aumentar as vendas no varejo
CONVERSÃO

Como aumentar as vendas no varejo?

Atualizado há mais de 3 semanas

As vendas no varejo estão aumentando. E temos dados para comprovar. Em comparação entre julho de 2018 e de 2019, houve um crescimento de 1% no número de vendas, superando em 0,2% a previsão mais otimista para o período. Além disso, no ano passado, o varejo cresceu 4,3%. 

Esses números são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e surpreenderam alguns especialistas, que apontam que o resultado é o melhor desde 2013. 

Segundo esses mesmos, isso é reflexo da melhoria gradual do mercado de trabalho e do avanço nas concessões de crédito. 

Portanto, você deve aproveitar essa oportunidade para aumentar as vendas no varejo. E é exatamente isso que este conteúdo mostra. Descubra dicas para colocar em prática até mesmo após a sua leitura. 

O que preciso fazer para aumentar vendas no varejo?

Você perceberá que as dicas passarão por estratégias baseadas em relacionamento com seu cliente, com a sua equipe e até mesmo por ações que priorizam o calendário.

Por isso, não é apenas em um aspecto que você deve focar para aumentar as vendas no varejo, sobretudo em sua loja. Na verdade, o crescimento expressivo só é alcançado quando diversas ações são planejadas, realizadas e metrificadas continuamente. 

Veja quais são as dicas mais importantes agora. 

Aproveite datas sazonais

Dia das mães, dos pais, das crianças, férias, Black Friday e Natal. O calendário varejista está repleto de datas que são fundamentais para as impulsionar vendas. Elas servem como gatilhos para o consumidor presentear. Nessas horas, você precisa oferecer promoções em campanhas que cativam o consumidor. 

Por isso, a cada data, prepare a sua loja para receber mais clientes, elabore promoções, treine sua equipe e tenha resultados incríveis graças ao calendário do marketing sazonal!

Utilize boas práticas de trade marketing 

O trade marketing é fundamental para que sua loja tenha o produto certo para o seu público. 

Ter um mix de produtos fortes, que atendam a demanda de consumo de seu público, é uma peça-chave no relacionamento com o seu público. Lembre-se de que os consumidores não buscam apenas o melhor preço, e sim a melhor experiência. 

Por isso, o trade marketing ganha cada vez mais espaço no mercado. Ao aplicá-lo, é possível melhorar o relacionamento interno dos funcionários, acompanhar o desempenho dos fornecedores e dominar o PDV.

Utilize ferramentas de automação

A automação comercial já não é mais um fator para se destacar. O uso de ferramentas tecnológicas é uma premissa básica para reduzir erros, otimizar custos e agir estrategicamente no seu comércio. 

Entre essas ferramentas, está o ERP, que nada mais é do que um sistema que faz tudo isso que você acabou de ler no parágrafo anterior e mais um pouco.

“Ok, mas como isso me ajuda a aumentar as vendas no varejo?”

A pergunta é boa. Para encontrar a resposta, imagine o tempo que você leva para realizar determinadas tarefas manuais, como cadastrar produtos, dar baixa em estoque e fechar o fluxo de caixa.

Todas essas atividades são realizadas automaticamente. E você e sua equipe ficam “livres” para agir em questões mais importantes.

Dica!

Outro ponto importante está relacionado à emissão de NFCe (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica). O documento ajuda a regularizar o negócio em todo o país e substitui o cupom fiscal. Para não ter dores de cabeça, leia o nosso post e descubra como escolher um software emissor de NFC-e!

Pense sempre no cliente

Seu cliente é a sua base de crescimento. Tenha sempre isso em mente. E é claro que eles são os protagonistas para ajudar a aumentar as vendas no varejo.

Esse crescimento passa, muitas vezes, em não pensar apenas na venda, mas sim na experiência que a pessoa tem com a sua marca. 

Isso experiência está diretamente relacionado com ao atendimento, ao pós-vendas, à qualidade dos produtos, a como a sua loja está arrumada ou como o seu site se comporta no acesso mobile.  

Quando esses fatores funcionam bem, o seu consumidor volta, compra novamente e até faz indicações. 

Para entender como todos esses detalhes são fundamentais para aumentar suas vendas, lembre-se da jornada de compra do seu consumidor. 

Analise a região, o hábito da população onde seu empreendimento atua, como eles chegam até a sua marca. É pela internet? Recomendação de amigos? Alguma campanha de marketing que ele possa ter visto na rua?

Tudo isso ajuda a entender melhor o seu público e oferecer as melhores experiências possíveis.

Treine os funcionários

E como atender bem seus clientes sem uma equipe de linha de frente altamente preparada para isso? Complicado, né?

O atendimento não deve apenas ser aquele simpático, gentil e cordial como todos gostam de ter quando entram em uma loja. 

O bom funcionário é aquele que conhece o produto, sabe fazer as perguntas certas para a pessoa e identificar o que ela quer comprar sem que o consumidor lhe diga. Isso só acontece quando a sua equipe está preparada, sabendo como agir com precisão, educação e qualidade. 

E, claro, no funcionamento do lugar, afinal, entender a loja faz parte também de um atendimento de qualidade.

Portanto, treine todo colaborador constantemente, não importando o tempo de casa e a área de atuação. 

Analise o estoque para criar promoções

O estoque é um setor fundamental para empresas varejistas. Antes de qualquer promoção que for realizar, estude-o. Lembre-se das quantidades e, claro, das condições de armazenamento. Esses fatores ajudam a encontrar o momento ideal para reduzir preços e promover o famoso “giro de estoque”. 

Não esqueça de checar a qualidade de cada material, se estão dentro do prazo de validade e boas condições de uso. Caso o estoque não for o suficiente, reforce-o com os produtos que geralmente são mais demandados em campanhas de promoção. 

Outro ponto importante está relacionado à forma que você gerencia novos pedidos. Alguns varejistas determinam uma quantidade mínima e esperando que ela seja alcançada para comprar novas mercadorias. Outros trabalham com pedidos mensais para cada produto. 

Então, encontre aquela que melhor atende às suas necessidades. 

Crie um sistema de fidelidade

Um dos fatores para aumentar as vendas no varejo é a fidelização. Ainda há pouco você leu sobre investir na experiência de seu cliente para que ele compre sempre com sua loja, certo?

O sistema de fidelização já começa por aí. Mas, mais que isso, você pode criar mesmo campanhas com esse intuito. 

Pode ser uma promoção ou um evento. Pontos que podem ser trocados por um produto ou por descontos. 

Criar programas de incentivo também vale a pena, algo a longo prazo em que o cliente é incentivado a comprar e, no fim de um determinado período, concorre ou ganha um prêmio se atingir uma quantidade acumulada de compras.

Marque presença nas redes sociais

Essa aqui nem dica deveria ser. Isso é uma ordem! 

Não estar nas redes sociais, hoje, é uma desvantagem competitiva ruim para sua marca.

As redes sociais estão repletas de oportunidades para vender mais no varejo. E não pense que isso é complicado. Com uma estratégia de produção de conteúdo segmentada corretamente, é possível alcançar novos clientes com precisão. 

Portanto, marque presença nas redes sociais em que o seu público está. 

Dica!

Leia o nosso post sobre as melhores ferramentas de automação de Instagram e potencialize a sua estratégia de vendas. 

Estabeleça (e acompanhe) metas

Como aumentar as vendas no varejo se não há algo um objetivo? Uma marca para bater? 

Não faz sentido, né?

As metas estão aí para serem estabelecidas e quebradas! Não importa se você tem uma loja física ou um e-commerce. O que importa é planejar e reconhecer até onde o seu empreendimento pode chegar.

Claro, sempre acompanhando o caminho até esse número mágico. Até para saber o que você está fazendo certo e errado.

Criar metas mirabolantes, sem ter estratégias baseadas em números sólidos, pode não ajudar. Essa dica não vale apenas para e-commerce, como também para lojas físicas, que precisam saber a quantas andam seu estoque e o seu atendimento.

O ticket-médio, por exemplo, é uma métrica que merece destaque em sua análise. O indicador mostra o gasto médio de cada cliente em sua loja. 

Mostre, sempre, as vantagens de se comprar em sua loja

Ter experiências incríveis em sua loja sempre será uma baita diferença. Mas é preciso demonstrá-las ao seu consumidor.

Você pode demonstrar isso falando da qualidade dos produtos, das garantias, dos descontos, dos clubes de vantagens e de diversas outras formas que farão você fidelizar um cliente.

Existem diversos mecanismos que são capazes de atrair pessoas que talvez você ainda nem saiba, como os benefícios de se colocar o CPF na Nota, por exemplo. Se ainda não sabe do porquê dessa atitude, recomendamos fortemente o texto do link!

Gabriel Nascimento - Analista de marketing, engenheiro civil por formação e eterno aprendiz de novos idiomas!
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email.
Ilustração de personagem assinando newsletter

Receba conteúdos automágicos sobre o seu mercado por email em primeira mão!

Utilizamos nossa tecnologia para dar mais liberdade às empresas que querem crescer rapidamente focando no que fazem de melhor no mundo, enquanto cuidamos de suas notas fiscais.