitos mais.

Então, o ERP de logística que você escolher, não pode esquecer por nada desse módulo, para que o seu uso seja realmente efetivo.

Gestão financeira

Você se lembra de quando leu por aqui que um ERP pode facilitar muito a sua vida financeira?

Pois, nada disso é possível se o software não oferecer recurso próprio integrar e analisar informações sobre o faturamento, as despesas e os lucros. É importante que o sistema tenha relatórios intuitivos, com gráficos e tabelas completas. 

Segurança de dados

O ERP de logística deve ter certificados de segurança, a fim de garantir a integridade dos seus dados. Lembre-se de que qualquer vazamento de informações, prejudica a imagem da sua empresa no mercado e coloca em risco os seus clientes. 

Além disso, é preciso garantir que alguns recursos tenham acessos limitados, podendo ser divididos para gerentes e usuários, cada um com sua autorização diferenciada de acordo com hierarquia.

Controle de frota

Por último, mas não menos importante, você deve ter controle da condição da frota e da segurança dos motoristas. A funcionalidade monitora a quilometragem dos veículos, indicando qual é o momento ideal para uma manutenção. 

Como consequência disso, você evita problemas nas estradas, garantem o prazo de entrega e planeja o seu programa de manutenções preventivas e preditivas. 

Esse recurso ainda possibilita identificar quais são os veículos com melhor consumo de combustível e outros itens fundamentais para um transporte seguro e com entregas rápidas ao cliente. 

Quais são os melhores ERPs de logística?

O mercado está vasto de boas marcas que podem ser parceiras eficientes para o seu negócio. Mas existem aquelas mais recomendadas, sejam por serem as mais usadas ou por oferecerem recursos completos. 

Veja algumas das principais ferramentas de logística. 

Totvs

ERP para logística - Totvs

A Totvs é uma das maiores empresas de softwares de gestão do mundo. Por isso, é um dos principais nomes a serem indicados quando se fala de um sistema logístico. 

A solução da Totvs passa por um modelo completo do transporte de mercadorias, que reduz custos e aumenta a produtividade da empresa. Há soluções  pensadas para transportadoras, operadoras logísticas e até portos e recintos alfandegários. 

A Totvs oferece recursos de SAC, coletas e todos aqueles fundamentais para a operação eficiente de sua empresa. 

Para saber mais sobre os planos de contração e criar um produto personalizado, é preciso entrar em contato com a empresa.

Gestão Click

ERP para logística - gestão click

Esse ERP não se importa se o porte de seu negócio é pequeno, médio ou grande. Para a Gestão Click, o que vale é o ótimo planejamento para evitar erros em um mercado tão concorrido. 

Por isso, a experiência do usuário é completa, com painéis intuitivos e de fácil assimilação, que simplifica tarefas complexas e potencializa os resultados da empresa. Esses são os planos que a Gestão Click oferece:

ERP para logística - gestão click - planos

Gestram

Já essa marca tem mais de 20 anos de experiência com o sistema TMS.

Por isso mesmo, a Gestram é um dos ERPs mais indicados para você. As suas soluções passam por gestão de frota e Business Intelligence, o que garante um funcionamento integrado e que entende de seu negócio. 

E, para saber de seus valores e benefícios oferecidos, é preciso entrar em contato com a Gestram.

Ufa! Falar de ERP de logística é render assunto para mais de hora! Este texto é um compilado de vantagens sobre o uso desses softwares. Por isso, há muitos benefícios e recursos para você e sua empresa.

Você já conhecia algum? Ou já usa em sua empresa? Deixe sua opinião nos comentários!

About the Author

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!

>